#1.02 - "Here Comes The Bride"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

#1.02 - "Here Comes The Bride"

Mensagem  Victor Poroca em Qua Out 27, 2010 7:31 pm

Jane (Odette Yustman) trata uma recém-casada (guest Erin Foster) que vive o pior dia de sua vida e se rebela contra as brincadeiras de Mia (Alice Eve) e Carter (Ashley Parker Angel) sobre a paixão platônica de Damon (Julian Morris). Mia trata de uma mulher viciada em dietas e sites de diagnóstico instantâneo (guest Judith Hoag).
Kari Matchett também participa.

Trilha Sonora:
"Well, Well, Well" – Duffy
"Be OK" - Ingrid Michaelson
"Kiss With A Fist" – Florence + the Machine
"Back Down South" – Kings of Leon
"Heart Is Hard To Find" – Jimmy Eat World
"Strip Me" – Natasha Bedingfield
avatar
Victor Poroca

Mensagens : 13
Data de inscrição : 16/10/2010
Idade : 23
Localização : Recife - PE

Ver perfil do usuário http://www.seriadores.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #1.02 - "Here Comes The Bride"

Mensagem  Junior Avila em Sex Out 29, 2010 11:49 pm

Achei esse episódio bem mais desenvolvido que o piloto Smile
Bem melhor ser mais focado no drama dos médicos, intercalando algumas cenas da profissão sem tantos termos técnicos e não nos deixando perdidos. \o.

A noiva maluca chegou no hospital pra abalar, huh?
Compreendo que era o pior dia da vida dela, mas né Huahuahua Acho engraçado que cada um reaja diferente diante as coisas que acontecem, né? No caso da Quinn, ela liberou toda a raiva que estava sentindo por todo o hospital. Mas no fim, acabou fazendo um gesto de solidariedade gigantesco que é uma decisão beeeeem difícil, ainda mais na circunstância que ela estava.

A Mia bancando o House foi digno, hein? Huahuahua
O ponto positivo é que ela tem coração e tratava a paciência com a devida importância.
Na hora que a Cheryl entrava em chilique, já achei que era a vibe Quinn andando pelo hospital. *rs #QuinnFeelings

Posso estar redondamente enganado, mas o Carter tem uma grande queda pela Mia. E logo ela, que se acha tanto ainda não percebeu? *rs Everybody wants Jane pra ela, né? XD Acho que ver o que vai acontecer pode desencadear muitas coisas interessantes. Incluindo a busca estressante para arrumar uma pessoa pra dividir a casa. *rs

E Lupus? A Jane vai ser tipo uma Lady Gaga? XD
Brincadeiras a parte, tenso, hein?

Frases que merecem destaque:

JANE: (gritando) Eu tenho que aguentar você transando com metade do hospital e o Carter usando histórias de guerra ridículas só pra conquistar mulheres no bar sem soltar um pio sequer de reprovação!

MIA: Eu tive que imitar um daqueles doutores de House e praticamente vomitei medicina... (suspirando) Eu queria que a minha vida fosse igual a um episódio de Grey’s Anatomy para que eu pudesse ficar presa o dia inteiro no quarto dos plantonistas transando com um médico bonito.

MIA: Claro que você não é, querida... Você só precisa de sexo!

CARTER: E depois você perguntar o motivo de todos acharem que você é a vadia do hospital, Mia.


Junior Avila

Mensagens : 4
Data de inscrição : 16/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #1.02 - "Here Comes The Bride"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Seg Nov 01, 2010 4:44 pm

Okay, tive alguns problemas básicos com esse episódio de DNH e vou te contar logo de cara para que possa evoluir e melhorar cada vez mais. São eles: falta de personalidade, "show, don't tell", drama e revisão.

Falta de personalidade é um problema que te assola desde OCU e, para sua sorte, como tem bem menos personagens aqui, a chance de desenvolver personalidade para eles é bem maior. Veja bem: você decidiu que Mia vai ser uma loira burra? Ok, não é um adjetivo que eu gostaria de conferir para um dos meus quatro personagens, mas, uma vez decidido, insista nisso. Não a faça saber coisas sobre as Grandes Navegações porque norte-americanos em geral não ligam a mínima para as Grandes Navegações, já que não foram descobertos por espanhóis ou portugueses. E, se norte-americanos em geral não sabem, que dirá uma loira burra? Mais uma: Tulp deveria ser uma nazista vilã que é muito "malvada" com seus internos. Ok, eu posso compreender isso... Então não a faça agradecer paramédicos por trazerem pacientes para o hospital, já que estão basicamente cumprindo sua função. Agradecer paramédicos é o tipo de atitude que eu esperaria de um novato no hospital (por exemplo, Jane), não de alguém que está lá recebendo paramédicos every. single. day.

A seguir, temos o "show, don't tell". Lendo esse episódio de DNH, tive a impressão de estar vendo um episódio de "In Treatment", em que os personagens simplesmente citam fatos aleatórios que não foram mostrados antes e que convenientemente calham de cair bem na história. Meio como a temporada inexistente de "Love Or Friendship", mas elevated. Percebeu que no piloto não vimos nenhuma cirurgia? Os médicos simplesmente entravam na sala, dava um corte bizarro e logo depois eles simplesmente comentavam entre si o que aconteceu? Pois é, essa situação ficou pior nesse episódio, veja só... Damon e Jane saíram em seu primeiro "encontro"? Seria ótimo para desenvolver uma possível torcida para o casal se pudéssemos vir isso, não acha? Mia é uma vadia que dorme com todo mundo? Por que não vimos isso no piloto? Carter é um experiente militar que já foi para a guerra? Não imaginaria isso de forma alguma pelo que foi mostrado sobre ele até agora, ainda mais sendo interpretado por Ashley Parker Angel! Jane, até então invulnerável, mostra uma súbita sensibilidade ao contar que o pai morreu. Esse é o tipo de informação que você tem que revelar logo de cara, mesmo que de forma sutil. Fizesse Carter olhar suas dog tags no vestiário... Ou Mia acordar ao lado de outro médico no quarto no início do piloto, ou Jane observar uma foto sua de criança ao lado de um casal feliz. Talvez a foto fosse um cliffhanger sutil, mas muito mais curioso que a maquiagem para esconder doença. Até porque... Lúpus, né? Enough said.

No quesito drama, vou ser extremamente paradoxal, então se prepare... Achei que o episódio pecou pelo excesso de drama e também pela falta de drama! Tudo bem, é uma série de drama, eu entendo que precise de cenas dramáticas, mas em alguns momentos - como os diálogos de Jane e Quinn - foram forçados e piegas em um nível totalmente novo e nunca antes visto. Em outros momentos, o drama que deveria existir simplesmente inexiste. O marido de Quinn morreu... Por que eu deveria me importar, se até o momento da morte não tive nenhum relance dos motivos pelo qual Quinn se apaixonou por ele, ou porque era importante que ele vivesse. Do jeito que aconteceu, ele morreu, e tudo que pude pensar foi: "ok, pessoas morrem em hospitais sempre, so what?". Outro drama que poderia ter gerado foi com a doação do fígado do marido para o assassino. Quinn pensou por meio segundo antes de concordar... Deveria, no mínimo, ter gerado uma crise ética a la "Private Practice" nos médicos e na Quinn sobre a doação. É só se colocar no lugar da pessoa. Se alguém matasse uma pessoa que você ama, você aceitaria doar os órgãos para ela, sem nem pestanejar? Eu não faria, provavelmente mesmo pestanejando.

Por fim, revisão. É o questito mais fácil de todos. Acabou de escrever, leia. Tudo bem, o episódio foi apressado ao máximo (e nem vou entrar no mérito dessa discussão porque já sabe bem o que penso de seus atrasos), mas nada justifica que frases como "Você está para salvar a vida de um homem" sejam exibidas. Ou que erros bizarros como "quê"s acentuados sem motivo algum passem por aí. São coisas que desanimam qualquer leitor, mesmo que seja o melhor roteiro do mundo. Então, mais cuidado com isso!

Tirando tudo isso, o episódio teve sim alguns bons momentos. O plot da hipocondria foi relativamente suportável - até a revelação trashicômica sobre escorbuto -, e Jane teve uma boa tirada no fim que fez tudo quase valer a pena. A saber:


FRASES:
MIA: O que você acha de irmos a algum bar?
JANE: Não, vocês vão conseguir alguém para transar em menos de meia-hora e eu vou ficar enchendo a cara pelo resto da noite. Esperem... (pausa) Isso soa perfeito! Vamos fazer isso!
(Viu? Se Jane fosse engraçadinha assim sempre, até perdoaria a falta de personalidade!)
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: #1.02 - "Here Comes The Bride"

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum