Episódio #1.08 - I'm a Man, Hear Me Roar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #1.08 - I'm a Man, Hear Me Roar

Mensagem  Leo Oliveira em Qui Maio 03, 2012 8:17 pm

Ryan (Sean Faris) se vê obrigado a enfrentar seu problemático passado familiar quando Robert (guest Alan Pietruszewski), seu pai, o pressiona para voltar à rotina dele e de Courtney (Samaire Armstrong). Lucy (Joanna Garcia) continua sua missão de convencer Ben (Matt Long) a usar viagens no tempo para ajudá-la, mas o rapaz está mais preocupado em explorar o viés sexual de sua relação com Aaron (Chord Overstreet).
Também estrelam Travis Caldwell e Tuc Watkins.
Também participam Daphne Zuniga, Mason Cook e Shelby Zemanek.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.08 - I'm a Man, Hear Me Roar

Mensagem  Harbor em Sab Maio 19, 2012 9:01 pm

OMG! OMG! OMG! OMG! OMG! Shocked Shocked Shocked Shocked Shocked
E não, minha reação não é pelo fato de ter feito cena mais putanesca da história (embora ela também contribua para isso!), mas reação deve-se mais ao fato de Ryan subitamente querer dar a ré no quibe de Ben... Ou querer que Ben dê a ré no quibe dele, eu acho! E acho que enroladinho de salsicha seria salgado mais adequado para essa expressão, não? Rolling Eyes
O grande problema é que não sei muito o que pensar disso e Ryan é um dos meus personagens favoritos, senão o mais! Acho que tive problemas com essa história pelo fato de até 2 episódios atrás ele estar perdido de amor por Lucy e sofrendo por causa disso. Além disso, antes desse episódio, nunca tínhamos tido indícios de que ele poderia ser gay, só agora com os flashbacks e com os acontecimentos, é que possibilidade surgiu à tona. Fato é que gosto muito da amizade de Ryan e Ben da forma como ela é e gostei ainda mais por ver Ryan ajudando o amigo a sair do armário e tudo mais. Aí fico com medo de Ryan e Ben virarem casal e tudo se estragar, curto o bromance diferenciado deles, que é tão diferenciado que passarão a dar ré no quibe um do outro.
E minhas ressalvas devem-se também ao fato de Aaron e Ben serem fofíssimos e, por mais que um triângulo desse tipo fosse mexer bem na estrutura da série, não que sei se quero ver o casal passar por isso.
Sem contar que, querendo ou não, Ryan sentiu algo forte por Lucy e ainda tenho minhas dúvidas de que ela vai acabar dando o braço a torcer. E ainda tem o fato de que Ben fantasiou com Ryan... Aliás, acho que sempre fantasiou com ele.
Na minha opinião, esse twist deixou a parte amorosa da série ainda mais confusa que a dinâmica das viagens no tempo e olha que não achei que isso poderia acontecer! Razz

Depois de todo o parágrafo gigante que fiz, é de se imaginar que já tivesse falado tudo de Ryan, mas não... Nosso brutamontes favorito ainda teve que enfrentar seu pai. Quando disse no comment anterior, que chegada do vampiro ia ser sombria, não imaginei o quanto... Cena inicial com Robert batendo na esposa e no filho muito tensa e difícil de ver e fico feliz que Ryan tenha se imposto e mudado a situação. Agora dá pra ver ter um pouco de noção do porquê dele ser assim tão fechado, acaba sendo uma maneira dele próprio se proteger. E toda a tensão envolvendo o reencontro deles me deixou de cabelos em pé.
Só fico triste por ele não contar a verdade pra Courtney e quebrar essa fantasia que ela tem do pai. A pobrezinha já sofreu tanto com Garret que não precisa de mais essa decepção que terá com pai. Sim, porque também não compro muito essa história de que ele mudou e tudo mais, mas é esperar pra ver.
A verdade é que, como Paul bem disse, Ryan gosta de proteger todos que conhece e ama... Foi assim com a mãe, com Courtney, com Lucy e, como pudemos ver, com Ben.

E é incrível como faz cenas ou falas que não parecem ter importância, mas que no fundo têm. Sim, porque nesse episódio Lucy já queria falar com Ben sobre a lista, o que confirma o que ela diz no próximo de que já estava pensando sobre o assunto. E sim, não consegui comentar o 8 sem ler o 9 antes... Mas pelo ritmo que vou, conseguirei comentar o 9 antes de sair o 10, hooray!
E o incrível é que nem falei de Lucy nesse episódio... Mas ela também nem fez muito a não ser soltar piadinhas sobre corpo de Ben e sobre atividades físicas que fazia com Ryan. Aliás, passei mal com essa fala e amei ver que os dois já estão se tratando cordialmente. E amaria vê-los se tratando como namorados, mas minha cabeça está confusa, LOL.

Mas com Lucy aparecendo pouco e com Becky nem aparecendo (Sad), sobrou para Paul e Luke serem os palhaços da vez... E preciso dizer, adorei cada fala proferida por eles! Seriously, tavam impossíveis! Paul muito bom com toda a sua falta de tato em falar sobre a vida sexual dos outros e melhor ainda achando que Luke e Becky ainda não transam, LOOOOL!
Luke também não ficou atrás querendo ter o mesmo privilégio do pai para dizer coisas sem noção... Bom é que serviram para quebrar toda a tensão do plot apresentado.
E Paul, por mais sem tato que seja, ainda deu conselho pro filho e o consolou sobre o anseio de ter imaginado Ryan quando estava com Aaron. Mais uma vez se mostrou um paizão fofo.

Finalizando, temos Baaron... E gente, não dá nem pra dizer que cena foi sensual (e por que não dizer sensual?), porque na verdade foi pornográfica e ponto. Não sei porque série saiu dos domingos ardentes, tá pegando mais fogo que nunca! E no meio de tanta putaria, Ben e Aaron ainda têm espaço para serem um casal que tem aqueles momentos fofinhos e que nos fazem simpatizar tanto, só não sei até quando porque aparentemente Ryan é bi-curious, e tá precisando do melhor amigo (que está a caminho!). Algo me diz que não será uma crise de tosse ou de soluções que vai criar atrito entre os dois agora! Rolling Eyes

E fico feliz que parou de previouslar a série que nem Chuck porque dava trabalho e não por causa do meu comentário, LOL!

E no próximo temos Paul dando fim aos seus tempos de ermitão com sorrisos bem sorridos! Mal posso esperar! Very Happy

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.08 - I'm a Man, Hear Me Roar

Mensagem  Leo Oliveira em Sab Jun 16, 2012 10:52 pm

Estou pasmo com as palavras de baixo calão que usou pra descrever a epifania de Ryan, tenho certeza que não pensou em quibe nenhum quando chegou à conclusão de que amizade com Ben transcende certas barreias, e que o fato de ter um quibe será um problema se algum dia realmente derem vazão a isso. Smile

Acredite, também tenho lá minhas ressalvas quanto a misturar amizade tão peculiar deles (e eu sei o que significa "peculiar", mas já ouvi coisas piores) com aspectos românticos, assim como não tenho lá muita coragem pra separar Ben de Aaron, ou seja... Verá muita enrolação nesse triãngulo ainda! Só esqueça Lucy nessa história toda porque se Ryan seguiu em frente, imagine ela! (a menos que eu seja sem limites e esteja dizendo isso só pra dar um BOOM na próxima premiere com Ryan e Lucy juntos novamente, mas não faria isso, né? Twisted Evil )

Barra essa aparição de Robert Patterson, né? Confesso que não sei te dizer se mudou ou não, mas definitivamente fica difícil acreditar no bertulino depois de ser uma quenga tão abrasiva com Virginia e Ryan (aparentemente não era com Court pra ela ser tão passada sobre tudo o que aconteceu, ou talvez a maltratava também e Court ficava só com a impressão de que foi lavada) no passado. E realmente Ryan protege todo mundo, muito injusto que leve a fama de brutamontes sem sentimentos sendo que até explicou com todas as letras pra Paul que filho dele gostava de quibes. Cool Vamos esperar que tenha toda a sua fofuchisse reconhecida num futuro próximo, porque aí sofrerá mais ainda já que não quer ser reconhecido! No

Listinha de Lucy tá sendo planejada por ela desde antes de saber que Ben podia viajar no tempo, porque se pensar bem, sempre soube. Ou pelo menos soube desde que tinha 24 anos, quando começaram processo de impedir que ele fosse domador, graças ao fato de conteúdo de seus bolsos nunca mudar. Mas não vá pensando que o fato de algumas cenas que não parecem ter importância ganharem significado depois se aplica a pais de LOF, esses só são assim em homenagem a você mesmo!

Viu como Luke se acostumou rápido a discutir vida sexual do irmão com o melhor amigo? Agora não ficará mais deslocado em papos de Aaron e Becky, podendo até dar pitacos sem noção no melhor estilo de papai Marthoca! Só acho um absurdo classificar uma cena de tamanho bom gosto e requinte como pornográfica, achei muito sutil, gente! Sexuality apelava bem mais com protagonistas fazendo frango assado no meio da rua, eu pelo menos tive a decência de fechar a porta do quarto, mesmo que pra Ryan isso não tenha funcionado tão bem.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.08 - I'm a Man, Hear Me Roar

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum