Episódio #2.21 - Live And Let Die

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #2.21 - Live And Let Die

Mensagem  Leo Oliveira em Qui Maio 16, 2013 11:23 pm

Em Los Angeles com sua família, Marjorie (Allison Mack) se vê obrigada a reavaliar os laços que criou com Lucy (Joanna Garcia), Ryan (Sean Faris), Courtney (Samaire Armstrong) e Ben (Matt Long), enquanto velhos conflitos ressurgem e novos começam a se formar. Luke (Travis Caldwell) pressiona Paul (Tuc Watkins) a contar o que realmente vem acontecendo entre Ben e Marjorie e, quando percebe que não terá a colaboração dele, discute o assunto com Aaron (Chord Overstreet), que chega a conclusões perturbadoras. Becky (Amber Stevens) surpreende Warren (guest Jake McDorman) com um gesto inesperado.
Também participam Neal McDonough, Hope Davis e Julie Gonzalo.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #2.21 - Live And Let Die

Mensagem  Harbor em Qui Maio 23, 2013 11:25 pm

Porrã, como eu vou comentar esse episódio de Time? Como não tinha a menor ideia, fui pedir ajuda ao nosso amigo Ed. Vejam nossa conversa:
Você: Porrã, como eu vou comentar esse episódio de Time?
Robô Ed: Tipo você, claro.


Então, serei tipo eu, e começarei com as amenidades no melhor estilo S.A. Cast. Como já deve ter visto pelo Twitter, amei ver Pompéia tocando, e se eu estivesse escrevendo alguma série atualmente, Bastilha ia estar bombando na trilha sonora, amo muito o CD deles! Então, me satisfaço com Time enquanto continuo nesse hiatus indefinido de produção.
Antes de começar a dissecar os personagens, preciso dizer que ainda estou chocado como Luciano estava sendo tão literal ao dar depoimento sobre o final de rachar cabeças. Primeiro que fiquei chocado com sua Shondalização de matar Richard logo no começo do episódio, mas, ao contrário de morte de Lexie, a de Richard foi tão bem trabalhada que no fim até admirei sua decisão criativa. Só que, quando já estava aceitando o luto, eis que resolve Shondalizar ao extremo matando Aaron. E nem vou ser otimista iludido achando que ele vai sobreviver nessas circunstâncias, porque, né? Entretanto, com habilidade de Ben, a coisa muda de figura... Além disso, estamos falando de Chordzinho, não abriria mão dele assim tão fácil, mas vamos deixar as suposições para os parágrafos dos personagens... Here I go! Smile

Começo com Ben e já digo que curti muito o piti que deu com Marj, porque ele estava certo em zelar pela saúde de Lucy. O bom foi ver que no fim das contas os dois conseguiram se acertar. Achei bem fofa a cena em que Ben se oferece para ajudar Marj mais uma vez, mas ela recusa e o abraça. Embora relação de Marj com Lucy tenha sido mais explorada nos últimos episódios, sinto que ela e Ben sempre tiveram esse carinho e preocupação um com o outro, só não demonstram da forma mais óbvia devido a serem pessoas mais secas. Além disso, o início da relação dos dois foi bem conturbada e ainda se desentendem bastante, mas acho que agora selaram a amizade de uma vez por todas e mal posso esperar pra ver o que os dois vão aprontar juntos com essa habilidade.
E aí, depois de todo esse momento ternurinha com Marj, resolve nos matar do coração com aquela cena final. Conforme o cenário foi sendo desenhado, já fiquei temeroso, mas não queria acreditar que ia fazer uma maldade dessas. Acho incrível como em situações não sci-ficas o “e se” já pode ser usado e abusado, mas aqui fiquei com vários “e se” ecoando em minha mente. E se Ben não tivesse apagado Aaron, será que acidente aconteceria de qualquer maneira? Porque, mesmo sem os dois se relacionando afetivamente, a vida dos demais não mudou, então acredito que talvez Aaron já estivesse destinado a isso. Ou então, se Ben não tivesse apagado Aaron, é possível que Ryan fosse o acidentado da vez e, por mais que ame Aaron, não suportaria ver Ryanzito sofrendo algo do tipo. Pela proporção do acidente, não acredito muito numa recuperação de Aaron sem a interferência de Ben e sua habilidade, então já fico aqui imaginando o que Ben vai mudar dessa vez e como isso afetará a série, mas esperarei pela finale para tecer uma opinião mais embasada.
E já que matei Aaron com Ben (#tudumpá), preciso dizer que crisei muito com ironia dele em dizer que Ben apagaria a memória de Luke se fosse confrontado. Amei também toda a babblação sobre querer matar quem pede comida a ele e toda a teoria que desenvolveu para ódio que Ben desenvolveu por ele. Já até imagino que uma das últimas coisas que pensou antes de ir pro além foi que Ben devia odiá-lo mais do que pensava para rachar sua cabeça desse jeito!

Lembro de ter comentado que gostaria de ver momentos em que Marj conquistou Lucy, Ryan e Court e fico feliz que não tenha esquecido disso e tenha esperado um momento oportuno para mostrar esses momentos. Muito divertido ver Marj manipulando todos a seu favor, mas creio que só com Lucy que foi mais manipuladora, em seus momentos com Ryan e Court sinto que Marj já estava ajudando-os com sinceridade. De qualquer forma, cena de briga pelo vestido de Dorothy foi muito amor e desciclopei horrores vendo a mitologia da série sendo aproveitada com piadinhas sobre Dana Scully, Miranda Priestly e o todo o amor que Lucy sente pelo filme.
Aposto que Marj sofreu um bocado até achar o tom com Lucy, mas, quando achou, fez sua “primeira aparição” da melhor forma possível. E amo que em parágrafo que supostamente é de Lucy, falei bem mais de Marj, LOOOOL. Para não dizer que não falei de Lucy, amei muito também rever a tensão entre ela e Ryan, sempre bom relembrar desse ex-casal já que nunca terão um revival. E nem preciso dizer que fiquei curiosíssimo para saber o que Richard conversou com Ben e Lucy, preciso dessas cenas ASAP!

Não é incrível que a vida é essa vadia irônica e, se Ben não ignorasse afliceta de Ryan, nosso querido Boca de Truta não estaria em uma situação tão complicada assim? Aliás, preciso confessar que a primeira coisa que pensei quando Aaron fala pra mãe que sabe que a rua tá muito deserta é que o atacariam no beco, mas aí lembrei que essa é Lucy e isso só temporada que vem! Razz
Ironias à parte, confesso que não lembro se já sabia que Ryan tinha ataque de pânico (pior que nem posso ficar abrindo minhas postagens antigas para averiguar se eu já sabia, porque minha conexão tá pior que discada hoje!)... Claro que liguei seu ataque no carro com trauma que teve com o pai na infância, mas não sabia que a barra de vida era bem maior e que tinha até remédios envolvidos na história. Como história com pai é complicada, creio que tenha sido crucial para desenvolvimento da síndrome... Agora que a situação está mais ou menos resolvida e ele está todo feliz ao lado de Ben, torço para que melhore. Enquanto esse dia não chega, fiquei feliz e emocionado com ele desabafando com Marj. Prefiro pensar que Marj não planejou tão friamente esse momento para ficar amiga de Ryan. Quer dizer, creio que ela sabia que ele gostava da companhia dela e acabou dando sorte de ajudá-lo nesse momento difícil, consolidando assim a amizade e ganhando a confiança dele. E pelo menos, ele já dividiu o fardo com mais alguém e ele está permitindo que Court seja mais participativa em sua vida, é isso aí, maridinho!

E também penso que o "ajuda" de Marj com Court também foi sincera como foi com Ryan. Quer dizer, talvez o elogio para a festa tenha sido falso, mas acho que, na conversa sobre o futuro de Court e Garret, Marj estava sendo sincera. E como não amar Court olhando sombriamente para Marj na festa e depois caindo de amores por ela graças a um elogio e um coelho branco? E olhadas de Lucy ajudaram bastante na cena. Conversa de Marj com Ryan foi mais emocionante, mas o momento com Court teve seus momentos também e achei bem fofo. Mas claro, destaque de Court foram os seus tapas em Marj e Ryan que nada mais eram que uma demonstração de amor rude, LOOOOOL. Agora que já ajudou Marj e sabe da barra de vida de Ryan, fico na torcida para que se acerte com Paul, né, gente? Não vou aguentar uma finale sem os dois tendo uma conversa (de reconciliação, espero! Rolling Eyes).

Olha, já falei bastante de Marj nos parágrafos anteriores, mas, acredite ou não, a hora de falar dela é agora! Assim que relação de Marj e Richard foi apresentada, curti, mas não caí de amores... Com o tempo, passei a amá-los e ficar desesperado torcendo para que busca de Marj por uma solução desse certo. Mesmo achando atitude do episódio anterior bem extremista, ainda entendia Marj e até torcia por uma outra solução, então fiquei arrasado com morte de Richard anunciada logo no início do episódio. Até achei que pudesse estar nos trollando, mas, ao longo do episódio, passei a aceitar a morte dele e me emocionei bastante com todas as cenas envolvendo pai e filha. Sei que Marj tem sua família, mas é inegável o vínculo que criou com Crestview e o quarteto fantástico, então acho que uma mudança para lá nesse momento é algo necessário e que vai ajudá-la a superar o luto. Aliás, já prevejo toda a família indo pra lá.
Foi bom ver Marj querendo bancar a insensível e desprezando os amigos para depois se dar conta da importância deles, culminando no seu discurso incompleto e naquele atípico abraço coletivo tão fofo que me fez vomitar arco-íris. E agora que ela e Ben se acertaram, já até imagino ela se oferecendo para ajudar a salvar Aaron e tudo mais. Ai, gente, quero essa finale logo, não pode ficar atrasando produção por causa dos meus comentários! Laughing

Becky apareceu bem pouquinho e, por mais que episódio tenha sido ótimo, fico chateado de não termos visto momentos da viagem de Becky e o quarteto fantástico, ia amar vê-la se intrometendo na conversa delas, ainda mais porque ela se acha a BFF de Ryan. Só acho que, com Aaron morrendo, ela finalmente vai deixar de ter medo de fantasmas e vai passar a amá-los. cheers E sim, sou sádico!
Mas o que Becky fez mesmo foi ir atrás de Warren e continuo achando desenvolvimento desse casal que não quer se desenvolver muito ótimo! Já prevejo família Caulfield se mudando toda pra Crestview. Warren tem Will (nunquinha que Aaron vai pra LA), Becky e Marj o prendendo lá e Marj tem seus amigos. Sem o marido, Stella vai querer ficar perto dos filhos... E aí vamos ter Annie de lambuja por lá também! Não tente me privar disso, ok? Quem precisa de LA quando se tem uma cidade adoravelmente esquisita como Crestview?

Muito bom ver Luke tão de boa com Aaron depois da crise pela qual passaram com direito a conspirações sobre Marj. Aliás, amei muito todo o interrogatório de Luke, ainda mais com Paul não sabendo ser nem um pouco discreto em disfarçar as coisas. Não sei se Luke terá tempo de confrontar Ben antes dele reverter o passado, mas, sei lá, tô com um mau pressentimento de que talvez conversa de Richard com Ben possa fazê-lo ter algum tipo de bloqueio com sua habilidade e aí vamos ficar desesperados com possibilidade de Aaron morrer mesmo. E o pior é que, mesmo que Ben consiga salvar Trouty, já fico pensando que alguém vai ter que morrer no futuro no lugar dele, tipo pai de Clark em Smallville. O bom é que às vezes faço suposições bizarras (Luciano que o diga!), então ainda tenho esperanças que tudo isso seja apenas invenção da minha mente! Smile

E Paul que não tem modos, gente? Sério, entendo drama dele com as restrições alimentares, mas não pode sair arriscando a saúde desse jeito. E o pior de tudo é que tem veia cômica tão natural que até acho engraçado sua gulodice. Problema é que agora está chorando sangue (e preciso dizer que nem sabia que diabetes podia gerar algo tão tenso assim, Time é cultura!). Só espero que ele entenda que precisa se cuidar e fazer alguns sacrifícios. Além disso, precisa se acertar logo com Courtney, gente, mais do que nunca precisa da ajuda dela e de suas 3 nutricionistas... Claro que também quero que ele dê o apoio que ela necessita, porque, aparentemente ele está aberto pra conversar com ela, só não atendeu a ligação dela porque estava muito ocupado chorando sangue.

Então, é isso, achei o piloto de Time After Time in Wonderland muito promissor e mal posso esperar pela série na próxima temporada. Enquanto ela não vem, espero pela finale de Time com minha caixinha de lenços separada! Sad

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum