Episódio #2.09 - U Can't Touch This

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #2.09 - U Can't Touch This

Mensagem  Leo Oliveira em Qui Nov 08, 2012 12:13 pm

A aparição surpresa de Will (guest Cody Longo), o 'prometido' de Aaron (Chord Overstreet), causa o que aparentemente é a crise definitiva entre ele e Ben (Matt Long), assistida de camarote por Luke (Travis Caldwell) e Becky (Amber Stevens). Ryan (Sean Faris) apresenta Sadie (guest Caroline Dhavernas) para Courtney (Samaire Armstrong) e Paul (Tuc Watkins) e, quando parece que seu relacionamento vai ficar mais sério, algo inesperado acontece. Lucy (Joanna Garcia) muda o tratamento com Marjorie (guest Allison Mack) depois de saber que foi manipulada, o que leva as duas a um confronto que pode mudar radicalmente o rumo das coisas.
Também participa Noah Ryan Scott.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #2.09 - U Can't Touch This

Mensagem  Harbor em Dom Nov 11, 2012 9:25 pm

Odeio soar repetitivo, mas sei que adora ser elogiado repetidamente, então, parabéns por mais um ótimo episodio. É sempre bom ter um episódio com bons plots para recompensar as sambadas que esse layout provoca na minha cabeça! Rolling Eyes
Até ficaria preocupado com outra pessoa assumindo o roteiro do próximo episódio, mas é de Luciano FUCKING Guaraldo que estamos falando, então estou tranquilo com a qualidade inabalada da série! Cool

Antes de começar a falar dos personagens em si, preciso dizer que montagem inicial foi ótima como sempre. Como não amar Becky chamando as crianças de horrorosas ou de Court incomodada com o fato das pessoas acharem que é golpista? E claro, cena de Ryan de cuequinha com possibilidade de Ben beijá-lo foi tensa... E, como se ficar tenso uma vez não fosse suficiente, nos submeteu a isso 3 vezes durante o episódio e conseguiu manter a tensão em todas as vezes. Parabéns again! Wink

E quando acho que a série vai enveredar por um caminho, eis que você samba lindamente na minha cara com os reais acontecimentos. Estou falando de Aaron descobrindo sobre habilidade de Ben, claro! Já tava achando que ia encaminhar Aaron pra Will ao mesmo tempo que Ryan e Sadie estão consumando relação, deixando Ben a ver navios, mas aí temos Aaron se aprofundando ainda mais na vida de Ben. Eu bem que disse que tablet podia acabar nas mãos erradas e você bem que tentou me enganar dizendo que Ben não seria tolo de deixar a coisa desprotegida. Acabei me surpreendendo porque nem lembrava mais do tablet e no fim das contas nem caiu em mãos tão erradas assim, menos mal! Espero que Ben tome mais cuidado daqui pra frente.
Falando do lado emocional da coisa, sinceramente, achei Ben muito egoísta querendo arriscar tudo com Ryan somente agora que as coisas se complicaram com Aaron. Sabe que sou completamente a favor do casal e quero mesmo que arrisquem a amizade, pois acredito que podem colher algo melhor tendo romance, mas não dá pra negar que Ben só recorreu a Ryan numa espécie de plano B, no melhor estilo “já estraguei tudo com Aaron mesmo, o que custa estragar com Ryan agora?”. Criticou tanto Aaron por manter Will, mas ele fez o mesmo com Ryan. É bem verdade que ele tinha lá suas dúvidas, mas só cedeu mesmo no beijo do Natal. Nas outras vezes, só quase cedeu... E agora já tava todo cededor só por causa da briguinha.
Discussão dele com Aaron foi um daqueles momentos em que sempre me faz ficar dividido entre os personagens. Talvez eu seja a única pessoa do mundo que se sinta assim, mas eu realmente vibro com essas discussões onde os personagens fazem ofensas verdadeiras e que vem do fundo da alma para logo depois se arrependerem. E pelo rumo que as coisas tomaram, eu podia jurar que esse era o fim de Baaron, mas agora que Aaron descobriu habilidade de Ben, tenho lá minhas dúvidas. Nesse caso, infelizmente, só me resta esperar para ver o desfecho.

Próxima da lista é Lucy... E não faz ideia de como crisei na hora que Marj disse “Eu ainda preciso pensar direito nos detalhes, mas não devo demorar muito pra começar!”. Pareceu claramente que estava colocando na boca de Marj seus pensamentos como produtor, LOOOL. Se foi isso mesmo, não sei, mas desciclopei e espero mesmo que Marj não demore muito para começar, pois você bem sabe que, desde a temporada passada, desejo um episódio onde Lucy viaje no tempo. O bom disso tudo é que uma dúvida que me atingiu no episódio anterior foi esclarecida... A Lucy que viajará será uma diferente dessa atual, o que quer dizer que a Lucy atual não foi a que quase cedeu a tentativa de beijo de Ryan, mostrando que Tucy estão mesmo firmes e fortes e devem permanecer assim, mesmo que a música pro término deles seja fofa!
Sabe o que reparei? Na temporada passada, Lucy esteve envolvida em mistério que apareceu na premiere e só foi resolvido no décimo episódio. Agora nessa, está envolvida em novo mistério que apareceu em premiere e está próximo de ser resolvido, mas ainda vai demorar um pouco. Ou seja, tá mantendo público intrigado com seus mistérios... Sem falar da perseguição no beco, claro!
Além de tudo isso, dinâmica dela com Ben continua ótima e amei que ela ressaltou que poderia estar possessa por atrevimento dele se apaixonar por Ryan. Suas piadinhas sobre karma também foram boas e amei vê-la exercer tão divertofamente essa função de voz da consciência com Ben.
Briguinha com Marj foi boa de ver também... Agora que Ben e Paul estão mais tranquilos com ela, é bom ver que alguém do elenco tá de implicância! Só espero que métodos nada ortodoxos de Marj surtam algum efeito positivo e ela consiga mostrar pra Lucy que gosta dela de verdade, além de fazer Ben aprender que há limites para esse dom.

Acho uma pena que Ryan não tenha que aturar mais banning do elenco sobre ser solitário e ter namoradas imaginárias, tava achando um desbunde esse plot! Mas o melhor é que, mesmo conhecendo Sadie, Court continua impagável ao chamar Sadie de velha sem pudores e revelar podre do irmão sobre aliciamento de menores. Pode até ter dado um tempo na tentativa de tirá-lo do armário, mas fico feliz que continue empenhada em irritá-lo a qualquer custo!
O que complica mais essas relações amorosas e a grande teia que criou é que Sadie continua uma fofa com a revelação sobre a imortalidade das mulheres de sua família... Dinâmica dela com Ryan também continua uma delícia e mostraram química explosiva na cama, ainda que tenha nos poupado de alguns detalhes dessa vez. Único problema é que, depois de visita de Ben, Ryan desistiu de segundo round de sexo com Sadie e, depois de ter demorado tanto para ter o primeiro, me pareceu que ela ficou encucada e um pouco decepcionada. E não sei se casal tem futuro, o que é uma pena, porque, apesar de tudo, também torço por eles.
Mas que merda, Leonardo! Fica complicando tudo com as possibilidades românticas que joga na série, sou a favor de transformar tudo numa grande orgia... Sei que é muito pudico, mas acho que você daria conta! Laughing

Olha, não sei exatamente qual era o medo de não recebermos bem Will... Já tinha curtido a aparição descritada do moço no episódio anterior e, por mais que tenha sido rápida, sinto que manteve a essência do personagem nesse episódio. E desciclopei da mesma forma que no anterior. Ele realmente é bem abrasivo, mas, diante dos flashbacks e da já conhecida inabilidade de Aaron de falar as coisas importantes para as pessoas (vide “sou gay e quero pegar teu irmão” para Luke) e agora no caso de Will sobre o fim do noivado, não pude deixar de me render ainda mais ao personagem.
Também ajuda que história de Aaron e Will foi contada de forma tão divertofa... Até me peguei torcendo muito pelos dois e pelo sucesso desse casamento arranjado tão inusitado (ou pela orgia! Rolling Eyes ). Por um lado, entendo que Will tenha se prendido a possibilidade de ficar com Aaron após conclusão de seus estudos, mas também entendo que Aaron tenha seguido em frente com sua vida e se envolvido com alguém que desejou por tanto tempo. O que complica ainda mais nessa história é que, depois de fim definitivo de Wildbear, Ben foi tão maduro e altruísta aceitando amizade que tanto o incomoda só pra não ver Aaron sofrendo. Se fez isso para simplesmente não sentir culpado por sua “amizade” com Ryan sinceramente não sei dizer, mas me deixou bem confuso sobre que lado tomar.
E depois de briga de Baaron, podia jurar que nosso bocudo favorito iria procurar abrigo em Cody, mas se deparou com tablet de Ben antes. A verdade é que seria mais fácil seguir por esse caminho agora (Wildbear), mas confesso que Baaron também me conquistaram aos poucos e descoberta de Aaron sobre segredo de Ben pode ser um divisor de águas nessa relação, ou os aproximando ainda mais ou afastando-os de vez... E, por mais Bryan de raiz que eu seja, sinceramente não sei mais o que quero que aconteça. Mad

Lecky continuam naquela dinâmica ótima “vlw flw” e gosto muito de vê-los assim descompromissados aproveitando pra se divertir com visita de Will pra Air Bear. Tiveram a cena pré-abertura que foi bem descompromissada também com negação de comida, mas comentário ótimo de Becky sobre crianças que Luke tanto admirava só veio pra reforçar como eles querem coisas diferentes. Mas sabe o que vou fazer? Simplesmente ignorar, pois sei que logo se acertarão! Cool

E como não amar retorno de Paul? Muito perspicaz em adivinhar que Sadie não morreu no engavetamento e revelando agressão de Ryan, o que vindo de Ryan nem é tão chocante assim! Mas confesso que curti mais seu retorno por ser tão identificável com seu drama do reumatismo, já quero conhecer bisa de Sadie pra começar esse pilates também! Ou então você me passa do telefone de Suzana Ferreira, fiquei sabendo que ela tá nesse ramo agora! Razz

P.S.: A julgar pelo tamanho dos parágrafos, dá mesmo pra dizer que Lucy e Ryan estão dispostos a roubar posto de Ben de bom protagonista. Embora Aaron tenha competido bem hoje também! Laughing

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #2.09 - U Can't Touch This

Mensagem  Leo Oliveira em Sex Mar 08, 2013 3:15 pm

Ê, lerê! Por que layout samba tanto assim na sua cara, é porque escrevo letra branca no fundo preto ou porque não numero as cenas? Ainda bem que aparentemente qualidade do roteiro compensa tanta falta de expertise, e pode ter certeza que episódio de Luciano que está por vir (!) não só manterá o nível como o elevará muito, só pra eu ter a chance de levá-lo abaixo novamente depois.

Se você se preocupa em ser repetitivo elogiando os episódios, imagina eu com cena de tensão de Ryan e Ben passando 15 vezes? Mas a verdade é que Sean Faris passou muito tempo desnudo nos sets pra gravar a melhor cena possível, tive que aproveitar o potencial disso ao máximo, se é que me entende.

Às vezes não sei se sou MUITO previsível ou só tento brincar com clichês, como Luciano bem me ensinou com BUI, porque sua teoria de que encaminharia Aaron para Will e Ryan para Sadie enquanto Ben ficava a ver navios de certa forma era o que aconteceria, mas sempre soube que Aaron descobriria sobre as viagens no tempo ao fim do relacionamento. Dessa forma, se tornaria peça mais importante na série quando não fosse mais par romântico, mas acho que isso meio que se perde quando o faço esquecer tudo episódios depois, né? (no planejamento original, só esqueceria o que descobriu, mas mais uma vez Luciano deu sua colaboração magistral deixando tudo muito mais lifechanging e heartbreaking).

Que Ben é egoísta, não posso discordar, ainda mais com Ryan e os outros personagens jogando isso na cara dele o tempo todo, mas na questão do triângulo, não sei dizer se realmente foi um caso de "ferrei tudo com Aaron, vou para a outra opção" ou se já estava dividido e tentando se convencer de que Aaron era o melhor pra ele por ser a escolha segura, muito complexos os sentimentos desse malditinho. Existe ainda a 3ª opção, que acredito mais e consiste nele gostar igualmente dos dois e querer ficar alisando argila ora com um, ora com outro, no melhor estilo Marley.

Por incrível que pareça, Marjorie dizendo que não pensou direito nos detalhes de seu plano não era representação de pensamentos como produtor dessa vez. Sabia qual era o plano que colocaria em prática porque o episódio de Lupe já estava pronto, mas não podia spoilar por completo agora, daí já aproveitei pra mostrar natureza impulsiva de Marj e deixar o gancho. E, veja só, tava aí desejando que Lucy viajasse no tempo desde o começo da temporada e, se não foi dessa vez com plano de Marj, parece que vai mesmo acontecer eventualmente. Só espero que Lucy não destrua o universo! Certamente vai causar um estrago se ceder a beijos com Ryan que não existiam na timeline original Very Happy
E, gente, não tinha percebido como Lucy era tão misteriosa, vamos ver se perseguição no beco dá alguma luz (não a de Lost) no sentido de resolver as coisas ou será apenas uma cena random dela fazendo cooper com cara de assustada à toa!

Fim do banning com Ryan realmente foi uma pena, mas com Sadie não só existindo como sendo imortal, não dava pra levar por muito tempo. Não entendi o que quis dizer com "ainda que tenha nos poupado de alguns detalhes dessa vez", porque cenas de Time são sempre muito sutis e não se aprofundam (!) em detalhes como está insinuando, é quase nível 7th Heaven de pureza. Twisted Evil O mesmo não posso dizer de você, que me solta um "Mas que merda, Leonardo!" no meio do comentário e ainda sugere orgia, se Luciano eu fosse, de Dercy te chamaria!

Achei que Will não seria bem aceito por já chegar quengando, no melhor estilo Addie fofinda, mas diferente de Addie, não usa scrubs rosas e nem faz biquinho sensual de Kate Walsh, então nenhum personagem jamais dirá que "é impossível não gostar dele". Mesmo assim, eu gosto bastante de escrever o personagem e tentar achar esse equilíbrio entre alguém que é geralmente desagradável com todo mundo e alguém que tenta proteger o relacionamento e o noivo a todo custo. Fico feliz que também tenha gostado da 'essência', como bem colocou, porque é sempre um esforço humanizar personagens assim.

Não sei o que comentar de todo o imbróglio surgido com Air Bear e Wildcat nesse episódio porque agora que já sabe que nada disso aconteceu, perde meio o sentido, né? De toda forma, história divertofa do acampamento ainda vale e pode torcer pelos dois com muito mais afinco, porque serão felizes em LA! E, veja só, depois de enfatizar egoísmo de Ben como todos os personagens, disse que foi altruísta aceitando a amizade dos dois, esse rapaz é mesmo muito uam uam e cheio de camadas! E embora não saiba ler os sentimentos de Ben com precisão na maioria do tempo, posso dizer que não, não incentivou Aaron a resgatar amizade só pra não se sentir culpado, estava mesmo preocupado com o sofrimento de Trutinha.

Lecky, que agora têm até uma bela música coxinha que os representa (aaaah lelecky-lecky-lecky-lecky-lecky-infinito), estavam no episódio mais pra assistir a crise trazida por Will mesmo, mas se notar, anunciam plot do #215: reforço da vontade louca de Luke de ter filhos, enquanto Becky mostra a aversão muito característica das mulheres dessa série (só Lucy que não se pronunciou, mas né, faz caretas mil com carro de palhaço cheio de crianças), algo que Garrett condenaria veementemente porque mulher é obrigada a querer ter filho!

Paul detetivão é um desbunde mesmo, depois de ficar na cola de Marjorie até descobrir a verdade, descobriu que Sadie não morreu no engavetamento e, agora que sabemos que Court esconde tantos segredos, terá que se esforçar ainda mais em investigações. De repente faço um spin-off só dele seguindo a carreira como P.I., fará tanto sucesso quanto Veronica Mars!

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #2.09 - U Can't Touch This

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum