Episódio #3.15 - I Can See Clearly Now

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #3.15 - I Can See Clearly Now

Mensagem  Leo Oliveira em Qui Abr 02, 2015 10:45 pm

Paul (Tuc Watkins) tenta manter a tranquilidade ao lidar com a perda de sua visão, enquanto Luke (Travis Caldwell) reage agressivamente e Ben (Matt Long) percebe que não levou a situação tão a sério quanto deveria. Ryan (Sean Faris) se compromete com Marjorie (Allison Mack) e Lucy (Joanna Garcia) a compartilhar o que vinha escondendo de Aaron (Chord Overstreet), enquanto este tem uma conversa difícil com Heath (guest Mark Sheppard), seu sogro e futuro oficializador de casamento. Courtney (Samaire Armstrong) se desentende com algumas enfermeiras e tira uma dúvida sobre o status de relacionamento de Paul.
Também participam Sarah Desjardins, Shane Harper, Meredith Salenger, Alexander Skarsgård e Sabrina Lloyd.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #3.15 - I Can See Clearly Now

Mensagem  Harbor em Sab Jul 11, 2015 11:28 pm

Com o fim da temporada próximo (para mim, claro!), eis que as pontas soltas começam a ser amarradas e o terreno para o bombástico finale (apenas ouvi dizer, mas imagino que seja mesmo) começa a ser preparado.

E a primeira parte é afastar Paul do casamento de Aaron e Will para bater direitinho com o que Lucy viu no futuro. Ver o roteiro sendo amarradinho é bom, mas o interessante mesmo é ver a proporção que o plot do diabetes tomou... Tivemos piadinhas por conta da restrição alimentar de Paul ao longo do caminho e até alguns bons dramas, mas é notório que há também uma mensagem social sendo passada e um alerta sobre os perigos dessa doença foram feitos ao público (plot de alerta social, quem diria?). Além disso, é interessante também notar como a descoberta da doença de certa forma impediu Paul de se reaproximar de Court, mas agora que chegou a um estágio delicado, pode acabar reaproximando-os. Putiney vai voltar, bitches! <3333
Mas, mais que tudo isso, acho que o mais interessante foi ver a evolução e amadurecimento de Paul. Mesmo sendo o mais velho e vivido do elenco, muitas vezes ele parece o mais infantil (o que é ótimo por muitas vezes ser o alívio cômico) ou mais maluco (em 3 níveis distintos, pfvr!), por isso é bom vê-lo finalmente reconhecendo a importância da doença e como ela pode ser prejudicial ao ponto de ir para um programa para auxiliá-lo na adaptação da rotina que precisa levar. Realmente em outros casos pareceria um exagero, mas por termos acompanhado essa saga, vemos que isso é mais que necessário.
Flashbacks com Allison foram muito bons também... Os dois formam um casal muito divertofo e foi bom ver não só como eles se conheceram como também o tamanho do amor deles pelos filhos antes mesmo do nascimento.

Mais uma vez vimos Luke se culpando pela morte da mãe e é interessante ver como ele se responsabiliza pelo pai. Claro que ele faz isso por preocupação e por querer o pai vivo por muito tempo, mas enxergo também uma forma de ele tentar recompensar por achar que matou a mãe, então faz de tudo para que não mate o pai por negligência. Espero que ele algum dia entenda e aceite que não teve responsabilidade na morte da mãe, então quem sabe o papo com Ben sobre as tentativas dele de mudar esse destino surtem algum efeito nisso. Enquanto isso, é um deleite assistir os dois irmãos percebendo que, apesar dos problemas particulares de cada um, devem se unir pelo pai. E muito bonitinho Ben declarando amor pelo irmão.

Enquanto Luke tava preocupado com sua família de mentira, Ben também se preocupou em formar a sua (#LoveWins) e deixou os cuidados com o pai de lado. Aparentemente poderá bastante com Henry e senti uma vibe de “posso até te explicar o que é fotocoagulação, mas vamos precisar ter uma aula de anatomia completa” dele com Ben, mas Ryan já fez questão de marcar território e espero que tenha sido um momento apenas para descontrair o clima e não um momento em que vemos um potencial homewrecker sendo apresentado. De qualquer forma, o que importa é que Ben começou a tentar corrigir sua negligência ao elogiar/agradecer o irmão pelos cuidados que ele teve com Paul e ainda ajudou a confortá-lo nesse momento difícil. E, se não tá tão ciente dos perigos que o pai pode ter com a visão, pelo menos tá tentando ajudar o pai a ter o coração aquecido com amor de Court. <3

Para encerrar a parte do episódios mais relacionado ao problema de Paul, temos ainda que falar de Court... Como eu mencionei no anterior, com Ben acenando para Court a possibilidade de Paul ainda amá-la e de Ben sentir falta dela como madrasta, acho meio caminho andado para Putiney voltar ao jogo. Agora com toda essa crise de saúde de Paul, Court pôde finalmente ver o quanto ama esse velhaco que só estava curtindo sem grilos e expectativas com a mãe de seu melhor amigo. É óbvio que Chad melhorou um pouco e for importante para Court depois de Paul ter magoado, mas a coisa mais madura e sincera a se fazer aqui é simplesmente aceitar que esse romance não vai dar certo enquanto ela ainda estiver tão envolvida emocionalmente com Paul. Pode até ser que ela esteja correndo o risco de se magoar novamente com Paul, mas a verdade é que ambos mudaram um bocado e passaram por várias coisas desde o término, então estou confiante de que podem se acertar agora. Além disso, se amam e o amor vence tudo, né? <33333

Depois de ficar sumida no anterior, Marj finalmente deu as caras e confrontou Ryan sobre sua descoberta. E foi só isso, né gente? Laughing
Quem também não fez muito foi Lucy que ajudou um pouco na confabulação sobre o que realmente aconteceu e não ajudou muito a chegar em lugar nenhum. Mas para Lucy o ideal é mergulhar mais uma vez nos problemas envolvendo seus amigos para não precisar cuidar dos seus próprios problemas. E contrariando minhas expectativas, Lucy não esperneou com Ryan por ele ter falado mais do que devia! :’(

Gente, Ryan já sabia que atropelou Aaron e só se aproximou dele por culpa, PIUI! Achei resolução do plot tão fuém fuém... Tipo, Ryan revela que atropelou Aaron e isso descaralhou tudo e Aaron fica lá todo deboísta dizendo “tranquilo, a gente continua parça. amanhã nois treina junto. vlw flw”. Mas sério, gente, achei as coisas meio inconclusivas e como casamento já é no próximo, imagino que muitas águas ainda rolarão sobre o assunto, principalmente porque Ben também lembra de ter atropelado Aaron e sofrido horrores com a quase morte dele, então creio que o quebra-cabeça ainda não tenha sido resolvido. De qualquer forma, foi bom ver Ryan finalmente sendo honesto com Aaron agora que suas suspeitas confirmaram e que de certa forma eles ficaram amigos.

Como viu, hoje caguei para ordem de abertura, então encerro com Aaron... Eu que sou um pobre otimista iludido de carteirinha vejo que todo esse otimismo de Aaron não vai dar em nada, gente! Sim, ele pode até ter aceitado bem (demais até!) a revelação de que foi Ryan quem o matou e aparentemente Ben corrigiu tudo, mas é óbvio que isso vai dar confusão. Mas o que mais me preocupa é o fato dele ter finalmente resolvido recusar proposta de Ben alternativo e acreditar que isso milagrosamente resolverá os problemas e que Ben alternativo finalmente sumirá do mapa. É óbvio que não vai e até por isso estou muito cuiroso para ver toda essa confusão se desenrolar no casório dele! Rolling Eyes

P.S.: Como assim Grey's Anatomy não reflete a realidade e não rolam orgias em hospital? Shocked

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum