Episódio #3.04 - No Sleep Tonight

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #3.04 - No Sleep Tonight

Mensagem  Leo Oliveira em Sab Out 26, 2013 4:58 pm

Aaron (Chord Overstreet) decide aproveitar a dificuldade para dormir a seu favor, se tornando um forte competidor na 1ª maratona sem sono de Crestview, para o desgosto de Will (guest Cody Longo). Lucy (Joanna Garcia) se preocupa com a ausência de Thomas (guest Ken Luckey), sem saber que as razões dele são mais graves do que imagina. Marjorie (Allison Mack) culpa Ben (Matt Long), Ryan (Sean Faris) e Courtney (Samaire Armstrong) pelo seu fracasso amoroso com Sarah (guest Jessica Stroup). Becky (Amber Stevens) especula se chegou a hora de dar um passo arriscado em sua relação com Warren (guest Jake McDorman). A inconveniência de Paul (Tuc Watkins) obriga Luke (Travis Caldwell) e Jill (guest Ashley Benson) a oficializarem sua relação.
Também participa David James Elliott.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #3.04 - No Sleep Tonight

Mensagem  Harbor em Qui Nov 14, 2013 9:25 pm

Gente, que cliffhanger mais sem vergonha! Claro que tudo não passa de uma confusão mental/alucinação de Aaron causada pela falta de sono como narração de Ben bem ressaltou no início do episódio. Porque, vou te falar, se for mesmo verdade, vai ser o cúmulo Ben fazer isso depois daquela cena fofa com Ryan em que admite que tá flertando inofensivamente com Aaron... Vou odiá-lo muito e acho que nem temporada em comunidade senocionista de avó de Julie pode salvar seu protagonista de meu ódio eterno!
Desabafo feito (mas falarei mais disso novamente! Cool), preciso dizer que amo como em apenas 4 episódios tanta coisa já aconteceu, inclusive nesse episódio no qual tivemos mais um evento bizarro e delicioso de Crestview. Juro que pensei que ia ser um filler de início de temporada, mas, no meio de tanta loucura, continua desenvolvendo muitas histórias. É isso aí, rapaz, mas chega de divagar, vamos logo falar dos personagens.

Ben está mesmo completamente envolvido com Ryan e é por isso que me recuso a acreditar que beijo em Aaron é real. Ryan é seu melhor amigo há mais de 15 anos, os dois têm uma relação de amizade toda consolidada e resolveram arriscar tudo para darem vazão aos seus sentimentos mais profundos... Me parece incongruente que Ben resolva cagar tudo beijando Aaron, até porque ceninha dos dois me pareceu no Alco-Hole um flerte realmente inofensível. Além disso, Ben finalmente está se abrindo e deixando Ryan participar bastante de todos os aspectos de sua vida, coisa que nem sonhávamos quando namorava Aaron. Ou seja, a menos que tenha tido surto psicótico por estar numa relação tão séria e positiva com alguém, nada mais justifica o beijo do final. E que fique claro, por mais que surto psicótico justifique, isso não significa que não vou odiar Ben pela atitude! Wink
Agora que realmente desabafei tudo, preciso dizer que estou gostando muito desse Ben mais disposto a ser honesto com os outros. Não é só com Ryan (os dois estão cada dia mais fofos, não ouse separá-los, maldito!), mas com Aaron também... Depois de toda a confusão que Ben fez para apagar o passado do dois e fingir que o odiava, é bom ver que estão de boa, flertando inofensivamente e cada um seguindo sua vida! Laughing

Próxima da lista é Lucy e é incrível como ela também está mais madura... Depois de surtar completamente com possibilidade de terminar com Thomas, foi bom ver o motivo que pode separá-los finalmente dar as caras e vê-la lidando tão bem. Claro que ambos ainda podem surtar consideravelmente e levar a relação a um ponto em que o rompimento seja inevitável. No entanto, ainda acredito mais no casal do que em profecias e esse episódio só provou isso. Muito bom ver a essência da loucura de Lucy sendo mantida com ela preocupada por não conseguir encontrar Tom e depois com ela dando todo o apoio necessário ao rapaz.
Aliás, amei resolução do plot de paternidade de Jimmy... Tudo estava caminhando para esse desfecho, mas foi bom ver a história completa e ainda me surpreendo como todo mundo se deixou levar pela possibilidade de Garret ser o pai de Jimmy. Se Thomas já sofreu horrores com Jebediah pela diferença de idade, imagina Garret? No mais, acho que todo mundo tem sua parcela de culpa na história, talvez mais Jebediah e mãe de Jill que sabiam de tudo o tempo inteiro e permaneceram calados. De qualquer forma, por mais absurda que tenha sido a atitude de Jebediah, a verdade é que ver sua filha de 15 anos grávida de um cara de 22 (ainda mais na posição dele de delegado!) provavelmente o desestabilizou e fez com que tomasse essa medida absurda para mantê-lo afastado até Jill ter o filho e o enganarem com história da adoção. Agora que os pingos foram colocados nos is, é torcer para Jill não ser intransigente e deixar Thomas se aproximar de Jimmy para que assim o sequestro possa ser evitado.

Ryan não teve um destaque absoluto dessa vez, mas isso não importa porque ele sempre marca seu território quando aparece. <3
Bryan continuam ótimos, fofos, lindos e todos os adjetivos positivos existentes! :)Sério, tô adorando trajetória do casal, como estão aos poucos se abrindo mais e mais, sendo fofos, superando as picuinhas que surgem... E nem estou dizendo tudo isso só para fazer pressão para beijo Baaron ser fake como de fato é, mas digo porque estou vendo um amadurecimento em ambos como pessoas e acho que isso se deve também ao relacionamento. Além disso, acho a química dos dois tão boa que acho um desperdício querer separá-los, humpf. Única coisa que falta é Ryan ser honesto sobre o que viu na linha temporal em que viajou.
E claro, foi bom ver Ryan querer ser mais que “o enrustido que saiu do armário por causa de Benjamin Higgins”. Por mais que sejam ótimos como casal, é bom ver que os dois ainda possuem sua individualidade. E quer mais individualidade que Ryan que é esse ex-enrustido que fantasia com uma de suas amigas se atracando com uma de suas funcionárias?

Court teve um papel mais divertido no episódio e estava ótima toda engajada no evento da vez, o que já é de se esperar dela. “Acorda, Crestview” e disputa pelo prêmio honorário de melhor monitor foram bem entretenedores, me diverti com seu empenho em ganhar de Will. Mas é lógico que o grande destaque foi vê-la tomando a iniciativa de pedir cartões vermelhos a Paul. Depois de ignorá-lo e fugir dele no supermercado, foi um avanço e mostra que ela já não está mais tão chateada... Ou estava apenas apelando para tudo para vencer Will, LOOOL!

Por falar em Will, amei o surto dele com ciúmes de Aaron em flashback do início. Achei toda a sequência da conversa telefônica dos dois bem deliciosa (desciclopei horrores, mein!) e me fez torcer ainda mais pelo casal. Naturalidade de Will durante todo o diálogo tava priceless e iso só ressaltou que ele tem um lado ciumento (e até possessivo), o que ficou ainda mais claro com ele querendo proibir Aaron de participar da maratona. Sabe o que é irônico nisso tudo? Os dois vão casar, mas me parecem mais em perigo e desconectados que Bryan (porque beijo Baaron é fake, duh!).
No entanto, até é bom ver o casal tendo crises porque isso é natural e devem ter brigas mais sérias e que reforcem o sentimento antes de darem o grande passo. Embora ache a abordagem de Will exagerada, estou com ele em querer que Aaron se cuide... Maratona dos sem sono é algo divertido, mas não é como se ganhar fosse ajudar Aaron a superar a sequela. Fico aqui na torcida para que consigam encontrar um meio termo e resolvam suas desavenças.

Marj continua com suas inseguranças e é bom ver como ela acha que é só dar um pequeno passo que tudo vai se resolver... Depois de tanto repelir Sarah, é natural que nossa professora de ioga tenha um pé atrás. O melhor de Marj se sentir rejeitada foi vê-la de mau humor (divertidíssimo!) e dando o primeiro passo mais sério com selinho (se Ryan soubesse que só rolou isso, ficaria decepcionado). Gosto que casal está indo devagar, mas já fico na torcida para um encontro mais oficial no qual as coisas fiquem mais esclarecidas e engrenem mais um pouco.
Melhor parte desse plot, no entanto, foi ver Marj distribuir seu ódio para os amigos por causa do seu fracasso... Foi outra cena deliciosa de acompanhar e mais uma vez a interação entre o quinteto fantástico estava ótima, amo quando ficam se alfinetando assim. Very Happy 

Se relação de Luke com Jill já não era das mais promissoras, não vejo muito futuro agora que história dela com Thomas veio à tona. Quer dizer, até oficializaram namoro, mas acho que essa é uma situação delicada e que ainda vai gerar certa confusão, com Lucy e Luke no meio disso também. Por mais que Luke tenha desistido de terminar tudo com ela, ainda acho que ela não é o que ele procura exatamente agora. Além disso, por mais que ache divertido devassidão de Jill (como não amá-la alfinetando Aaron por não sentir nada vindo dele durante “quase sexo” deles? Ou ainda com seu orgulho por atentar ao pudor sempre que possível, LOOOL), acho que ela força um pouco a barra na devassidão... Quer dizer, Becky também tem seu lado devassa, mas age tão naturalmente que fica uma coisa mais fluída.
Fora isso, foi bom ver flashback de Luke manipulando futuro sogro para liberar pai de Aaron... Crisei muito com a cena, gente! Bom ver Laaron juntos nesses momentos de puro entretenimento.

Acho incrível como Becky segue justamente o caminho que eu espero e mesmo assim me surpreende com a forma como tudo acontece. Amei muito ela tendo surto com Aaron, o que sugere que briguinha por causa de Jill foi coisa de momento, ainda mais com Becky nervosa com Aaron brincando com sua saúde ao participar da maratona.
Relação com Warren continua deliciosa de acompanhar e amo que eles sejam tão parecidos em tantos aspectos. Agora que estão ficando mais sério, é bom vê-los deixando de lado alguns medos de lado para aproveitarem a relação "descompromissada" que estão tendo. Além disso, acho natural que Warren tente ficar mais perto dela e, consequentemente, de Marj e Will também.

Paul estava ON FIRE nesse episódio. Deixando um pouco seus problemas de saúde de lado, foi ótimo acompanhá-lo como monitor da maratona, até porque rendeu momento fofinho com Courtney... Pena que ele não aproveitou para contar logo a verdade. Pode até ser que ele queira ir devagar, mas Court provavelmente não vai perdoá-lo logo de cara, o que fará casal demorar mais para reatar e não é como se Paul pudesse esperar eternamente, huh?
Enquanto ele não resolve sua vida amorosa, AMO muito que se intrometa na do filho caçula... Como já disse, tenho lá minhas dúvidas com futuro de Juke, mas torço para que ainda durem um tempo e Paul continue fazendo suas intervenções para que os dois tenham um coito protegido não só pela questão de filhos, mas também pelas DSTs (com Jill, todo cuidado é pouco).

P.S.: A não ser que tenha expandido os limites da ficção científica da série e agora vá inserir shapeshifters na mitologia, não aceito que Ben tenha mesmo beijado Aaron! Razz

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #3.04 - No Sleep Tonight

Mensagem  Camila Morais em Sab Dez 07, 2013 8:57 pm

DENÚNCIA: Leo tem copiado plots da minha life para Time, eu estava passando pelo mesmo problema que boca, não conseguia dormi e tava entrando em estado de zumbi depois de um break up, até que voltamos e sono voltou junto hahahaha. Plagio a parte, quando Ben, que na hora cheguei a pensar que seria ele mesmo, beijou Aaron fiquei com um pequeno odio de Leo, gosto tanto de Bryan que tudo que ameaça o casal me causa uma pequena ira.

Depois de terminar o episodio pensei mesmo que Aaron estivesse alucinando, mas ai lendo os próximos, minha opinião mudou um pouco a respeito, mas vou deixar pra comentar depois.

Amei a maratona sem sono Sleep , me lembrou muito o episodio de Gilmore Girls com a maratona de dança, é um dos meus prediletos até então da série.  Fiquei feliz pelo esclarecimento da historia do Thomas,achei que iria demorar pra revelação. Confesso que fui pega de surpresa, não imaginava que na verdade foi por culpa do pai de Jill que ele não assumiu a paternidade. Estava com medo que no final das contas Thomas fosse um grande canalha, menina Lucy tá tão apaixonada que não merece algo assim.

Estou naquela de shippar muito Sarah e Marjore, mas de não ligar muito pra Becky e Warren. Tomei um pouco de raiva de Warren quando ele foi apresentado como o irmão “aproveitador” da Marjore e fico com a sensação que Becky não combina muito com ele. Estou começando a ficar com dó de Paul pela quantidade de cenas constrangedoras que ele pega os filhos, não escapa uma oportinidade.

Desta vez o coment foi curtinho Sad, mas como sempre de coração... prometo não demorar com os proximos.

Camila Morais

Mensagens : 5
Data de inscrição : 22/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #3.04 - No Sleep Tonight

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum