Episódio #2.01 - Tomorrow Can Wait

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #2.01 - Tomorrow Can Wait

Mensagem  Leo Oliveira em Seg Set 10, 2012 4:25 pm

A vida de Ben (Matt Long) nos últimos meses é colocada sob a análise de Alistair (guest Martin Donovan), que exige que ele deixe de viver em negação e tome atitudes diferentes. Enquanto se divertem com a presença do novo bartender (guest Ken Luckey), Courtney (Samaire Armstrong) e Becky (Amber Stevens) também pressionam Lucy (Joanna Garcia) a fazer as pazes com Ben, mas é Ryan (Sean Faris) quem dá o empurrão definitivo para que os dois se acertem ou se separem de vez. Aaron (Chord Overstreet) tenta convencer Luke (Travis Caldwell) a levar mais a sério a indefinição de seu relacionamento.
Também participam Neal McDonough e Allison Mack.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #2.01 - Tomorrow Can Wait

Mensagem  Harbor em Dom Set 16, 2012 8:17 pm

Temporada nova significa abertura nova, yay! E fotos todas muito boas, confesso que só não gosto muito da de Matt, mas é mais por causa do casaco que está usando, acho estranho, LOL.
E, gente, temporada já começa com um monte de cenas aleatórias e narrações copiadas de livro de autoajuda! Atemperossanilidade my foot, explicação para acontecimentos da série é um escritor bêbado! Laughing
Brincadeiras à parte, realmente foi meio desesperador ver aquela sequencia inicial e ver que nada se encaixava no decorrer do episódio... Em alguns momentos, achei que teríamos Ben indo pra praia, mas não, aparentemente decidiu fazer que nem OTH em sua última temporada nos dando uma prévia do que está por vir e nos deixando com muitos nós na cabeça.
E fico feliz que série finalmente esteja em 2012 (ainda que em abril) e continue mantendo flashbacks da época escolar do quarteto fantástico.

Mas vamos aos personagens... Ben tá no modo de negação e muito me surpreendeu vê-lo se dando ao trabalho de se consultar com Allstar (vou chamá-lo assim pra sempre, porque acho mais fácil! Cool ). No entanto, vejo que, embora não queira reconhecer, Ben tem esperanças de que consultas com Allstar façam com que tenha algum progresso, além da possibilidade de sempre alfinetá-lo, claro! E devo dizer que fato de Allstar ter decidido ultrapassar ainda mais as barreiras éticas foi bem divertido... Mas confesso que me diverti ainda mais com Ben distorcendo tudo que All perguntava, me lembrou um pouco Michelle em premiere da segunda temporada de Split (miss you, Mi!), com descaso de Ben deixando a distorção divertida, crisei muito com Ben se escondendo de Lucy atrás de Aaron e com a não tensão sexual com Ryan... Mas também fiquei preocupado com seu estado de negação.
E amo que não tenha conseguido seguir conselho de All sobre ter uma noite espontânea, tado! Mas me diverti muito com tentativa frustrada! E poderia até falar mais dele, mas vou guardar pros outros personagens.
Só acho que iPad com timeline de Ben ainda vai cair nas mãos erradas, assim como acho que Lucy ficar por aí falando que vem do futuro é perigoso. Aliás, como diabos Lucy vem do futuro, gente? Shocked

Cena de Bucy no passado muito divertofo e gay no sentido que você sabe! Cool Mas amei mais a cena dos dois no banheiro, realmente achei que ia fazê-los ficar mais tempo brigados, só que mantê-los brigados parece irreal demais, então fico feliz que tenha decidido acertar as coisas, embora eu ainda ache que Lucy não superou a questão de ser chamada de inconsertável, mas vamos esperar.
Mas para se consertar de vez, nada melhor que um par em romântico em potencial como Thomas que é super em tudo, huh? Laughing Nem preciso dizer que ele me agradou com seu jeito conquistador e já torço para que ele consiga fisgar Lucy, embora deva dizer que meu coração voltou a torcer por ela e Ryan nesse episódio! Embarassed Primeiro, tem as cenas deliciosamente divertofas do passado dos dois com as alfinetadas básicas, mas aquela pontinha básica de preocupação que um tem pelo outro. Segundo, que no presente, os dois também me pareceram bem entrosados. Pode ser que finalmente estejam superando o que tiveram e evoluindo para uma amizade real, mas como Bryan me parece impossível de sair do papel, não ficaria triste se Lucy tentasse a sorte novamente com Ryan, embora esteja torcendo por Thomas também, LOL!

Ryan seguiu com sua vida após levar um fora de Ben, mas é óbvio que é só ele estalar os dedos que ele vai atrás (ou não, vide cena do banheiro!)... Mas preocupação dele com Lucy e Ben definitivamente extrapola as barreiras da amizade, não é que nem Court que só os admira e quer vê-los bem, Ryan sente algo muito mais profundo por eles e, por não conseguir com nenhum dos dois, fica tendo noites de luxúria com uma e até duas mulheres... Não sei se vai conseguir ficar com algum dos dois, mas torço para que chegue alguém para ele assim como chegou alguém para Lucy para ocupar o espaço em seu coraçãozinho. E esse alguém bem que poderia ser "Andie" Gonzalo! Rolling Eyes

Courtney tá passando a maior barra de vida porque leva imprensadas no banheiro e Paul a preenche de forma intensa! Laughing
Comentários chulos à parte, preciso dizer que amei muito a dinâmica SATC de Coucky, muito divertidas conversando tão abertamente assim de suas vidas... Quer dizer, basicamente só Courtney, Becky não falou nada de Luke e Lucy fugiu do assunto Ben, mas admitiu que a bebida de Thomas era gostosa (será que era leite? Rolling Eyes )... Crisei muito também com a cena da aposta!
Mas embora não tenha a chance de ver Putiney em cena fora o abraço na sequencia final, devo dizer que estou gostando dos conflitos que o casal tá trazendo, com todos tendo Paul como figura paterna, LOL. Entretanto, fico receoso pois logo Paul vai querer pedir Court em casamento e ela vai querer terminar, pois está tudo indo rápido demais! Sad Ou então, pode ser que as alianças que achou sejam as que Luke comprou! Yay, Putiney still alives! Very Happy

Aaron continua sendo aquele namorado fofo de sempre e é muito bom ver que, apesar da diferença de idade, ele e Ben são parecidos com seus dramas desnecessários... Desse jeito, serei obrigado a achar que são perfeitos um pro outro e Ryan não tem chances! Neutral E receiro que isso seja o máximo a comentar dele hoje, não é como se tivesse dormido vomitado numa escada para ser mais relevante! Laughing

Não é incrível que Luke e Becky sejam tão divertidos em cenas separadas, ele com os meninos e ela com as meninas, mas quando se juntam, embora estejam esbanjando romance, seja aquela coisa awkward que vimos? Algo me diz que Becky não vai aguentar a situação e terminar tudo (por isso todo mundo olha estranho para ela na sequencia inicial), até porque sabemos que não é do feitio dos Higgins enfrentar um problema assim tão de frente. Só espero que esse problema tenha solução parecida a dada para crise de Bucy.

Sabe o que é incrível também? Paul foi o mais inútil em uma premiere de TAT de novo, LOOOL! Na verdade, só ficou se gabando do filho para desconhecido, que na verdade tá acomunado com Allstar na implantação do Intersect em Ben, afinal que outro tipo de trabalho poderia haver para um neurocirurgião em Crestview? E aproveito paragrafo de Paul para falar de Marjorie! Laughing
Verdade é que Ben se lembra dela, mas não exatamente da onde e o fato dela estar acomunada com All me leva a acreditar que ela tenha a mesma habilidade de Ben (afinal até Lucy tem agora!) e esteja apenas querendo se aproximar dele para saber como podem se ajudar, uma coisa meio Erica e Kai, mas sem a parte sexual, afinal Ben já deixou claro que é muito, muito gay. Wink

E é isso... Time voltou pra mais uma temporada com um episódio longamente delicioso e estou muito intrigado para ver o que levará os personagens a chegarem ao ponto que vimos na sequencia inicial, além de toda a verdade sobre Marj e seu pai e, claro, o fato da sidekick ter virado a heroína! Mal posso esperar por essas aventuras cheias de atemperossanilidade. bounce

P.S.: Já tinha amado discurso de Ben na sequencia inicial, mas vê-lo na final (onde fez mais sentido) me fez curtir ainda mais!

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #2.01 - Tomorrow Can Wait

Mensagem  Leo Oliveira em Ter Out 09, 2012 2:13 am

O amanhã pode esperar, mas a verdade é que se eu continuar seguindo essa política só te respondo quando temporada estiver no fim e gosto de acompanhar suas conjecturas e tentativas de desvendar enquanto as realiza Very Happy

Tem que perdoar casaquinho de Matt, que provavelmente não renderá a ele estágio com Isabelle Klempt, mas é o que tem pra hoje, porque só pega projeto falido (oi, Private Practice!) e não rende muitas fotos pra mim. Se bobear, fica de fora do pôster da próxima temporada, que nem Dianninha Agron!

Vou te explicar sequência inicial porque aparentemente causa dúvidas até hoje: é OTH em partes (apesar de não mostrar ninguém quebrando lanchonete) porque realmente mostra passado e futuro, dependendo da cena, como Benzinho bem ressalta em seu discurso de autoajuda. Logo verá (ou melhor já viu) como elas se encaixam na narrativa pluritemporal (moedinha!) e, esperançosamente, achará revolucionário, assim como Shondinha mudando a ordem dos episódios de Grey's e oferecendo Lexie para os bichos do mato Laughing

Ben em negação é uma coisinha, né? Muito convincente dizendo pra Allstar que tava às mil maravilhas com Paul e Lucy, e que tensão sexual com Ryan se evaporou. Me convenceu muito, esse maldito, assim como Michelle na premiere de Split (vamos deixar esses caras de quatro). Tem razão quando diz que tem alguma esperança de fazer progresso com Allstars, mesmo que não confie nele, até porque P-Ben não foi de muita ajuda na finale, dizendo que a única pergunta que tinha que se fazer era "o que vem a seguir?".
Está tão perdido, esse miseravelzinho, que nem consegue ser espontâneo e dar um mergulho na praia, é muita tragédia pra um personagem só.

Sobre Lucy do futuro, só posso dizer que a culpa é sua por dizer que "seria interessante um episódio com Lucy viajando". Mentira, já tava planejado antes de você dizer isso. Quanto ao iPad de Ben: deve ter colocado senha no arquivo das timelines, né gente, não seria tão tolinho assim, ou seria? What a Face

Não consigo mesmo deixar Bucy on the outs muito tempo (por mais que, aparentemente, tenham passado 4 meses sem se falar), mas a verdade é que reconciliação não é exatamente definitiva, Lucy ainda tem muitas críticas ao modo com que Ben leva as coisas (e logo, vice-versa) e conflitos levantandos na finale trarão muitas discussões ainda.
Depois de tanto sofrimento no amor, Lucy precisava de um par super em tudo, como Thomas, mas fantasma de Ryan está lá, né? Confesso que me divirto com as insinuações de um possível revival Rucy, embora ache a possibilidade bem improvável. Tucy acaba sendo endgame por enquanto, mostrando a Lucy que, como já diria mocinha Atomic Kitten, "love dosen't have to hurt to feel good, it's such a revelation" (mas até quando?)

Muito espertinho você, querendo prever futuro de Ryan sugerindo Andie Gonzalo para desfrutar de seu maridinho (já é oficialmente?), mas terá que esperar um pouco mais pra ver desenvolvimento amoroso dele. Por enquanto, só seduz Ben andando muito sem roupa pela casa e extrapola limite de gemidos durante o sexo (que caso não saiba, é a definição de sexualidade) só para se fazer de rogado depois, quando Ben aceita estupro consentido no bar. Muito complexo esse desgraçado – posso chamá-lo assim porque o amo.

Engraçado descrever cenas de Courtney com as outras vagabundas (no sentido de parabéns!) como "dinâmica SATC", porque é exatamente isso que pensei quando comecei a juntá-las, mas aí fico em dúvida, porque se Lucy obviamente é Miranda, pela chatice e supremacia ruiva, Courtney e Becky disputam acirradamente para ver quem é Samantha. Imagino que Court, porque Becky nem sexo faz, já que seu namorado é virgem!

Não é incrível que Putiney começou offscreen, no melhor estilo temporada que não existiu, e aparentemente foi melhor assim? Depois de comecinho deles no speed dating e lenga-lenga que tiveram para aceitar a ideia, achei que podia pular tensão dos primeiros encontros e mostrar momento em que ele a preenche, chocando todos os outros personagens que o veem como figura paterna.
E gente, tô realmente chocado como desvendou plot das alianças facilmente, parabéns!

Amo que praticamente em todos os comentários diz que Baaron são fofos, perfeitos um pro outro e bla bla bla, só pra no momento seguinte dizer que quer uma chance para seu maridinho, já virou mantra! Smile

Olha só, você pegou toda a sutilidade do quanto relacionamento moribundo de Luke e Becky está fazendo mal para os dois, já que são simplesmente outras pessoas quando não estão juntos. Triste quando chega nesse ponto, né? Pelo menos não desvendou tudo dessa vez e achou que Becky é que terminaria, dá muito pouco crédito para Lukinho, só porque é virgem!

Chamando Paul de inútil, vou chorar! Ainda bem que estabeleci a importância dele no #202 e hoje o vê como figura paterna também, né? Rolling Eyes Não confirmo nem nego se Richard tem algo a ver com Intersect, mas se Luke eu fosse, teria muito, muito medo dele, afinal é albino!

Quanto a Marjorie e a possibilidade de ter a mesma habilidade de Ben, hum... Vai ter que esperar um pouco a mais pra ver se é o Kai de Beriquinha! Já adianto que um personagem desconfiará dela muito em breve, chegando ao cúmulo de investigá-la via Facebook para confirmar suas suspeitas!

Que bom que já notou a nova duração da série (9 horas) de cara, pode se acostumar a ela porque só assim pra tanta atemperossanilidade acontecer. E te deixo uma pergunta importante: o que já deixou passar com receio do que pode acontecer nos próximos "amanhãs"?

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #2.01 - Tomorrow Can Wait

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum