Episódio #1.11 - The Boy Least Likely To

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #1.11 - The Boy Least Likely To

Mensagem  Leo Oliveira em Qui Maio 31, 2012 4:07 pm

É natal em Crestview e, como já é de praxe, a comemoração é feita de forma diferente, com direito a intrigas, renas degeneradas e tiros de bazuca. A relutância de Aaron (Chord Overstreet) em convidar seus pais (guests Rob Huebel e Beth Littleford) para a ceia deixa Ben (Matt Long) desconfiado. Luke (Travis Caldwell) suspeita que algo esteja acontecendo entre Paul (Tuc Watkins) e Courtney (Samaire Armstrong). Ryan (Sean Faris) revela uma nova faceta no clima do feriado. E Lucy (Joanna Garcia) dá uma belíssima demonstração de amor familiar.
Também estrela Amber Stevens.
Também participam Stephen Lee e Patricia Tallman.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.11 - The Boy Least Likely To

Mensagem  Harbor em Ter Jun 12, 2012 7:57 pm

Antes de começar, um minuto de silêncio pela morte da rena de nariz vermelho! Crying or Very sad

Então, é isso, né, seu Leonardo? Não tem nem como começar o episódio sem ser comentando sobre o final.
Depois de estranhar, ficar receoso e até ser contra um possível envolvimento entre Ryan e Ben, o discurso de Ryan no episódio passado me conquistou e como ele é meu personagem favorito, lógico que fico do lado dele. E eu já imaginava esse final e não posso negar que não vibrei. Sim, sou totalmente a favor de Bryan e já torço pra que esse casal deslanche. Laughing
Sim, Baaron são fofíssimos e tudo mais, já superaram os primeiros encontros bizarros e já até sensualizaram, mas ainda não engoli o “eu te amo” deles por mais certeza que o Ben tenha em ter proferido. Além disso, sempre curti muito a dinâmica de amizade de Ryan e Ben e acho que seria interessante ver a transição para uma relação amorosa, até porque Ryan super fofucho tava impagável e espero vê-lo assim mais vezes. Sem contar, né, que William é prometido de Aaron e não promessas precisam ser cumpridas. Já basta Rachel em Stunt ter chutado o balde com prometido dela.
E agora faço uma pausa para explicitar o quanto sou desligado: acredita que eu estava achando que William era Jonathan Bennet? Pois é, LOOOL! Tinha me esquecido que era Steve e nem me liguei que ele até já namorou Ben, só fui me lembrar disso com previously do 1.12 com Luke zoando irmão por causa do namorico. E só mencionei isso pra dizer que é uma pena que Bennet não seja William, seria um desbunde só! De qualquer forma, já estou curioso para conhecer William.
Preciso dizer ainda que achei Ben super identificável com inabilidade de ler e ouvir música ao mesmo tempo, desciclopei muito! E Ryan arrotando alfabeto em salsa? Amazing!
Enfim, de uma maneira geral, Ryan me convenceu de seus sentimentos por seu melhor amigo esquisito e Ben também sente algo a mais por ele, gente! Primeiro, sempre fantasiou transar com ele e, além de retribuir o beijo, ficou bem feliz. A única coisa que me deixa triste é que Aaron é um fofo, que sempre quis ficar com Ben e no fim das contas ainda estava certo com suspeitas sobre Ryan. Porém, como discurso de Ryan mostrou, ele sabe muito mais sobre Ben que Aaron, e acho que tornaria Ben uma pessoa bem mais confiante. E talvez um pouco mais idiota também, LOOOOOL.
Buuuu, Leonardo, buuuu! Fix this mess up!

Assim como os personagens, Eugene e Harmony tiraram alguns poucos sorrisos de mim, mas fiquei a maior parte do tempo entediado com eles. Seriously, são muito toscos e só servem mesmo para reforçar o porquê de Lucy ser tão amargurada e tal. Aliás, taí uma personagem que espero que consiga ser feliz muito em breve. Não sei se dá pra isso ser ainda essa temporada, mas torço para que ela consiga amar alguém de verdade novamente e não precisar mais conviver com seus pais, ainda que tenham feito sucesso com o Alco-Hole. Agora sei que não será mais com Ryan, mas torço para entrada de novo guest (ou quem sabe fixo) que a faça muito feliz! Very Happy

Gente, e desenvolvimento a passos lentos de Courtney e Paul? Assim, não darão seu primeiro beijo até a finale! Razz Mas lentidão à parte, preciso dizer o quanto amei a cena fofurinha dos dois no mercado e depois eles tentando disfarçar pra Luke foi priceless. Aliás, amo muito reação de Luke nessa história. Naturalmente, ele iria ser contra num primeiro momento, mas adorei a hora em que ele deu a benção para Courtney ser a madrasta dele, até porque por mais que eles contracenem pouco, eles têm uma dinâmica interessante.
Além disso, Paul realmente parece mais feliz (ou eu o imagino assim) e merece dar umas bitocas nessa louca que já até foi presa... Chegar à segunda base com Rosalie não pode ser a última aventura sexual dele! Laughing
E Becky foi mais uma vez a voz da razão ao dar seu apoio a Pourtney e fazer seu namorado enxergar o mesmo. Além disso, ainda constrangeu Ben e Aaron. Way to go, Becky.
Voltando a Pourtney... Quero que fiquem juntos logo, mas também estou curtindo muito desenvolvimento lento, uam uam!

E acho que já falei de todos os fixos, PIUI! Mas preciso falar ainda de pais de Aaron. Amei muito Wallace com fanatismo por Ben, o garoto da supermemória. Theresa também esteve divertida com sua fixação com casamento prometido do filho, mas de uma certa forma também me cansou um pouco, LOL. Só que, embora tenha me cansado, a apoio um pouco porque quero Bryan se concretizando e aí acho que Will pode ser consolo para Aaron. Ou até mesmo o próprio Steve que já volta no próximo mesmo! Rolling Eyes

Pra finalizar, preciso dizer que achei clima do episódio bem parecido com “We Wish a Sherry Christmas” de Ord e obviamente amei tudo, embora acabe ficando um pouco inconstante com meus sentimentos sobre os personagens e as relações deles.

Que venha o retorno de Bennet! Sabia que isso ia acontecer mais cedo ou mais tarde! Cool

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.11 - The Boy Least Likely To

Mensagem  Leo Oliveira em Seg Jun 18, 2012 3:56 pm

Por essa eu não esperava, quer dizer que é só fazer Ryan fazer um discursinho e dar um beijo voraz em Ben que você fica todo vendido pro lado do casal e até deixa Baaron de lado só pra ver como vai ficar dinâmica de melhores amigos bizarros agora que podem ser mais do que amigos? Tem que ficar dividido, que nem eu, que a cada cena fico mais confuso sobre o que fazer com esse triângulo dos infernos! Se bem que, considerando que não queria Bryan de jeito nenhum há 2 episódios e agora tá assim, acho que tá confuso também, né? Vamos ver o que nos aguarda em segunda temporada!

Mas que maravilha que você previu o retorno de Steve, fez até piadinha sobre Jonathan Bennett ser um dos meus queridinhos e agora tava aí, todo faceiro achando que era Will! Acho que seria bem confuso se Ben e Aaron tivessem namorado caras diferentes que por acaso têm o mesmo rosto, né? Time tem sua pegada sci-fi, mas nem tanto! E vamos devagar com distorções, não é que Ben SEMPRE fantasiou transar com ele, tinha fantasia de seduzir "homem heterossexual médio", o fato de Ryan se encaixar no perfil foi pura coincidência. Laughing

Ainda não me conformo que despreze tanto Eugene, Harmony e agora até se canse da pobre Theresa, só gostou de Wallace mesmo que é o pai mais LOFico de todos. Não acha que reforçar motivos para amargura de Lucy é sempre necessário? Tá sempre tão reclamona que presença de Eugene e Harmony com toda a sua chatice fazem a pobre parecer menos chata por comparação... Ou talvez tiro de bazuca se vire contra a rena degenerada e fique mais chata ainda por associação! Futuro amoroso de Lucy fica pra próxima temporada mesmo, mas não se preocupe, ficará bem feliz na área da amizade nessa season finale! Twisted Evil

Putiney também ficarão para setembro, porque ela está muito ocupada organizando o fim do mundo e ele tendo que lidar com crise de Ben, mas basicamente jornada deles era aceitar a possibilidade de ficarem juntos apesar de toda a estranheza da situação mesmo, e acho que o fato de Luke ter dado benção para a madrasta cumpriu bem isso. Mas não se preocupe, Rosalie não será a última mulher em quem Paul colocará a mão nos peitos!

Que belezinha lembrar de “We Wish a Sherry Christmas”, nem eu faço ideia do que aconteceu, já que todo ano fazia episódio de natal, mas se você está dizendo que foi bom, acreditarei em sua palavra porque tô precisando de autoafirmação (que nem um certo personagem de season 2). E só tenho mais um comentário pra responder pra te liberar a comentar finale, gente, nem acredito!

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.11 - The Boy Least Likely To

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum