Episódio #1.10 - I Love Lucy

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #1.10 - I Love Lucy

Mensagem  Leo Oliveira em Qui Maio 24, 2012 1:38 pm

A insistência de Lucy (Joanna Garcia) em usar as habilidades de Ben (Matt Long) para resolver seus problemas leva o rapaz de volta a 1995, época em que a amiga estava num relacionamento indefinido com Vince (guest Steve Sandvoss) e começava a se abrir para uma aproximação com Courtney (Samaire Armstrong). E com as mudanças no passado influenciando diretamente no presente, Ryan (Sean Faris) questiona os sentimentos de Ben por Lucy e até que ponto seria aceitável abrir uma exceção.
Também participam Noah Ryan Scott, Morgan Lily, Charles Vandervaart e Cory Hardrict.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.10 - I Love Lucy

Mensagem  Harbor em Dom Jun 10, 2012 7:30 pm

Não é incrível que eu tenha EXIGUIDO a exibição desse episódio com tanta veemência e esteja apenas comentando agora? Rolling Eyes Mas é que tive semanas complicadíssimas na faculdade e só agora tive chance de tecer meus comentários.
E não é incrível também que esse episódio tenha sido focado apenas no quarteto fantástico e tenha sido tão bom? Já tinha dito isso no segundo episódio e não sei se cheguei a repetir depois, mas fato é que esses quatro seguram muito bem as pontas sozinhos. Entretanto, gosto muito dos outros quatro e já estou com saudades deles. Smile

Confesso pra você que teorizei muito sobre o que seria “o evento do qual não falamos”. Pensei que Lucy poderia ter engravidado ou até mesmo se borrado involuntariamente nas calças (seria mais trágico que cômico e bem Being Erica também), mas não creio que teria o mesmo peso que o evento mostrado. Entretanto, assim que conhecemos Vince, sabia que ele morreria de uma forma bizarra. Pensei que o faria ser atingido por uma privada vinda do céu, mas isso seria muito Dead Like Me. E aparentemente eu te acho o mais clepto dos cleptos, LOOOL!
Divagações à parte, fato é que Vince, embora tenha sido um imbecil ao espalhar sobre a primeira vez de Lucy, também me conquistou e muito! De alguma forma, esperava que Ben conseguisse modificar o passado, mas sei que isso é impossível e sem querer fazer muitas comparações seria meio como quando Erica conseguiu deixar Leo vivo, eventualmente Vince iria morrer. Sad
E no fim das contas, Ben cumpriu uma missão importante ao fazer Lucy perceber que isso faz parte da história dela e não tem como apagar. De brinde, ainda veio aquele vídeo fofíssimo onde ela teve algumas das suas qualidades mencionadas (Ben não deixou Vince dizer todas!). Depois de toda essa tragédia, dá mesmo para entender porque Lucy é assim e se considera “estragada”. Mas sinceramente, espero que, depois do vídeo de Vince, Lucy se permita viver uma outra relação saudável. Saudável na medida do possível, pois com Lucy sempre vai ser uma relação de amor e ódio.
Aliás, amei muito a cena inicial com Lucy criança dando tapa no Vince para poder brincar no escorrega e ele retribuindo com um beijo. Lucy fofíssima com toda a sua amargura desde criança e junto com Luke pequeno com medos de albinos já são as melhores crianças da série, LOL!
E assim como episódio que mostrou mais a fundo a relação de Garret e Courtney, esse serviu para torcemos por Lince apenas por um episódio e apenas guardar na lembrança que um dia já existiram! Crying or Very sad

Embora o “evento do qual não falamos” tenha vindo à tona, sabe que questão das viagens no tempo não foram exatamente exploradas da forma como eu queria, huh? Quer dizer, comecei a entender um pouco mais da dinâmica da coisa, pois, a cada viagem feita por Ben, a vida de todos muda um pouco e ele não consegue lembrar de certos detalhes. Aliás, amei essa ironia do cara que lembra tudo não conseguir lembrar de mais nada. E claro, adorei discussões sobre como seria a vida de Ben se ele fosse um domador de circo. Amo Lucy com sua praticidade, enquanto eu fico aqui filosofando. Mas creio que até a finale teremos maiores informações sobre esse assunto.
Muito bom também ver todo o esforço de Ben em tentar ajudar a amiga a superar essa situação, se dando até o trabalho de fingir que gostava dela numa conotação romântica. E quando li a sinopse, pensei que episódio fosse mostra-lo gostando da amiga de verdade.

E o que dizer de Ryan todo trabalhado nos códigos secretos de espião? Esse aí seria uma aquisição e tanto para Operação Cobra.
Devo dizer que fiquei um pouco confuso com amizade dele e de Ben no passado... Quer dizer que eles já eram amigos, mas Courtney e Lucy não? Amizade dos dois veio depois que Ben alertou Ryan sobre ficar com Lucy no futuro ou veio depois que Ryan ajudou Ben a sair do armário? Dúvidas à parte, preciso dizer que me convenceu com discurso de Ryan sobre jogar em outro time por uma pessoa. Achei realista e plausível até e já me fez querer que Ryan diga logo ao seu melhor amigo esquisito o que sente. E a julgar pelo promo do próximo episódio, é isso que ele fará!
Só fico curioso pra saber quando esses sentimentos começaram.

Por fim, temos Courtney que, além de dançar com namoradinho aleatório, ajudou Lucy a começar a superar todo o incidente envolvendo a morte de Vince. O melhor disso é que, em meio a tanta tragédia, Courtney deu aquele tom divertido e único dela às cenas e me diverti horrores. Mas também me emocionei bastante com a ajuda que ela deu e curti muito a maneira que ela encontrou de fazer Lucy desabafar com Vince.

Depois de um episódio tão intimista como esse, dá pra entender um pouco mais os personagens e nos deliciamos com a amizade desse quarteto fantástico. E a narração de Ben mais uma vez foi um deleite, com piadinhas no momento certo.

Que venha o natal fora de época! Very Happy

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.10 - I Love Lucy

Mensagem  Leo Oliveira em Seg Jun 18, 2012 3:35 pm

Pois é, pois é, muito cheio de EXIGUÊNCIAS pra só voltar comentando tempos depois, e eu pior ainda demorando ainda mais pra responder, mas considerando demora que o evento do qual não falamos em si sofreu, acho que é natural que acompanhemos o ritmo dele. Que bom saber que quarteto fantástico segura as pontas, porque a intenção da série sempre foi deixar quarteto de baixo passível de sumir a qualquer momento, enquanto só os da linha de cima garantiriam presença em todos os episódios, mas é claro que me apego tanto a todo que às vezes não tenho coragem de transformá-los em fixos de Ronnie!

Imagine se Lucy fizesse esse drama todo porque se borrou nas calças, eu ia ter certeza que era a maior drama queen da história da humanidade. A verdade é que eu também especulei qual era o evento por muito tempo, tinha algumas ideias na minha cabeça, mas ou não pareciam pesadas o suficiente pra estragar Lucy ou eram drama demais, então quando criei Vince, fiquei muito feliz. E o melhor é que me afeiçoei ao personagem de cara e tive a mesma reação que o público deveria ter, que era a de torcer pra que Ben mudasse as coisas de qualquer jeito, mas se conseguisse, a história não teria o mesmo impacto, teria? Então até mais, Vince, espero que um dia encontre todo mundo indo para a luz na igreja de Lost!

O que exatamente quer ver respondido sobre viagens no tempo, se já temos a belíssima explicação de que Ben podia ser domador e a dúvida muito mais pertinente de Lucy sobre bolsos? Isso sim é mistério de verdade, o resto é fichinha! E gente, como assim achou que Ben se apaixonaria mesmo por ela? Todo mundo sabe que a única mulher capaz de mexer com o coração (e com outras coisas também) é Virginia Patterson, que todo natal o persegue pra dar uma bitoca, obrigando Ryan a substituí-la quando não pode estar presente.

Ryan e Ben ficaram "amigos" – bem entre aspas porque Ryan ainda era abrasivíssimo (não que tenha mudado muito, né?) – mais rápido do que Lucy e Courtney, justamente por ajudinha com bullies que Ryan deu logo que entrou na escola. Arrisco dizer que foram inimigos por um mês no máximo, quanto mais escrevo-os mais me acostumo à ideia de que afinidade baseada em falta de afinidades foi muito imediata. Smile Ou seja, Lucy ficou um tempinho possessa da vida porque Ben tava indo para o lado negro da força, e só foi se aproximar de Courtney mesmo após a morte de Vince, lá pro fim do ano (baile de inverno me ajuda a ter essa noção, já que arquivo "timeline.htm" que comecei preenchendo tão bonitinho o que acontecia em cada flashback e volta no tempo tá todo bagunçado)

Courtney é uma linda, né gente? Chama a nova amiga de viúva negra e esculacha na frente do túmulo do único cara que amou, mas mesmo assim distorce a situação a ponto de parecer que tá apoiando, devia ser jornalista essa safada! Sabe que, mais do que a história de Lucy em si, o difícil foi pensar em algo que justificasse a aproximação das duas no flashback do banheiro que mostrei no piloto? Isso é que dá escrever coisas sem pensar adiante, mas no fim das contas fiquei satisfeito com tudo e acabou que esse foi um dos meus episódios favoritos. Se bem que natal vem aí e você bem sabe como amo uma dança das cadeiras!

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.10 - I Love Lucy

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum