Episódio #2.22 - Dead End

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #2.22 - Dead End

Mensagem  Leo Oliveira em Dom Jun 09, 2013 11:46 pm

Lucy (Joanna Garcia) tenta confortar Ben (Matt Long), que se sente culpado pelo que aconteceu com Aaron (Chord Overstreet), mas a falta de honestidade entre os dois pode trazer mais problemas do que soluções. Paul (Tuc Watkins) e Courtney (Samaire Armstrong) têm uma conversa definitiva sobre os problemas em seu relacionamento. Marjorie (Allison Mack) reluta em aceitar os conselhos de Alistair (guest Martin Donovan) sobre retornar a Crestview. Ryan (Sean Faris) expõe suas inseguranças sobre levar as coisas com Ben para a próxima etapa.
Também estrelam Travis Caldwell e Amber Stevens.
Também participam Ken Luckey e Cody Longo.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #2.22 - Dead End

Mensagem  Harbor em Sab Jun 22, 2013 6:32 pm

Temporada acabou mesmo? Porque promo da “próxima temporada” é tão simples com ponteiros sendo acertados que fico me perguntando se não resolveu finalmente me ouvir e nos brindar com uma merecida harborização... E até faz sentido considerando que está me cobrando comment mais que nunca, claramente porque quer divulgar logo a harborização, mas precisa do comment antes. Ok, estou divagando mais que nunca e deixarei as especulações da harborização de lado porque tenho muito material do episódio em si para trabalhar nesse comment! Smile

Começarei logicamente com nossa protagonista Lucy, que finalmente cansou de ver Ben, Ryan e Marj roubando a cena só porque ela está grávida e tomou o holofote para si. Mas, MAIS IMPORTANTE, finalmente foi para o beco!!! Mein, nem acreditei quando vi a cena... Aliás, confesso que achei que ia trollar horrores deixando a cena como gancho final, até porque você já tinha me dito que Lucy iria para o beco, mas episódio foi passando e nada desse tão esperado momento chegar... E quando chegou, foi tão rapidinho! Sad Queria mais beco, gente, ficou tanto tempo sumido, o pobrezinho tem muito pouco tempo de tela! Mas sério, no início da temporada jamais imaginaria que era Ryan quem estava “perseguindo” Lucy no beco, mas, durante a execução da cena, sabia que não seria Ben e fiquei feliz de ver que era Ryan. Ele claramente não gostou de ser abandonado em plena conchinha pós-coito e foi atrás de seu homem e se deparou com Lucy sumindo na frente dele. Como ponteiros não foram devidamente acertados ainda, fico me perguntando como Ryan lidará com essa situação. Creio que, mais que nunca, todos os personagens começam a se envolver mais na dinâmica das viagens temporais, então estou bem interessado para ver o que vem daí. Já quero todos viajando loucamente! Razz 
E acho incrível como a história de Lucy foi se desenvolvendo pra culminar nesse ponto... Mais do que nunca, a vida de Lucy está perfeita, com ela tendo um negócio de sucesso, um relacionamento amoroso bem sucedido, além de estar de boa com seus pais. Só que Lucy nunca quis essa vidinha de normalidade e, se ela não teve a chance de ir desbravar o mundo, acho natural que ela queira se agarrar a essa oportunidade de se tornar uma viajante temporal para não deixar que sua vida fique estagnada. Temo pela sua saúde, claro, mas me interesso bastante para ver o que isso vai causar na série, até porque já gerou atritos entre ela e Ben e provavelmente gerará com Marj também. Além disso, as coisas parecem que já estão saindo do controle e fico curioso para saber como se acertarão, mas preocupado também porque Lucy poderá ter o mesmo fim de Richard. Quem sabe, consigam criar uma alternativa para Lucy não desenvolver o aneurisma, mas, mesmo que não consigam, espero que ela já fique satisfeita com esses momentos de loucura em sua vida e entenda quando deve parar.
Pra finalizar, continuo achando Tucy ótimos em cena, porque, até quando estão num comercial de margarina, eles revertem a situação com um romantismo tão peculiar que fica impossível não amar esse casal. Acho Thomas ótimo e com ele aparecendo numa proporção menor que no início da temporada, sua maravilhosidade fica mais clara e acabo aproveitando ao máximo toda sua participação.

Lucy tá tentando roubar a cena, mas Ben ainda tem seus momentos de protagonista... É irônico lembrar que os dois estavam naquele momento fofo tão raro no início do episódio com Lucy e seus cafunésconsoladores para no final estarem naquele clima de guerra. Aliás,  picuinha dos dois me lembrou um pouco a rivalidade inicial entre Ben e Marj, então já fico na esperança de que ele e Lucy também consigam se acertar. Sobre a picuinha em si, concordo com ambos em algumas coisas e discordo em outras. Não acho que Ben queira monopolizar as viagens temporais e impedir a participação de Lucy por isso, creio que a preocupação seja mesmo com a saúde dela. No entanto, Ben coloca sua preocupação de uma forma tão impositiva sem tentar entender a amiga que parece mesmo que ele apenas quer ter a habilidade só pra ele... E, como já disse antes, é natural que Lucy se agarre a essa experiência pela vontade dela em querer viver fora da normalidade e o fato dela encarar toda a situação de forma mais positiva que Ben é algo que me agrada. Acho que os dois podem sim chegar a um consenso, ainda mais se Marj e Alistair ajudarem e, quem sabe, Lucy consiga explorar isso de uma forma menos prejudicial... O problema é que as coisas já estão tão fora de controle que acredito que Lucy eventualmente se cansará de nunca saber pra onde está indo (vide cena final) que talvez essa confusão toda acabe. Porque Ben passou por essa situação, mas foi logo resolvida e aparentemente com Lucy a coisa tá demorando mais um pouco para ser normalizada. Só digo que única coisa que não pode acabar é a amizade de Bucy, gente, os dois são tão teimosos que fico temendo pelas rachaduras que Bucy pode sofrer! Sad E, independente de teimosia de Lucy, precisa dar o braço a torcer e aceitar ajuda de Ben para os ponteiros serem acertados.
Mas antes de duelar com Lucy, Ben ainda teve momentos fofos com os dois homens da sua vida. Sobre sua relação com Aaron, tratarei mais abaixo no parágrafo de Trouty, mas já digo que fiquei bem dividido. Gostei bastante de ver Ben desolado tentando dar um jeito em toda a situação e ganhando de brinde momentos que não viveu com Aaron pra no fim das contas tudo se resolver milagrosamente porque o universo quer dizer algo pra nosso querido Trouty como Luke bem alertou. Fiquei esperando que Ben tivesse uma crise de amores por Aaron que nem Will teve depois do ocorrido, mas, mesmo que tivesse, acho que reação de Aaron após ter acordado e revelar que sabia que tinha sido apagado meio que o brocharia. Tenho medo de como os dois vão funcionar como amigos, mas se tem alguém que pode fazer isso funcionar é você... Tenho medo porque se estiverem reprimindo algum sentimento, seria melhor que dessem vazão a ele agora, mas vamos ver o que realmente sai daí.
Sobre Ben e Ryan, continuo achando-os fofos e ver casal passando por vários níveis na relação tem sido interessante de acompanhar. Sou team Bryan all the way e torço para que consigam ter seu relacionamento lagostal bem sucedido. Aiás, creio muito que o casamento do final do episódio seja deles, porque não faz sentido termos Lucy de madrinha no casamento de Waaron e como não tem noiva no casamento, aposto num casamento gay. Só espero que não dê aquela sambada básica casando Baaron, porque né, até aceito a fofura Baaron em tela, mas casamento não. 

Tem como amar mais Ryan? Muito bom vê-lo todo convicto do sucesso de seu relacionamento com Ben pra depois se deixar levar pelos outros. O melhor foi que gerou uma cena deliciosa com direito a retorno da amizade com Becky, que deu conselho ótimo que ele decidiu aplicar. Amei muito vê-lo se declarando pra Ben... E depois do Natal antecipado, acho que era mais do que merecido. Mas nem só de momentos melosos vive Ryan, ele fica aí exalando toda sua heterossexualidade ao flertar com Thomas. Nem preciso dizer que amei, huh? Aliás, Thomas estava afiado com seu sedutorismo barato, seja paquerando Ryan na frente de Lucy, seja fazendo declarações cheias de romantismo. E aqui preciso destacar que amo cada vez mais a naturalidade sci-fica de algumas falas tipo Ryan dizendo que Ben tá ocupado pedindo desculpas para familiares das pessoas que atropela ou Thomas e Lucy dando dicas de declaração para Ryan e, claro, Thomas deixando claro que não se interessa só pela vida íntima de Bryan, mas da população de Crestview como um todo. Muito amor! <3
Ah, discordo de Luciano sobre breguice de Ryan... Sempre vislumbrei essa fofura no moço, que tentava escondê-la do seu jeito torto, agora tá se abrindo mais do que nunca (Rolling Eyes) e alguns podem achar brega... Mas acho que tá sabendo dosar bem, até porque ainda tem seus momentos de truculência emocional.

Olha, mais chocante que saber que Lucy finalmente foi pro beco, foi descobrir que fez Aaron quase morrer só para poder cortar o cabelo de Chord, gente! Shocked
Enquanto Luke fica desconfiando dos sentimentos de Aaron por Will, eu desconfio é dessa recuperação milagrosa. Sério, gente, cabeça dele rachou de uma forma que até os urubus foram dar uma mordida no cérebro do pobrezinho, então me desculpa se desconfio que tenha ficado bom assim com direito a ter seu vórtex temporal recuperado. Ah, nem sei se vórtex temporal se encaixa aqui, mas sinceramente é tanta atemperossanilidade que nem sei como comentar a logística das viagens... Enfim, espero que não tenha feito Aaron se recuperar assim só para depois dar o golpe final que nem Shonda fez com Mark ou não te perdoarei.
Considerando que Aaron vá viver muitos e muitos anos (e acredito que vá, porque Lucy vem do futuro e disse que ele vai! Cool), preciso dizer que achei a resolução de Baaron meio anticlimática.  Não tivemos discussões acaloradas nem declarações apaixonadas tampouco vimos os dois enfrentando o mesmo dilema de Mia de amar dois homens ao mesmo tempo... Quer dizer, por mais que Aaron tenha feito o possível para convencer Luke que realmente ama Will e está certo de que quer o casamento, seus sorrisos forçados no final do episódio deixam uma impressão contrária. Veja bem, gosto de Will, torço para o casamento dele com Aaron e, mais importante, amo Bryan de paixão ainda mais agora que estabeleceram que são a lagosta um do outro. No entanto, depois de tudo pelo que Baaron passaram, eu esperava uma recaída ou uma pontinha de dúvida de um dos dois (ou de ambos). E aparentemente Ryan e Ben vão casar em breve também, então talvez seja melhor não mexer nos relacionamentos atuais desses dois e deixarem eles viverem a amizade que selaram no hospital. Além disso, agora que Aaron lembra do apagão e sabe da habilidade de Ben, quem sabe pode desenvolver habilidade também!

Tinha achado um pouco estranho ter encerrado a história de Marjorie e seu pai no episódio anterior, mas vejo agora que fez bem mais sentido. Com tanta coisa pra ser desenvolvida nessa “finale”, foi bom termos o “penúltimo” completamente focado em Marj e no encerramento de um ciclo importante. Gosto muito da família dela, mas confesso que foi bom ver titio Allstar tendo aquela conversa tão divertofa com a logística das viagens temporais em pauta... E claro, a química remanescente de 1970 estava ali, bem palpável. Laughing
O importante mesmo foi ver All mostrando a necessidade de Marj em fixar moradia em Crestview. Depois de todo o drama com Junior, All ficou mais fofinho aos nossos olhos e vê-lo dar esse empurrão em Marj ajudou ainda mais a melhorar a imagem dele... Agora que vai ajudar Paul a não deixar seus filhos órfãos, tem tudo pra ser o novo queridinho da próxima temporada. Enfim, fiquei bem contente de ver Marj finalmente assumindo que precisa de Crestview e indo pedir abrigo pra Court, vai ser bom para as duas porque ambas estão passando por barras de vida.

Gente, o que foi discussão de Ben e Luke que não aconteceu? Desciclopei demais, até porque Luke estava muito divertofo preocupado com o meio ambiente, mas procurando motivos para fazer Becky desistir da ideia. Não estava tão divertofo assim quando fez piadinha com Ben em momento tenso e muito menos quando ficou azucrinando Aaron por ter decidido casar com Will. Até entendo o lado dele querer questionar as atitudes de Aaron diante das circunstâncias, mas quase perdeu a mão, ainda bem que parou na hora certa pra não perder o cargo de padrinho. Aliás, amo muito que critique tanto o casamento, mas não abra mão de ser padrinho e até ameace a amizade se Warren ganhar o cargo... E considerando que Warren é BFF de Will, já posso até prever a guerra desses dois pra ver quem vai ser o padrinho. E mal posso esperar por esse plot, bom ver que deixou gancho pra Luke também!

Sempre me impressiono como as coisas em Time são sempre tão bem explicadinhas. Reclamei no comment anterior que senti falta de ver Becky atazanando Ryan na viagem e nesse explicou que Becky pouco se importa com ele por não ter sido considerada amiga e/ou guru amorosa dele... Curti muito quando Lucy botou lenha na fogueira e Becky ficou feliz por ser acolhida por Ryan do jeito torto dele, LOOOL. Muito bom ver essa relação sendo retomada, porque é mais uma dinâmica deliciosa entre os personagens. Fora isso, Becky não fez muita coisa, mas continua sendo uma linda e já espero por mais do relacionamento dela com Warren na próxima temporada. E claro, pelas suas intromissões na vida amorosa de Ryan.

Quando Paul começou a falar pra Courtney que não conseguiria mais vê-la da mesma forma, logo vi que ele estava mentindo pra afastá-la. Já acho um absurdo ele ter deixado a situação com a diabetes chegar no ponto que chegou, mas mentir pra Court magoando-a daquela forma só para “protegê-la” foi o cúmulo. Entendo que ele esteja assustado, afinal até chorou sangue, mas me deu uma peninha da Court. Por outro lado, foi ela quem provocou o afastamento inicial do casal por estar com medo de lidar com a situação, então tenho esperanças de que ela vá entender a atitude de Paul, até porque o ama e agora até já queria casar. Minha única preocupação era Chad, mas com Victoria a levando para curar depressão com compras e com Marj para fazer companhia a ela nesse momento difícil, fico um pouco mais aliviado. Espero sinceramente que Allstar continue se mostrando esse fofo que tem sido e coloque juízo na cabeça de Paul para ser honesto com Court e se desculpar. Claro que antes de se acertarem, pode ser que Court até tente seguir em frente e não poderei julgá-la, mas Putiney são endgame e não me preocupo! Cool E, pfv, Paul nem vai morrer, Aaron teve cérebro comido por urubu e está aí vivinho para contar história... Antes de finalizar, destaco que gostei muito de ver a forma como Court levou a discussão, mostrou um grande amadurecimento da personagem, o que só me deixou mais triste pelo que Paul fez! Sad

Realmente, não sei se temporada acabou mesmo nesse episódio, porque só acredito quando eu vir uma promo com as palavras “Terceira Temporada” nele. De qualquer forma, estou ansioso para ver como o acerto dos ponteiros será feito e como ficará a dinâmica da série agora que Lucy bateu o pé e decidiu exercer seu direito de usar e abusar do vórtex temporal... Prevejo muito atemperossanilidade e mal posso esperar por mais confusões desses personagens deliciosos. Que venha uma temporada com ainda mais pontos altos e pontos mais altos ainda dessa delícia! Smile

P.S.: Amei narração, porque me enganou no início com Aaron e depois ela coube perfeitamente para situação com Lucy e me deixou alucinado para saber o que virá daí.

OFF TOPIC: Vamos agilizar o processo seletivo, galera! Wink 

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum