Episódio #2.19 - High School Never Ends

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #2.19 - High School Never Ends

Mensagem  Leo Oliveira em Sab Abr 13, 2013 10:03 pm

A reunião escolar de 15 anos de Ben (Matt Long) se transforma num evento memorável, para o bem ou para o mal, quando ele, Lucy (Joanna Garcia), Ryan (Sean Faris) e Courtney (Samaire Armstrong) percebem que deixaram diversos aspectos não resolvidos de suas relações com velhos colegas. Enquanto Ben lida com sua inabilidade de se expor e com o surto agressivo que teve com Chad (guest Jesse Hutch), Ryan é confrontado pela ex-namorada Stacy (guest Lacey Chabert). Lucy não se conforma com a apatia dos velhos conhecidos ao encontrá-la. E Courtney se sente cobrada passado quando Paul (Tuc Watkins) revela seu desconforto ao saber que ela esteve com Kenneth (guest Cory Hardrict) e Candice (guest Liza Lapira) a pressiona a revelar o que fez no baile de formatura.
Também participam Ken Luckey, Robert Hoffman e Kristopher Turner.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #2.19 - High School Never Ends

Mensagem  Harbor em Sab Abr 20, 2013 8:19 pm

Que quarteto fantástico segura bem as pontas sozinho, todo mundo sabe, mas adorei que Paul conseguiu se infiltrar entre eles e pôde nos brindar com todo o seu potencial cômico. Não que não esteja engraçado ultimamente (apesar de seus dramas), mas tava impossível nesse episódio. Acho que daria pra Marj, Becky, Luke e Aaron invadirem um evento tão aleatório para eles, mas só digo isso porque sinto saudades deles, quarteto & Paul movimentaram bastante as coisas sozinhos. E conseguiram isso numa reunião escolar sem premiações, cantinho da saudade e Shannon quengando, ou seja, são mesmo muito competentes! Very Happy

Começo por Ben e, antes de qualquer coisa, tenho que dizer que tá cada vez mais difícil separá-lo de Ryan nos comentários. Achei muito fofo da parte dele em querer esconder relação com Ryan por achar que o namorado ainda não estava preparado para assumi-lo (e confesso que também achei isso durante alguns momentos!). Achei que sugestão de Ben pudesse ter algo a ver com Chad, acho que de alguma maneira, Ben ainda tinha um certo receio com o rapaz e temia pelo que pudesse acontecer quando ele soubesse dele e de Ryan (uma retaliação, sei lá). Felizmente, nada de errado saiu disso e Ben finalmente pôde ter seu “closure” com relação à agressão que cometeu... Embora Chad continue babaca, pelo menos ele assumiu sua parcela de culpa e aparentemente não agrediu mais ninguém psicologicamente. No fim das contas, era Ben quem estava com mais medo de assumir relação que o próprio Ryan e talvez fosse pelo medo do que pudesse acontecer, então vou perdoar.
Nessa história toda, achei que Ryan não tinha muito o direito de forçar a barra para Ben ter esse momento de closure, mas a verdade é que sei que fez pensando que seria melhor pro namorado finalmente desabafar sobre a questão (e realmente foi!). Digo que ele não tinha direito, porque o próprio Ben nunca tentou forçar a barra pra Ryan se acertar com Robert, por exemplo, só deu um empurrão no momento oportuno. No entanto, creio que Ryan ter forçado a barra condiz bastante com sua personalidade (vide suas atitudes no baile de formatura!) e, como teve um resultado positivo, nem critico muito.
Reunião ainda nos deu a chance de conhecer quem tirou a virgindade bocal de Ben e simplesmente amo/sou Darren! Quero muito que volte para mais participações, ainda mais agora que Bryan finalmente têm detalhes mais sórdidos para contar. Mas, por mais divertido, fofo e adorável que seja, preciso dizer que gelo que Darren deu em Ben após o primeiro beijo deve ter atrapalhado bastante a confiança do rapaz e talvez até por isso ele tenha tido um desenvolvimento amoroso tão tardio, tado.

No fim das contas, os motivos que deixaram Ryan tão ressabiado para entrar na escola não ficaram muito claros, mas, como já disse acima, foi bom ver que não tinham relação com seu relacionamento com Ben. Aliás, muito fofa a declaração que ele fez no início do episódio, acho que só faltou incluir um pigmeuzinho na fala pra ficar perfeito! Razz Mas, sério, sempre achei Ryan um fofo, o que acontece é que agora ele só está permitindo que as pessoas percebam isso, então acho que Ben é mesmo uma influência positiva pra ele. E tem como não amar Ryanzito com todas suas falas constrangedoras? So sweet!
O melhor de tudo é que reclamei que precisávamos de cenas umidificantes de Bryan e atendeu prontamente ao pedido (ainda que episódio já estivesse pronto quando reclamei!), muito bom vê-los tendo um momento tão sensual no quarto de hotel, fechando a reunião com chave de ouro. E foi sensual e romântico, porque se aliviassem a tensão no almoxarifado seria apenas sensual, então parabéns porque ainda trouxe uma essência fofa para a fiatachem dos dois.
Além disso, Ryan teve que lidar com Stacy. O reencontro dos dois foi bom pela tensão gerada, mas achei um desbunde ela achar que Ryan finalmente conseguiu alguém para bater na cama. Por isso, fiquei mais do que satisfeito quando Darren jogou um pouco de realidade na cara dela ao revelar as preferências náuticas do marido dela, LOOOL. Mas crisei muito com Stacy querendo manter alguma dignidade dizendo que terminou com Ryan e com ela querendo atacar Thomas.

Já que citei Thomas, vamos de Lucy... Ela já provou que é uma amargurada e reclamona de marca maior, mas gosto muito quando usa isso de forma cômica e aproveita toda a irritação que gera na personagem pela crise da vez. Amei muito vê-la chateada porque ninguém a reconhecia direito ou a reconhecia pelos motivos que ela não queria. Por mim, só isso já seria bacana, mas ainda tivemos a chance de ver Thomas bancando o namorado mais fofo do mundo fazendo aquela ótima declaração. Achei bacana porque Thomas tem estado bem ocupado com trabalho, então quando pode aparecer, é um deleite para os fãs do casal ter esses momentos que colocam Lucy cada vez mais no modo namoradinha. E isso tudo já teria bastado, mas resolução do plot com descoberta que Lucy influenciou toda uma geração, que agora está chocada com a mudança brusca do comportamento dela, foi a cereja do bolo, desciclopei horrores! Só não desciclopei mais que o quote épico dela dizendo que ainda não matou Thomas com um raio, LOOOOOL!
E depois de tudo isso, não abandonou seu posto de sidekick e foi lá ajudar Courtney em mais um momento de dificuldade da amiga.

E, meu Deus, que barra de vida essa de Court, hein? Desde que história da gravidez e aborto surgiu, imaginei que Junior fosse o pai e até achei que Keneth poderia ter sua chance. Aliás, amo muito que brincou com essas duas possibilidades, primeiro criando todo o climinha entre Court e Junior e depois fazendo ela e Keneth se reencontrarem rapidamente. Claro que não teve nenhuma conotação mais romântica com Keneth porque ele estava mais preocupado em encontrar Junior, mas, diante da vulnerabilidade de Court, esperava qualquer coisa. Quer dizer, qualquer coisa menos Chad. Nem posso culpar Court, porque, apesar de toda a babaquice de Chad, ele não estava totalmente errado no que disse e deu um choque de realidade em Court de que ela nem sempre está num pedestal. Poderia ter dito de uma maneira mais suave, mas não seria Chad se assim tivesse feito. O problema é que, naquele momento, a vulnerabilidade, a frustração e a raiva se uniram e deu no que deu... Acho que Lucy poderia até ter ajudado Court e Junior nas travessuras, já que estava odiando tudo, mas, verdade seja dita, Court poderia ter pedido ajuda aos amigos para lidar com tudo.
De qualquer forma, assim que Court reencontrou Chad na reunião, a possibilidade dele ser o pai se tornou mais latente, mas só fui acreditar mesmo quando Candice expôs a verdade. Aliás, ainda não sei o que pensar de Candice, gente! Claro que foi uma vadia de marca maior fazendo o que fez, mas ela me pareceu genuinamente arrependida logo depois de ter feito isso e impressão que tenho é que só fez o que fez para se vingar de Court por ainda não ter a confiança dela depois de tudo o que aconteceu. Só que essa minha teoria fica em xeque quando lembro do sorriso malicioso de Candice que foi até reprisado no previously. Ou seja, já não sei mais o que pensar. Neutral
E com isso, foi a vez de Court me comover com seu drama, achei a humilhação na reunião muito triste e estou bastante temeroso pelo futuro do relacionamento dela com Paul, mas confiante de que ele vai usar toda sua fofura para ajudá-la a passar por essa crise. Enquanto esse momento não chega, fico feliz que ela tenha encontrado um certo alento em Lucy. Aliás, vale ressaltar como Lucy tá ajudando os amigos em crise, muito fofa essa ruivinha!

E é dele que falo agora... Paul estava on fire! Crisei demais com todo o ciúme que ele sentiu ao descobrir que Courtney e Keneth já namoraram. Fiquei com pena porque sua relação com seu braço direito para assuntos automobilísticos sofreu um baque, mas espero que consigam recuperar a confiança. Espero ainda que tenham mais cenas juntas, porque química dos dois foi ótima, tanto na hora de escolher a playlist, quanto na hora de dançarem... Imaginar os personagens passando por esses momentos constrangedores sempre é divertido e amei a cena porque condiz muito com a personalidade de Paul. Só acho um absurdo ele ainda sofrer bullying por conta da idade, Lucy pegando muito pesado com ele, gente!

Cenas do passado estavam uma delícia também e é sempre bom ver a versão adolescente do quarteto fantástico, a cena inicial tava ótima, mas amei também Ryan aprontando todas no baile, arranjando companhia para Ben e se oferecendo para Lucy.

Como essa semana aparentemente não vai ter episódio fazendo viagem temporal e faltam apenas 3 episódios para o fim da temporada (ainda acho que devia fazer 26! Rolling Eyes ), preciso dizer que desejo ver Aaron envolvido em algum plot de Bryan. Não me entenda mal, amo Bryan e não vou ficar fazendo a mesma coisa fazia com Baaron dizendo que são fofos mas precisam terminar. Apenas acho que Aaron foi uma peça importante na vida amorosa de Ben e seria interessante ver Ben tendo closure para seguir em frente com Ryan. Ainda acho que mexer no unfinished business de Baaron mais pra frente pode ser interessante, mas Aaron tá tão bem com Will e Bryan estão tão ótimos, que acho que só um momento de closure pra Ben já tava bom. Ou então um desenvolvimento de amizade bizarra entre Ryan e Aaron para deixar Ben tendo crises de ciúme, LOOOOL.

P.S.: A triha sonora estava especialmente deliciosa hoje, só achei que rolou um bullying com N’SYNC porque até Five teve, gente! E confesso que conhecia todas as músicas, mas só fui descobrir o nome ou o cantor de algumas delas com esse episódio. Laughing

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum