Comentários dos episódios

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

7.01!

Mensagem  Harbor em Sex Nov 30, 2012 10:34 pm

E não é que seu bebê cresceu mesmo? Acompanhar os 3 últimos episódios da sexta temporada, que na época eram os realmente inéditos pra mim, foi uma experiência prazerosa, mas preciso confessar que esse início de temporada foi ainda melhor... Não sei, talvez sejam as fotinhas novas (menos Layke cabeçudo!) que acabaram me animando ou talvez a nova estrutura que começa a ser desenhada. Realmente não sei, só sei que Stunt me deu tanta alegria que serei obrigado a ser um pouco controverso e bipolar aqui. Sei que fiz a maior defesa para termos uma segunda temporada de Family Dinner, mas a verdade é que, se o tempo que gastaria para escrever FD, for gasto para termos mais Stunt produzido, sinceramente não vou ficar triste se decidir cancelar FD. Até porque foi a série que terminou mais redondinha e nem promo de segunda temporada teve, já NSA e TATS deixaram algumas coisas em aberto e possuem mais possibilidades para explorar. Além disso, pode fazer a jogadinha de AHS que Léo falou e fazer segunda temporada de FD dentro de Stunt, série já aproveita universo e/ou vibe de 3F, Carrie, BTS e UNT mesmo, o que é mais uma pra somar na lista? Smile

O bom é que, depois de tantos anos, Nick e Sarah estão realmente casados e vê-los vivendo esse momento é um deleite para quem acompanhou a trajetória dos dois durante esse tempo todo. Sei que sempre há uma possibilidade dos casamentos de Stunt desandarem porque o histórico não é muito positivo, mas sinceramente espero que consiga mantê-los juntos e divertofos com crises leves e descontraídas apenas para não ficarem na mesmice, mas nada muito sério para nos deixar com o coração na mão! Laughing
E amo que episódio já começa ótimo com Sarah querendo guardar o buquê como souvenir, crisei muito! Como se não bastasse, ainda tivemos retorno de Jack e Sarah muito ótima menosprezando forma física atual do moço. Mas também, com Nick sensualizando na foto do “comente”, Sarah tem mesmo mais que se gabar da ótima troca que fez! E ver Sarah menosprezando Jack foi bom, mas nada se compara com a rixa que tem com Jake... Amo que o presente dele tenha feito ela meio que calar a boca e admitir que Jake é mesmo um fofo. Só que no fundo a gente sabe que ele não deu o apartamento por causa da amizade com Nick e sim pra agradecer o melhor beijo que já teve até hoje! Wink Por falar em Nick, agora vai assumir de vez a responsabilidade por Jenny e até poderia ficar preocupado disso trazer problemas para o casamento dele, mas Sarah tão fofa que sei que está mais do que feliz em ajudar marido nessa. E também, Jenny vai passar maior parte do tempo na faculdade, nem vai atrapalhar muito casal!
Gostei muito também da presença de irmãos de Sarah... Inclusive, achei a justificativa pra ausência deles bem boa, mas nem dá pra negar que foi Megan quem roubou todas as cenas querendo ficar com todos os homens e esbarrando em todos os gays da série, LOOOOL! Se tivesse entrado mais cedo, poderia conhecer Chase antes de Mel e assediar o pobre!

Jake deu o melhor presente pros recém-casados e continua desfilando com padre... Sinceramente, acho que Cheyenne é cheio de charme (tudumpá!), mas nem chega aos pés do carisma mágico (tudumpá!2) de Trevor. Fato é que “mentira” de Ben para despistar Sebastian me abalou um pouco e me fez querer Jen (ou é Bake?) juntos novamente e, se Trevor está mesmo saindo de cena, fico ainda mais tentado a torcer por retorno desse icônico casal. Porque, na verdade, Sebake foram os únicos que não tiveram momento fofurinha, até Tren com seu “término” me fez torcer mais, então acho que talvez fosse interessante investir novamente nesse casal! Rolling Eyes

Melanie discutindo com Kate sobre sua seca sexual e a possibilidade de ter uma noite puramente sexual com Chase já foi ótimo, principalmente porque Kate realmente me surpreendeu com seus conselhos... Daí quando achei que história já tinha cumprido um papel entretenedor, eis que Mel realmente partiu pro ataque e não poderia ter sido melhor. Chase excelente com nojinho das esfihas de berinjela gratinada (o que é compreensível, são horríveis pras papilas olfativas!), mas se superou com animação ao descobrir que Mel estava realizando o sonho dele em ser assediado, LOOOOL. Não sei aonde que isso é assédio e talvez isso que torne tudo ainda melhor. Como não é muito fã de onenightstandar, acho que Chase pode ter futuro na série e não me importaria de vê-lo sendo assediado por Mel mais vezes, mas também não me importo se ela for visitar o irmão na comunidade hippie e assediar o prometido da cunhada! Smile

E é deles que falo agora... Scotchel é um casal pelo qual eu tinha perdido todas as esperanças no decorrer da sexta temporada e até tava torcendo um pouco para nos livrarmos deles na sétima para respirar novos ares, mas eis que inventou cerimônia de desvinculação dos dois e casal nos inundou com seu sentimentalismo barato que toda minha raiva foi embora... Aí, agora que estão juntos, decidiram tirar licença para passar tempo na comunidade e isso muito me anima porque, por mais que ainda tenhamos a habitual passagem de tempo de 3 meses, creio que eles ficarão na comunidade um bom tempo. Não sei exatamente quanto tempo pretende mantê-los por lá, mas a ideia de ver as loucuras desses hippies com Scotchel no meio disso tudo muito me anima (e talvez meu lado órfão de UNT ajude bastante com isso!). E aí é que eu vejo o quanto Léo está certo em dizer que você está sempre tentando renovar a série, porque em apenas 3 episódios, ressuscitou todo meu amor por um casal e me deixou incrivelmente animado para acompanhar as novas histórias deles.

Gente, e esse chilique de Trevor? Ele e Ben são sim uns fofos, mas não lembrava que já estavam nesse amor todo, que mania desse povo querer casar em menos de um ano... É só ver o que aconteceu com Carrie e Noah, Scott e Rachel, Terry e Juju... Sério, as pessoas precisam ter mais certeza dos seus sentimentos antes de se comprometerem assim, veja Nickarah que percorreram um longo caminho antes de finalmente juntarem os trapinhos. Por tudo isso e também por ter reacendido a chama de Bake em meu coração novamente, nem posso dizer que fiquei muito triste com despedida de Trevor indo embora com toda a sua magia... Só me preocupa o que será da relação de Ben com Amy. Aliás, pode até ser que Ben consiga reverter esse chilique de Trevor e eles se acertem, mas não sei quero! Neutral

Pedido de casamento de Damon pra Carrie seguiu exatamente o rumo que eu esperava, com ela negando por não querer repetir experiência que teve com Noah. Só que desenvolvimento disso foi bem divertofo com direito a desculpa completamente original e recusa de Carrie na frente de todo mundo, LOL.
E desciclopei fato de Damon ter feito pedido de casamento em um casamento, isso sim que é original! Não gosto nem de imaginar o que Damon teria aprontado se Carrie tivesse pego o buquê. Mas fico feliz que casal tenha tido um desentendimento rápido e contornável e que já estejam esbanjando fofura. E espero que, mesmo sem casamento, Damon tenha percebido que pertence à Carrie e tem que ficar onde ela estiver! Cool

Terry e Candice continuam sendo uma ótima dupla dinâmica e cena de Terry e seu trauma adormecido foi um grande exemplo disso. Ao que tudo indica, esses dois vão dividir algum lugar... Não sei se será só os dois ou se mais gente estará envolvida, mas espero que continuem mesmo juntos porque me divertem bastante com suas cenas. E nem preciso dizer que achei o fim Monica e Terry acharem que já podem morar juntos. Isso é praticamente casar, gente! E todos sabem que apressar as coisas com Juju não foi a melhor das coisas... Mas enfim, casal continua fofo e, por um momento, fiquei tentado a torcer pra que morassem os três juntos (Monica, Terry e Juju), ia ser um desbundão!
Mas como nem tudo são flores, Candice continua amoadinha com história de câncer... Bom, tudo tá levando a crer que o câncer está de volta, mas acho que vai sambar lindamente em minha cara revelando que envelope misterioso de Candice era outra coisa, mas aí temos Ian que não parece muito feliz com atitudes de Candice e acabo ficando com a impressão que ele sabe do que se trata o envelope e que é algo ruim... Realmente espero que não e você venha e sambe na minha cara com revelação de que proposta de estátua de Candice na praça da cidade onde ela morava foi recusada e por isso ela tá assim! Razz

Acho incrível como pais de Jenny voltaram na finale passada para serem completamente inúteis e nessa premiere recompensaram distribuindo issues (Byrne deve ter amado!)... Verdade é que até me empolguei com conselhos de Kate e lamentei por Donald corno, mas acabaram fazendo aquele fuzuê rídiculo com boletim de Jenny. Quer dizer, acho que, por pagarem faculdade da filha, até tinham direito de ficarem chateados... Só que é Crítica Musical e, no fim das contas, Jenny percebeu seu erro e aprendeu com o mesmo. O grande problema é que eles não são bons pais o suficiente para darem esse voto de confiança pra filha, simplesmente porque não a conhecem tão bem como conhecemos. Como eles são bem inúteis nesse aspecto, fico feliz que tenham deixado Jenny livre para ser feliz sob os cuidados do irmão e com faculdade totalmente paga. E sei que isso nem vai render muita coisa para ela ficar triste e dramatizando, porque agora tem Andrew para distribuir não só abraços consoladores como também beijos. Fico feliz que casal finalmente tenha se concretizado e já torço para que desenvolvimento dos dois continue com força total no decorrer da temporada e que Jenny não fique se engraçando com Friedrich, por mais interesses que ela tenha e por mais engraçante que Fried seja! Laughing
Além disso, Andrew muito fofo babblando sobre objetificação dos homens em casamentos, é impossível não amá-lo ainda mais!
E amo que, no fim das contas, cornice de Donald meio que o tenha aproximado mais de Kate... Aliás, Blanquilla deve ter uma inveja danada de Sarah pra ficar catando os homi dela, mas pareamento de Sofia com Jack muito providencial.

Antes de finalizar, vamos falar da nova estrutura agora: Sarah, Nick e Jenny estão no antigo apartamento de Jake. Apartamento de Sarah tem uma vaga agora que ela saiu e acho que Jake pode acabar indo pra lá, mas apartamento de Ben também deve estar com vaga disponível agora que Scott saiu de lá, então não sei. Scotchel estão na comunidade por sabe-se lá quanto tempo. E temos ainda Terry e Candice desabrigados. Fico aqui tentando arrumar quem vai morar com quem, mas ainda não consegui descobrir. Quero saber logo, buuu!
E preciso também mencionar a participação de Matt White. Lembro quando começamos a usá-lo e você me criticava por usar “Best Days” em praticamente todas as cenas, LOOOL. E agora fez dois episódios só com músicas dele, o que me faz crer que ficou ainda mais obcecado com ele que eu! Mas é bom que me fez o (re)descobrir... Aparentemente, tô nessa vibe nesse momento da minha vida. E Matt ainda participa de cenas constrangedoras, é um talento nato!
Por fim, devo dizer que achei um desbundão sumir com Marissa e Bradley na festa de casamento deles, LOOOOL.

Que venha a estonteante Tori Spelling! Very Happy

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.02 - "River Deep, Mile High Club"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Dom Dez 02, 2012 6:52 pm

Nicholas (Johnny Whitworth) e Sarah (Kristanna Loken) embarcam para Moscou, mas se surpreendem ao descobrir que Tori Spelling está no mesmo voo que eles. Enquanto isso, Rachel (Sarah Carter) e Scott (Mike Vogel) vão para a comunidade, mas sua recepção é ofuscada pela chegada de um filósofo hippie (guest Ryan Eggold). Jake (Rhett Fisher) e Melanie (Alison MacInnis) aprofundam sua amizade, e Jenny (Alexa Vega) descobre algo sobre Andrew (guest Chuck Hittinger) que altera a relação dos dois.
Também estrelam Patricia Ja Lee, Huntley Ritter, Layke Anderson, Autumn Reeser e Ryan Kwanten.
Também participam Ever Carradine, David Walton, Jessica Biel, Dean McDermott e Tori Spelling.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.03 - "Be Gentle With Him"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Seg Dez 10, 2012 7:24 pm

STUNT #7.03 - "Be Gentle With Him"
Scott (Mike Vogel) começa a levar o encontro com River (guest Ryan Eggold) muito a sério, despertando preocupações em Rachel (Sarah Carter), que tenta intervir. Enquanto isso, Jenny (Alexa Vega) precisa se justificar com Andrew (guest Chuck Hittinger), Ben (Huntley Ritter) tenta consertar sua situação com Trevor (special guest Channing Tatum), e Damon (Layke Anderson) pede ajuda a Carrie (Patricia Ja Lee) para se tornar uma pessoa mais popular.
Também estrelam Johnny Whitworth, Kristanna Loken, Rhett Fisher, Alison MacInnis, Autumn Reeser e Ryan Kwanten.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.02!

Mensagem  Harbor em Sab Dez 15, 2012 7:24 pm

É realmente notável e impressionante como consegue estar sempre mudando a cara de Stunt. Ao longo dos anos, novos personagens foram surgindo e cada um com suas particularidades foi somando à série. Agora, na sétima temporada, mesmo sem nenhum personagem fixo novo, a nova dinâmica que tem sido estabelecida entre os personagens tem refletido positivamente sobre a série e creio até que estamos diante da melhor temporada da série. E creio que isso seja natural também, afinal, como os vinhos, é bom que os seriados amadureçam e fiquem melhor com o tempo... E não saberia dizer se vinhos velhos são realmente bons como dizem por aí, minha experiência com os mesmos se limita apenas aos semestres de Turismo que fiz e bebia desses vagabundos que vendem nos barzinhos perto das faculdades, LOOOL!

Quando disse que aceitava e até esperava que Nickarah tivessem crises descontraídas no casamento, não achei que fosse ser tão rápido assim, LOL! Mas nada melhor que estreiar com Tori Spelling, né, gente? E tenho que confessar que Sarah descontrolada tava impagável e desciclopei cada uma de suas surtadas. Mas nem caí nessa lábia de que a Tori é do bem e achava o Noah um fofo e que ele vivia falando da Carrie, aposto que ela é do tipo de gente que vai pescando uma coisa aqui e ali e depois distorce tudo e usa a seu favor. E esse casamento com o Dean é pura fachada, posam de casal apaixonado, mas no fundo querem destruir casamentos alheios (e agora surtei mais que Sarah, LOOOL!). Mas atuações de Tori e Dean à parte, preciso dizer que foi muito divertido ver Sarah zoando chefe do marido sem o menor pudor e depois de conversa com Carrie, tentando mostrar seus dotes sexuais para Nick. Só que no caso de Carrie, Noah não conhecia nada, gente, no de Sarah, Nick tá cansado de saber como ela faz as coisas... Lógico que fantasia do avião podia ser interessante, mas acabou se tornando aquele tipo de situação constrangedora que a gente fica torcendo para acontecer e, claro, desciclopei horrores! Mesmo não tendo conseguido entrar pro clube, sei que Nickarah são fortes o suficente para superar Tori. Só é uma pena que não tenham conseguido, porque dizem por aí também que é bem melhor quando a coisa é apertadinha. Rolling Eyes
Só não curti muito Nick não se preocupar com Sarah presa no banheiro durante a turbulência, foi um desbundão, gente! Mas fora isso, peripécias de casados tão ótimas de acompanhar!

Não creio mesmo que vai se aproveitar da cronologia atrasada da série para fazer Jake desprezar papéis de sucesso como o de professora Schue, LOOOL. Confesso que simpatizo bastante com Debra e foi muito bom revê-la, precisa mesmo fazer Jake trabalhar para poder pagar suas contas de botox, gente! De qualquer forma, todas as piadas envolvendo direcionamento da carreira de Jake foram ótimas, até porque argumentos dados por ele não estavam tão errados ou absurdos assim. E amo que ele ache que a série vai flopar porque só tem gente feia e gorda, LOL. E preciso dizer que embora fique um pouco perdido com cronologia atrasada da série, possibilidades de piadas podem ser interessantes como as vistas nesse episódio... Já fico esperando o dia em que Debra vai oferecer papel pra ele em “Once Upon a Time” e o que ele dirá em sua recusa.

Mas como se retomar a carreira e transar com um padre não é o suficiente, Jake ainda encontra tempo para dividir apartamento com Melanie. E amo que ele seja feminino e loiro o suficiente para Mel achar que vai continuar morando com Sarah, LOOOL! Realmente se continuarem com a dinâmica ótima que estabeleceram desde a temporada passada, vai ser ótimos vê-los juntos. E como vão morar em um apartamento de 3 quartos, acho justo trocarem de apartamento com Ben, gente, que só tem 2 quartos e 3 pessoas morando!
E preciso dizer que é bom ver algo mais palatável sendo alvo dos personagens, só faltava depois das esfihas de berinjela gratinada, termos croissant integral de ricota em destaque, mas fico feliz que os risoles de frango tenham assumido o posto de vício gastronômico de um personagem. E como não amar Mel descontando sua culpa na comida porque transou com garçom?

Confesso que, até episódio passado, achava que Darrie moravam no mesmo apartamento que Melanie. Pois é, hiatus da série me deixou desmemoriado (mas isso não é surpresa alguma, só ver meus comentários de Skills!). De qualquer forma, Damon muito apagadinho e ainda reclamando que ninguém liga para ele, espero que não volte ao drama “não tenho amigos”, gente, precisa evoluir... Carrie, por outro lado, tem amigos, mas não consegue ajudá-los porque fica divagando sobre detalhes que não são relevantes na hora do conselho. É, ok, talvez Carrie também tenha sido apagadinha. Laughing Mas foi divertofa, isso não posso negar!

E é incrível como Scotchel realmente estão superando todas as minhas expectativas... Sinceramente não sei dizer se gostei mais do plot deles ou de Nickarah, mas foi páreo duro, e isso é ótimo porque mostra como eu estava enganado sobre casal. Chegada deles na comunidade não poderia ser melhor com Scott esperando que a inconstância pudesse ajudá-lo a ter uma festa de boas-vindas hippie melhor! Toda a insconstância ainda vai render coisas boas e o ciúme de Rachel está sendo bem trabalhado, mas espero que ela não se torne repetitiva e chata (aaaaamo Scott zoando-a!). Scott sedentário divertofo também e ainda sambou na cara de Rachel ao mostrar que, mesmo não tendo corpo definido de Christian, tem o necessário para ter nome mudado para Adonis e ser requisitado por River, LOOOL.
Aliás, River foi um desbunde à parte... O legal da comunidade hippie é que todos têm sua chance de brilhar e River definitivamente brilhou e roubou a cena para ele nesse episódio que única coisa que Summer podia fazer mesmo era beijar os pés dele! E tenho que te falar que crisei muito com discurso dele... Só fiquei na dúvida se comunidade de onde saiu é a dos Viajantes. Pelo que lembro, sábios de lá eram crianças (mas não é como se minha memória fosse das melhores, vide comentários de Skills). Embarassed

Candice, Terry e Ben morando juntos, PIUI! Mas faz todo sentido, na verdade... Porque Candice tem dinâmica ótima com ambos e Terry e Ben tem passado traumático (para Ben, claro!) e isso pode render coisas boas. Na verdade, já tá rendendo! Lógico que fico triste por ausência de Charlie, mas ver esses três nessa situação, que de temporária não tem nada, vai ser bem interessante e entretenedor! Candice muito ótima sendo mal educada e deixando a toalha molhada nos móveis e depois insinuando romance de Terry e Ben. E pobre Ben, nem consegue contato com Trevor... Depois não quer que eu fique churrascando o homem mais sexy do mundo (Dawson Leery muito mais, obviamente, como Puta do 23 nos mostrou!)...
E ainda preciso dizer que “cutucada” é a coisa mais ridícula do Facebook, gente! Tem um ser (gordo e feio!) que trabalhou comigo que me cutucou e até hoje não cutuquei de volta (nem irei!), mas FB maldito insiste em me notificar da cutucada e nem tem como excluir como jogos... Uma verdadeira barra! Sad

E que sinuca de bico essa de Jenny, hein? Amo que Stunt se renove tanto ao ponto de trazer o dilema de perder a virgindade com a pessoa certa e tal, mas com um cara. E esse cara não poderia ser mais apropriado, achei que casou perfeitamente com a personalidade de Andrew e só realmente o fez ser mais fofo... O engraçado é que cena foi bem descontraída e tava bem divertofa, mas dá pra entender o dilema de Jenny, que, embora goste dele, não gosta o suficiente para ser a responsável pela desvirginação do pobrezinho. Sinceramente, a impressão que passa é que Jenny entrou mais de cabeça nessa relação porque Andrew é um fofo e sempre tá lá pra ela, mas ela não parece gostar dele de verdade ou, sei lá, não está se permitindo gostar dele totalmente (talvez porque inconscientemente quer algo com Fried!). Enfim, não sei realmente o que passa na cabeça de Jenny, mas já torço loucamente para que ela tire o cabaço dele! Wink

P.S.: Que fofo fotos de “comente” personalizadas. Nada contra de Nick (pelo contrário!), mas bom saber que todos terão sua vez!

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.04 - "Russian Starlet"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Qui Dez 20, 2012 10:49 pm

STUNT #7.04 - "Russian Starlet"
Na Rússia, o filme de Nicholas (Johnny Whitworth) sofre uma perda inesperada que pode colocar toda a produção em risco, e Sarah (Kristanna Loken) é a única que pode salvar a viagem de todos. Enquanto isso, nos Estados Unidos, Jenny (Alexa Vega) tem problemas com a volta para Harvard, Jake (Rhett Fisher) confessa a Sebastian (special guest Cheyenne Jackson) que ainda não superou completamente seu passado, e Ben (Huntley Ritter) decide pedir conselhos matrimoniais para Carrie (Patricia Ja Lee), o que irrita Damon (Layke Anderson).
Também estrelam Sarah Carter, Alison MacInnis, Mike Vogel, Autumn Reeser e Ryan Kwanten.
Participações de David Walton, Haley Beauchamp e Frederick Weller.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.03!

Mensagem  Harbor em Qui Dez 27, 2012 4:27 pm

Você pode até não ser como Jane que faz aniversário junto com Jesus, mas aposto que também ganha combo de presentes pela proximidade das datas. Por isso, aviso que esse comentário é o seu presente de Natal atrasado e o de 7.04 que virá até o fim da semana vai ser o de aniversário atrasado. Assim, te dou 2 presentes diferentes (ainda que atrasados!) e não um combo! Laughing
E antes de começar a falar do episódio em si, preciso dizer que não sei se aprovo muito essa questão das fotos do “comente” seguirem a ordem de abertura. Não falei nada antes porque Nick e Sarah tinham sido merecedores de estarem lá, mas Jake nem foi tão destaque assim, embora tenha sido fofo. Além disso, Ryan e Alexa serão altamente prejudicados pela ordem, tendo aparecido apenas uma vez. A não ser, é claro, que faça 2 episódios extras na temporada para dar um jeito nessa situação. E do jeito que temporada está deliciosa e com sua ideia de atingir os 200 episódios na nona temporada, esses 2 episódios extras serão muito bem vindos! Smile

Nickarah contornaram a dificuldade de sexo no avião e a passagem de Tori Spelling pela vida deles e continuam mais fofos que nunca. Não me canso de dizer, mas é muito bom vê-los tendo esses momentos de fofura depois de tudo pelo que passaram. E nem só de de fofura e sensualidade vive esse casal, Sarah ainda encontrou tempo para colocar caraminholas na cabeça de Carrie durante sessão de fofocas intercontinentais... E nossa japa tarada ficou tão atarantada que nem fez piadinha sobre Nick de toalha, PIUI.
Nem posso reclamar que casal foi inútil nesse episódio, porque foram divertofos e depois do destaque dos 2 primeiros, precisam descansar um pouco e, pelo que andei vendo, destaque volta com tudo no próximo episódio. Será que sétima temporada será tão inovadora e fará casal protagonista ter destaque constante? Shocked

Como disse antes, Jake foi fofo e tal, mas não merecia tanto assim o “comente”. De qualquer forma, dinâmica com Mel continua uma preciosidade, ainda mais quando ela banca a folgada e o faz carregar suas 47 malas num prédio sem elevador. E gente, tá mesmo determinado a aproveitar cronologia atrasada da série pra fazer piadinhas pontuais com outras séries, huh? Só acho um absurdo que os 2 tenham ido morar em outro prédio, acho que seria muito melhor se todo o elenco morasse num mesmo prédio, assim meio que teríamos reedição de “The Building”. bounce
Amo que Mel continue obcecada com risoles de frango e já queira empurrar esfihas de berinjela gratinada para Jake só porque Rachel não quer mais. E como não amar Mel tentando pedir ajuda de Damon para testemunhar seu possível assassinato? Desciclopei horrores! Além disso, Mel ainda faz menção ao passado Power Rangeríco dos dois dizendo que ele é o irmão que ela nunca teve, embora tenha Scott. E confesso que só sei disso por sua culpa, então é mesmo o embaixador de PR no Brasil!
Depois de uma mudança dessas, já espero pela roda de divisão de tarefas nesse apartamento, aposto que Melanie vai querer surfar no balcão da cozinha o dia todo e Jake vai tentar matá-la jogando no poço do elevador que não funciona! Shocked

Rachel e Scott continuam separados do restante do elenco e devo dizer que estão funcionando muito bem! Até mesmo quando traz à tona plot de prostituição de Scott, as coisas ficam boas... Lógico que River funcionou como Summer nessa hora trazendo à tona sentimentalismo barato que envolve atitude de Scott de querer trair Rachel com um homem só para garantir permanência deles na comunidade porque ela acha que isso os ajudará a serem felizes. E com tanta distorção num casal egocêntrico e ignorante (segundo o River, claro!), fica impossível não amá-los! Primeiro, Rachel com ciúmes de Scott se barbear para River foi ótimo e crisei com ele dizendo que deveria levar barbear a sério por causa da jugular, LOL. Depois, temos Rachel bancando a fofa e pedindo para River ser gentil com o marido dela e nem tinha como não pensar em outra coisas além de sexo pelo teor da conversa, gente. Sem falar que River mudou nome de Scott para Adonis e chamou encontro dos dois de rendezvous, o que pode ter uma boa conotação sexual. E então, veio o ápice do plot com Scott confrontando River e falando besteiras sobre iluminação de exteriores e se considerando apto a aprender algo porque já trocou muita lâmpada queimada, LOOOOL! Maria já podia baila bastante a essa altura, mas ainda tivemos Rachel escutando a conversa atrás da porta com seu copo de conhaque e Scott mostrando que talvez seja mesmo ignorante sugerindo uso de postes para ajudar na iluminação da comunidade. Sério, esses dois estão tão ótimos nessa temporada que me pergunto porque demorou tanto para juntá-los novamente e mandá-los para comunidade.
Única coisa ruim foi que River não conseguiu passar seus conhecimentos para alguém e nem tem alguém para fazer amor de forma louca e apaixonada para se consolar! Neutral

Gente, não creio mesmo que vá ressuscitar história com Noah! De homens virgens na série, já basta Andrew! Sério, depois de toda a confusão de Damon não saber se pertence ou não à América, não sei se trazer Noah é uma boa, por mais que casais precisem CCCzar um pouco. Mas quer CCC maior que Carrie enganando Damon na maior cara lavada com redirecionamento de ligações enquanto ele junta os objetos mais aleatórios possíveis acreditando que isso é algum tipo de mandinga para receber ligações. Isso sem falar dela trollando o pobre falando que qualquer conselho que ele pedisse só seria digno de sair na coluna de Halloween.
E crisei muito com pedido de Damon para Carrie, ainda mais com ela rindo por ele achar que qualquer outra pessoa do elenco poderia ligar pra ele. E o melhor de tudo é que ele já tinha recebido a ligação que tanto queria, mas foi tão surreal que nem acreditou, tado! Tem que saber que Mel é doida o suficiente para fazer uma ligação daquela!

Ben conseguiu se reencontrar com Trevor e sei que não quer que eu churrasque Trevor, mas não sei se casal tem muito futuro, sabe? Claro que ele é fofo e tudo mais, mas Ben parece tão contrário a ideia de casamento, enquanto Trevor quer tanto isso, que vai chegar uma hora em que divergência vai falar mais alto... Enquanto esse momento não chega, saiba que curto bastante o casal, principalmente com Trevor tão emburrado com atraso de Ben e depois amolecendo só porque ele disse que não consegue imaginar a vida dele em Trevor no momento. Tiveram reconciliação fofa e vou tentar manter a mente aberta sobre o futuro do casal, quem sabe Trevor não faça tantas fofuras que acabe amolecendo o coração de Ben?

Candice e Terry continuam tendo uma dinâmica ótima e os vejo que os dois vão disputar bastante com Mel e Jake pela melhor dinâmica de não-casal da série! Sério, gente, tô quase chamando um pedreiro para derrubar a parede da cozinha e fazer uma bancada só para eu ficar surfando, LOOOOL! Divisão das tarefas muito entretenedora de acompanhar, mas aposto que a divisão das atividades de lazer serão ainda melhores. Única coisa que me irrita um pouco é essa situação com Candice e sua saúde... Desde o fim da temporada passada que tudo leva a crer que o câncer voltou e ela tá nessa vibe de carpe diem e me deixa muito preocupado. Lógico que deve ser sua intenção nos deixar em dúvida sobre a saúde dela, mas não pode ficar nesse mistério ad eternum, revela logo o que tinha naquele maldito envelope. Mad

Depois de rejeitar sumariamente Andrew, foi Jenny quem teve que lidar com a rejeição dessa vez. E fico muito feliz que rejeição de Jenny tenha sido mais pelo fato dela se sentir pressionada e querer fazer algo especial e marcante para Andrew que o fato dela não estar certa de seus sentimentos. Tão melhor quando os personagens não enveredam pelas besteiras que falo! Very Happy
E se Jenny ainda tinha alguma dúvida, isso acabou no momento em que Andrew sugeriu chamar algum familiar para interromper a primeira vez deles... Como não amar alguém tão fofo assim? Já estou na espera desse momento marcante na vida do nosso abraçador favorito e, com parentes ou não, já imagino que alguma coisa inesperada vai acontecer, LOOOL.
E aaaaaaaaaaamo Andrew tentando apreciar a vista do avião e dizendo que Jenny faltou a aula de como lidar com os sentimentos alheios, LOOOL!

Gente, o próximo tem Sarah sensualizando com uma arma num divã. Esses protagonistas tão que tão! Razz

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.04!

Mensagem  Harbor em Seg Dez 31, 2012 10:56 am

O ano está chegando ao fim e não posso descumprir minha promessa de entregar seu presente de aniversário atrasado antes de 2013, então vamos para mais um comentário. E sendo bastante repetitivo, Stunt continua deliciosa de acompanhar e só posso torcer para que mais episódios sejam exibidos no próximo ano. E como meu aniversário é em menos de um mês, EXIGO que escreva mais episódios borbulhantes para mim! Very Happy

Nickarah estão realmente dominando a temporada, huh? E agora entendo porque decidiu usar fotos de “comente” seguindo ordem de abertura, porque era capaz de Nick e Sarah dominarem tudo. Já estou de acordo com essa política, mas ainda espero a confirmação dos 2 episódios extras para Ryan e Alexa abrilhantarem o “comente” no mesmo número de vezes que seus colegas de elenco. Se não rolar esses episódios extras, vou xingar muito no twinter.
Voltando aos nossos protagonistas, preciso dizer que gosto de verdade dessas cenas de coincidências bizarras e surreais como a de Sarah indo visitar Nick no set de gravação justamente na hora em que a estrela com as mesmas características dela tinha dado o balão na produção. O melhor de tudo é que desespero de Sarah com suas 3 falas que mal conseguiu decorar e as improvisações que apareceram revelaram-se infundadas, porque ela simplesmente deu um show, com direito até a beijo técnico. Lógico que antes de tudo dar certo foi bem divertido ver o desespero dela e Nick tentando consolá-la foi algo bem fofo mesmo. Também serei repetitivo, mas é sempre muito bom ver como esse casal tá num momento ótimo, as cenas sempre alternam entre boas risadas e os clássicos “aw” que solto enquanto leio. E como não amar Nick marcando território com beijo em Sarah depois da cena dela? Não sei muito bem do que ela reclamou, se ele fizesse que nem os cachorros e mijasse nela ia ser bem pior, ia até ter que pedir pra Marj voltar no tempo e apagar isso! De qualquer forma, achei muito apropriado Nick marcar território, Jeremmy pode ser um bom profissional, mas já deixou bem claro que aprovou a escolha de Nick e vai saber, né.
Holden também teve uma participação importante, porque crisei muito com ele tentando convencer Sarah a atuar ao compará-la a uma prostituta, LOOOL. E sinceramente não sei se Sarah vai mesmo enveredar por esse caminho, mas creio que em LA vai ter mais problemas para atuar por causa do sindicato e tudo mais. Mas se entrada nesse ramo for proporcionar aulas de atuação com Jake já sou totalmente a favor, porque, dado o passado dos dois, acho que seria algo interessante de se ver. E Sarah só não conseguiu reproduzir as falas no café da manhã com Nick por puro nervosismo, na gravação, adrenalina falou mais alto e tudo fluiu como deveria. E isso nem é nenhum segredo porque Sarah mostrou que consegue reter bem as coisas, vide as palavras em russo que Nick teve tanta dificuldade pra gravar, tado! No mais, fico feliz que Sarah armada era apenas atuação... Com plots de Jake e Candice pendendo mais para o drama, não sei se aguentaria mais um personagem dramatizando, LOOOOL.

Sinceramente, não sei o que acho do sonho de Jake, LOOOOL. Ele tinha mesmo razão em desabafar com Sebastian porque o troço foi mesmo muito bizarro. E já disse que até prefiro Trevor a Sebastian, mas até que ele foi fofo, sabe? Apesar de toda bizarrice e aleatoriedade do sonho de Jake, Seb ajudou o namorado com sua terapia fajuta e ainda proporcionou o melhor momento do plot perguntando se Jake estava sem camisa no sonho. Parando para pensar melhor agora, sonho foi até bom, porque apeguei-me a Sebastian novamente e Jake parece estar a um passo de superar todo o drama do assassinato que cometeu. Quer dizer, já achei até que estava superado, mas agora tem uma órfã na história e fico dividido sobre o que esperar dessa história. Se ela odiar o pai e disser a Jake que ele fez um bem a todos, vou achar fácil demais, mas, por outro lado, se ela ficar dramatizando demais que perdeu o pai por causa de Jake, acho que pode cansar um pouco e trazer mais dramalhão para a série. Mas, assim como história de Candice, vou confiar na sua decisão criativa e esperar desenrolar da coisa para ver o que acho. Wink

Quando disse que seria legal ver Scotchel na comunidade e que meu lado órfão de UNT ia se sentir saciado com as loucuras, não achei que fosse levar a deusa Constellation para lá. Preciso confessar que já sabia da participação de Agnes porque fui ver fotinho do “comente” do dia e promo do próximo e acabei vendo que ela tinha sido creditada no final, mas não no início. E devo dizer que, mesmo sabendo disso, acabei me surpreendendo com retorno da psycho Dana porque simplesmente nem lembrava quem era Dana mesmo tendo visto nos créditos, LOOOOOL. Mas depois de uma rápida pesquisa, fiquei altamente preocupado, até porque machado já tinha me deixado em alerta. Sinceramente não sei o que essa louca vai aprontar por lá, mas fico muito contente de ver que Scotchel continuam divertofíssimos (momento pic-nic ótimo!) e sempre no meio de altas confusões com uma turminha da pesada!

E acho ótimo que Sarah fique batendo papo com todo mundo enquanto está na Rússia. Ela bem quis falar com Jake, mas ele estava muito ocupado com seus sonhos e ela teve que se contentar com Melanie... E o que dizer dessa cena? Melanie é simplesmente um alívio cômico nato na série e vê-la falar que está com Jake foi um dos melhores quotes do episódio, ainda mais pelo fato de Sarah ter interpretado de forma tão literal a afirmação, LOOOL. O melhor é que Mel não só faz Jake de capacho como ainda fala dos hábitos higiênicos dele “sem maldade alguma” e, se isso não fosse o bastante, nos mostra que é uma atriz ainda mais brilhante que Sarah... Ah, se ela tivesse na Rússia, Sarah não teria chances contra a melhor árvore que uma montagem escolar já viu com folhas caindo no outono. Mas isso nem é tão revelante assim, porque no outono é sempre igual, as folhas caem no quintal! Rolling Eyes
E claro, Melanie ainda teria muito mais sex apeal que Sarah, treinou muito na sex tape com Alex. Aliás, se Mel não vai mesmo se engraçar com garçom do casamento de Nickarah nem com o prometido de Rachel, quem sabe poderia ter Alex de volta em sua vida. Quer dizer, se até Dana voltou...

Até esse episódio, Darrie estavam participando da temporada de forma moderada e cumprindo muito bem com sua função de serem bons entretenedores para o público, mas confesso que, nesse episódio, elevaram essa função a um novo nível ao ajudarem Ben e roubaram completamente a cena! Claro que ciúme infundado de Damon tava desciclopante até o último fio de cabelo, mas vê-lo se referir a Ben como um gay que age de forma incoerente foi o ápice. Seriously, crisei muito com todas as falas, Damon babblador ótimo! Taí uma função que ele desempenha muito bem, sempre dizendo as coisas mais pertinentes possíveis sobre a incoerência das coisas e sobre sua insegurança com gays conhecidos de Carrie por mais que transem com padres e tios de filhas perdidas. Na verdade, tudo que saiu da boca dele foi ótimo: observações sobre Shirley Temple, promiscuidade de gays e Carrie, entre tantas outras. Deu gosto de ver! Smile
E amo muito também Carrie dizendo que a amizade com Ben só seria possível se ele estivesse pelado, LOOOL... Essa é a japa tarada que eu conheço! A cereja no bolo é ver Darrie se alfinetando de forma tão divertida, com Damon criticando coluna de Carrie e posição dela sobre casamentos. E no final, os dois ainda tiveram momentos fofos com Damon reconhecendo talento de Carrie para dar conselhos. E ainda tem a audácia de insinuar possível retorno de Noah, humpf!
Outra coisa impressionante nessa história toda é ver Ben mostrando sua constância como personagem se atrasando para todos os compromissos que marca pelos motivos mais aleatórios possíveis. E realmente conselho de Carrie foi muito bom e já até imagino que ela mesma vai acabar se oferecendo pra casar com Damon, LOL. Ou claro, casamento do final da temporada pode ser de Ben e Trevor porque aparentemente ele teve a resposta da sua questão ao ver os dois se beijando e tal, mas sorriso dele tão enigmático que já nem sei realmente qual é a resposta dele. A opção mais óbvia seria dele descobrir que quer estar com Trevor e talvez ceda ao casamento, porque não estaria sorrindo se descobrisse que precisa terminar com ele. Ou talvez esteja sorrindo justamente porque vai terminar e poder levar a vida de promiscuidade que Damon tanto sugeriu...

Candice e Terry continuam tendo cenas juntos e, como já disse antes, a dinâmica deles é ótima e me divirto bastante com os dois, mas gostaria de vê-los contracenando com mais gente também! Rolling Eyes
E não sei se o que quer que eu desvende para o próximo episódio é o estado de saúde de Candice, mas realmente não sei o que pensar. Sério, tudo leva mesmo a crer que ela está doente de novo, ainda mais com ela escrevendo tudo nesse diário. Só que Candice é tão excêntrica que acredito também que possa ser mesmo o roteiro de um seriado nos moldes que ela descreveu e que seria um desbunde, gente! Penso que seria uma espécie de “Grey’s Anatomy” do surf com gente apetitosa sem camisa em todos os episódios e penso que não tem como dar errado. Laughing Mas, no fim das contas, não sei realmente em qual opção arriscar.
Só sei que Candice foi muito fofa abraçando Terry por apoio distorcido dele ao projeto dela, o que ressalta o lado fofo da personagem, mas também pode ser o lado sentimental dela aflorando mais por causa do doença. GAAAH, não sei mesmo em que opção arriscar. Trate logo de dar uma solução nisso, porque se demorar muito, vou começar a dizer que plot tá ficando cansativo e me fazendo perder o interesse só para revelar logo, mhuahauaha.
E aaaaaaaamo Terry prevendo desastre com tubarões em Grey’s, LOOOOL.

Antes de entrar no dormitório, Jenny estava tão alegrinha que poderia até dizer que viu passarinho, mas só vou ter certeza disso quando Andrew aparecer novamente. E espero que ainda não tenha visto, gente, essa rixa com Polly pode auxiliar na experiência traumática da primeira vez de Andrew. Preciso confessar que nem sei muito bem mais o que sinto por Polly, mas amo muito que ela e Jenny sejam tão tolas de achar que a outra ia trocar de dormitório assim. Se não combinaram, é óbvio que não iam trocar. E até prefiro assim, conflitos com Polly podem ser interessantes se Gary ficar quietinho no canto dele, só sendo mencionado. Sim, porque de ameaça amorosa para Jendrew só aceito Fried mesmo e só porque ele tem uma alma honesta e se predispôs a fazer uma trabalho artístico de qualidade como o calendário! Cool Mas divago, claro... O que importa é que rixa das duas voltou com tudo e achei bem divertido e fiquei até curioso para ver mais o desenrolar disso.

Que venha o próximo episódio! Que venha MESMO! Meus comentários estão em dia, trate de escrever! Mad

P.S.: Comecei a escrever o comment ontem e parte de Jake foi uma delas. Aí, só pra me cornetear, meu subconsciente me fez ter um sonho bizarríssimo no qual eu acordava de um coma de 10 dias e ninguém sabia explicar exatamente o que tinha acontecido comigo, sem falar que, durante o período do coma, minha mãe e irmã eram assaltadas e o ladrão levava o carro de minha mãe. Ou seja, preciso urgentemente que Sebastian interprete meu sonho e diga que vai ficar tudo bem e que essa tragédia toda é bobagem da minha cabeça. Smile

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.05 - "Try Sleeping With A Guilty Mind"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Dom Jan 06, 2013 10:14 pm

STUNT #7.05 - "Try Sleeping With A Guilty Mind"
Rachel (Sarah Carter) e Scott (Mike Vogel) precisam lidar com a presença de Dana (special guest Agnes Bruckner) na comunidade, vivendo sob a constante ameaça de uma psicopata. Enquanto isso, Jake (Rhett Fisher) vai a San Francisco com Sebastian (special guest Cheyenne Jackson) para procurar a filha do homem que ele matou, Nicholas (Johnny Whitworth) e Sarah (Kristanna Loken) visitam Jenny (Alexa Vega) na faculdade e percebem que a garota cresceu, e o apartamento de Melanie (Alison MacInnis) vira palco de uma festa sem o consentimento dela.
Também estrelam Patricia Ja Lee, Huntley Ritter, Layke Anderson, Autumn Reeser e Ryan Kwanten.
Também participam Chuck Hittinger, Hayden Panettiere, Jessica Biel e Karen Gillan.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.06 - "Nerdy Little Secret"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Seg Jan 14, 2013 4:48 am

STUNT #7.06 - "Nerdy Little Secret"
Nicholas (Johnny Whitworth) e Sarah (Kristanna Loken) chegam a Los Angeles e se surpreendem com a falta de interesse de seus amigos em recepcioná-los, enquanto o retorno de Rachel (Sarah Carter) e Scott (Mike Vogel) os coloca em busca de um lugar para morar, e Jake (Rhett Fisher) volta de sua viagem para San Francisco e tem um surpreendente encontro com Ben (Huntley Ritter). Enquanto isso, Melanie (Alison MacInnis) reencontra Chase (guest Colin Egglesfield), mas descobre que ele não foi totalmente sincero com ela.
Também estrelam Patricia Ja Lee, Layke Anderson, Autumn Reeser, Ryan Kwanten e Alexa Vega.
Também participam Oli Goodwill e Avery Phillips.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.05!

Mensagem  Harbor em Seg Jan 14, 2013 7:10 pm

Gente, muito bom que a produção esteja tão on fire nessa temporada, porque nem consegui comentar episódio ainda, mas próximo já tá pronto (se bobear, vai ao ar antes de eu terminar o comment, LOL)... O melhor de tudo é que acabo comentando algumas coisas e depois vejo isso se refletindo na série e amo muito! Smile

E começo hoje sem seguir a ordem de abertura, simplesmente porque resolveu acabar com estada de Rachel e Scott na comunidade, buuu! A verdade é que, quando me disse que 7.08 seria mid-season finale, achei que ia deixar para encerrar esse arco deles nesse episódio também, mas até que foi bom terem partido agora. Tivemos momentos divertofíssimos durante esses 4 episódios: River roubou a cena fazendo amor de forma louca e apaixonada com todo mundo e sendo celebridade na comunidade, Dana tava um desbunde de ex-presidiária em reabilitação e virando Costellation (aaww!) e, claro, Summer fez mais uma participação épica sambando na cara de Rachel ao seguir tão estritamente os regulamentos da comunidade. Então, saldo desse momento na comunidade foi muito positivo e ficarei com saudades... Mas sempre podem (E DEVEM!) visitá-los em LA para eu matar as saudades! Aliás, preciso dizer que amo muito regulamento da comunidade com regras tão específicas sobre delitos das pessoas, dando sempre a devida chance para as pessoas porque não devemos confiar em fichas criminais. E, se for alguém muito barra pesada, basta um momento de reclusão na Morada dos Porcos que fica tudo certo.
Sério, Summer muito diva administrando comunidade tão bem (cobrando diária da irmã, amo!) e com a ajuda dessa linda que é tão atenciosa que carrega objetos cortantes para agradar a patroa (tipo a maçã do professor)... O melhor é que Dana tão inocente carregando os objetos cortantes que achei bem ultrajante toda a acusão de Scotchel com a pobrezinha, embora tenha crisado horrores com cena inicial com Rachel dando ideias para Dana aumentar seus delitos em sua ficha criminal e Scott todo desesperado com medo da ex acatar. Mas Dana tão mudada que nem correriam esse risco... E espero que esteja mudada mesmo, porque se tentar matar mais alguém, nem vai poder se redimir passando um tempinho na Morada dos Porcos! Sad Preciso muito que tenhamos uma invasão de hippies na cidade tipo a terceira temporada de UNT em algum momento dessa temporada porque essas confusões não podem ter parado por aí.
Só acho incrível que Rachel deu desculpa de que ia pra comunidade para conhecer melhor a sobrinha e não vimos isso em momento algum, LOOOOL! Mas isso é natural vindo de alguém que põe a irmã numa posição inconcebível de fazer uma escolha daquelas. Razz

Jake tá com tudo nessa temporada, huh? Muito divertido ver a dinâmica dele com Jocelyn, ainda mais que ela está crescidinha e bem interessada nos detalhes picantes da vida do irmão... Aliás, imaginei a personagem dessa vez como a puta de Nashville (embora eu nem veja Nash!). De qualquer forma, Jocelyn ainda foi muito eficiente com sua indiscrição com Sebastian, que acarretou em decisão dele em abrir o jogo com seus superiores... Aliás, podia jurar que ele e Jake tinham seus momentos de pura luxúria, gente! Quer dizer, eu entendo que misturar isso e religião é complicado, mas confesso que sempre achei que nos EUA a coisa era mais liberal nesse sentido. Na verdade, desde que vi Kevin de B&S se engraçando com o irmão pastor de Robert, coloquei na minha cabeça que tava tudo liberado, independente da doutrina religiosa, mas aparentemente não, LOL. De qualquer forma, fico feliz que Sebastian tenha decidido dar esse passo com Jake e colocar os pingos nos is, porque já amo-o novamente desde o episódio passado e até torço pelo casal... Assim como torço por Ben e Trevor, mas já vi que colocou Ben e Jake para contracenar no próximo e JÁ NÃO SEI MAIS O QUE PENSAR, GAAAAAAAH!
Mas Jake ficou ocupado mesmo com Rosemary... E agora sempre que vejo esse nome associo à bebê de Lou e Raviva de Underemployed, que, pasme!, aguentei ver até o 1.08, mas finalmente larguei. Ok, esse não é o ponto... O ponto é que não sabia muito bem o que esperar desse plot, mas a verdade é que, embora tenha seguido caminho de colocar o professor Lemay como grande vilão, isso fez todo o sentido. Esse tipo de pessoa não começa do nada e geralmente tem sempre mais sujeiras para desenterrar no seu histórico, então acabou tornando história verossímil e gostei do encaminhamento dado. Jake finalmente conseguiu ter o closure que tanto queria, mas foi responsável por também dar o closure que Rosemary queria, ausentando-a de toda a culpa que ela realmente não tem. No fim das contas, o professor Lemay é mesmo o grande vilão e realmente não fazia sentido fugir disso, então parabéns por dar o rumo natural, mas eficiente, à história. Wink

Quando eu disse no início que adoro ver coisas que comento refletidas nos episódios me referia ao atraso de Ben, LOOOOL. Sério, taí algo que nem é grande coisa, mas que continua me divertindo porque cada dia ele dá uma desculpa diferente pros seus atrasos ao invés de apenas admitir que é uma pessoa que se atrasa... E olha, conheço alguns Bens por aí... Mas Ben, mesmo atrasado, ainda consegue ser competente ao ser o único que convence Melanie a se arrumar devidamente para a festa e, claro, por se espantar com o fato de que Terry ainda está com Monica! Laughing E ainda alfineta roomie lembrando de fuga de Juju... Não superou mesmo estada de Terry quando chegou a Los Angeles, huh?
Ah, claro, ainda foi responsável por dizer que mudou de ideia sobre o casamento e aparentemente não quer mais nada porque Trevor voltou a ignorá-lo, sendo que eu podia jurar que ele tinha decidido deixar rolar... Mas aposto que conversa com Jake vai ser bem esclarecedora nesse sentido.

Darrie continuam sendo responsáveis por ajudar as pessoas. No episódio passado, ajudaram Ben (ou não, visto que Trevor está fugindo dele e corre o risco de ficar sem Amy!), agora é a vez de ajudarem Melanie... Damon ajudando-a era algo até completamente normal, pois são bons amigos (mesmo ele não reconhecendo ligação dela!), mas confesso que ver Carrie tão empenhada em ajudá-la e depois dando todo o discurso motivacional para animá-la foi algo que me deixou surpreso. Quer dizer, sei que já se acertaram depois de toda a confusão da temporada passada, mas ver Carrie tão dócil assim foi inusitado... No melhor sentido da coisa, claro! Carrie fofíssima e até fiquei feliz de vê-la na fotinho do comente dia! E aaaaaaaaamei ela dizendo que todo mundo tá vindo pra festa toda hora, LOL!

O melhor da festa é que, além de todas as interações entre os personagens, permitiu que Mel agisse com um pouco de rabugice, o que aprovei e entendo. Mas o melhor de tudo mesmo é a possibilidade de Chase voltar para ser o novo par dela. Sei que deu um bolo nela, mas já volta no próximo e aparentemente com um segredo nerd que escondeu dela... Aliás, preciso dizer desde já que AMEI o título do próximo episódio! Smile

Outra coisa dos meus comentários que vi refletida foi a interação de Candice e Terry com os demais... Explicaram devidamente as ausências de seus pares e tiveram uma boa interação com os demais, mas preciso confessar que o melhor mesmo ficou basicamente entre a interação pura entre os dois. Ou seja, tivemos algo no que os personagens são bons (a interação entre eles), mas com uma roupagem nova (por estarem misturados aos demais). E como não amar Terry querendo conhecer as personagens da série de Candice e Ben e não as atrizes porque as personagens são mais interessantes? Crisei muito!
E Candice ainda muito ótima preocupada com sua roupa porque não ia para nenhum soirée e depois chocada com a possibilidade de Mel ter se atracado com outro garçom! Uma pena ele ter dado o bolo em Mel, adoraria ver a continuação dessa festa com esse bando de desocupado! Cool

Por fim, temos Nick interrompendo mais uma tentativa de coito de Jenny... Amo muito como transforma algo tão absurdo em algo totalmente natural dentro da série. Quer dizer, ter Nick atrapalhando Jenny de novo ainda mais com Andrew tendo feito piada de primeira vez assim é muito surreal, mas que funciona perfeitamente no universo da série. O melhor de tudo é que isso foi graças a Polly que, mesmo sem aparecer, se mostra bastante competente com sua vingança. Aliás, preciso dizer que estou amando essa rixa das duas, mas ainda espero que um dia se acertem... Mel e Carrie estão aí para comprovar que isso é possível e que não sou apenas um pobre otimista iludido. Enquanto esse dia não chega, vou me divertindo com as picuinhas e só espero que não dure muito ou pode acabar me lembrando de picuinhas intermináveis de Gossip Girl e isso não é nada bom.
O que é muito bom é que Andrew "teve" sua primeira vez marcante (selou o negócio sem Jenny, mas selou!)... Aliás, preciso dizer que Andrew é sem sombra de dúvidas o melhor par de Jenny. Muito fofo querendo fazer tudo direito com a moça e depois divertidíssimo aplicando um feedback em si mesmo sobre sua perfomance, sem falar na interação com Nick. Muito bom ver Nick incomodado com o crescimento de Jenny, mas concordo que ela deveria trancar a porta... Foi Nick, mas poderia ter sido outra pessoa a interromper o momento.
Nessa história toda, Sarah acabou se destacando pouco, mas é bom ela relaxar depois de seu destaque absoluto... Mas ainda assim muito fofa tentando contornar todo o constragimento inerente à situação. Nick acabou tendo mais chances de brilhar tentando proteger a irmã, que não só já tem vida sexual ativa, como ainda dá desculpas esfarrapadas para justificar sua frequência em bares... Assim o coração do pobre não aguenta e logo despacha a irmã pro pai e madrasta!

Que venha o segredo de Chase! Very Happy

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.07 - "With A Little Yelp From My Friends"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Seg Jan 21, 2013 7:54 pm

STUNT #7.07 - "With A Little Yelp From My Friends"
Damon (Layke Anderson) começa em seu novo trabalho como passeador de cães, encontrando pessoas improváveis no decorrer do dia e descobrindo importantes lições de amizade. Ben (Huntley Ritter) sofre um sério acidente de carro, que coloca em perigo ele e a filha. Nicholas (Johnny Whitworth) se incomoda com o súbito interesse de Sarah (Kristanna Loken) em Terry (Ryan Kwanten). Jenny (Alexa Vega) recebe conselhos valiosos e considera uma carreira no stand-up. Candice (Autumn Reeser) escreve o roteiro de sua vida. Melanie (Alison MacInnis), Jake (Rhett Fisher), Scott (Mike Vogel) e Rachel (Sarah Carter) são acusados de excluir pessoas mais cultas de seu clube de leitura.
Também estrela Patricia Ja Lee.
Participações de Chuck Hittinger e Amy Bruckner.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.06!

Mensagem  Harbor em Seg Jan 21, 2013 8:02 pm

Ia começar meu comentário falando que era bom a produção estar nesse modelo Just in Time, mas a vantagem de episódios tá ficando tão grande que nem sei posso mais dizer que episódios estão sendo produzidos sob medida. Lado bom dessa produção toda é que terei mid-season finale ou encerramento do primeiro terço da temporada será poucos dias após o meu aniversário, hooray! E se é encerramento do primeiro terço da temporada, isso quer dizer que teremos mais 2 ciclos de 8 episódios, então temporada vai mesmo até os 24, ÊÊÊÊÊÊÊ!

Nickarah finalmente estão de volta a Los Angeles e cena dos dois no aeroporto esperando uma comitiva de boas vindas foi tão divertofa, principalmente Sarah colocando as manguinhas de fora porque agora é uma estrela internacional, foi desciclopante. Sabe o quanto amo os dois nessa fase de casados, então essas ceninhas, por mais simples que sejam, sempre são um deleite. Devo dizer que amei muito também que tenham reclamado da ausência de todos no aeroporto, mas, quando se depararam com Scotchel no apartamento, já foram expulsando os pobrezinhos, LOOOL. E que mundo é esse onde Nick desvenda retorno de Scotchel e eu não? Buuu, não pode! E gente, que caipiras deixando a chave reserva debaixo do tapete, precisam aprender algumas dicas com Carrie e Damon.

E vou ignorar a ordem de abertura e falar desses dois, então. Podem até não ser inocentes como Nickarah no que diz respeito a chaves reservas, mas muito tolinhos em acreditar que Scotchel vão só passar um tempinho no apartamento deles. O pior é que carência de Damon é tão grande que ele nem deixou Carrie ser a voz da razão, mas confesso que crisei muito com empolgação dele. Tadinho, ficou tão feliz com os novos companheiros de apartamento... Mas Darrie ainda tiveram conversa muito esclarecedora sobre mulheres aprovarem comentários machistas para se sentirem melhores, embora Damon tenha colocado as coisas de uma maneira tão simples que esse tipo de situação parece ainda mais surreal, LOOOL.
O mais incrível dessa temporada é que, além dela estar cada dia melhor, não param de sambar na minha cara... Alguns episódios atrás, fiquei com a impressão de que ia trazer Noah de volta para atrapalhar Darrie, mas algo me diz que quem vai atrapalhá-los é Scotchel, que podia jurar que iam durar mais tempo que duraram na comunidade.
Mas melhor parte de tudo foi Damon revelando que preferia praticar saltos ornamentais, tive uma síncope!

E falo del Scotchel agora... E não é que continuam ótimos? Seriously, temporada na comunidade pode até ter feito mal à memória deles, mas estão cada dia melhor como personagens. Desciclopei horrores toda a cara de pau desses dois por “cuidarem” do apartamento de Nickarah enquanto eles estavam fora e depois por irem invadir apartamento de Darrie e arrombarem a porta. Só acho incrível que tenham saído do apartamento de Nickarah sem nenhuma mala... Temporada na comunidade provocou mudanças mesmo, até desapegaram dos bens materias, gente! E acho ótimo que Rachel alopre Damon chamando-o de desocupado no momento em que pede abrigo justamente a ele, sorte dela é que carência dele fala mais alto!
Outra coisa que tô amando é que, além de estarem cara de pau e abusados, estão vagabundos, o que até faz sentido pois uma coisa atrai a outra. E eu podia jurar que Rachel tinha tirado licença do colégio por tempo indeterminado (Mel é especialista, podia ter dado umas dicas!) e ainda tinha emprego garantido, mas fui reler 7.01 e quando Sarah pergunta se vão largar tudo, ela não responde, mas considerando que rescindiram até contrato de aluguel, não me espanta que tenha largado emprego no colégio também. E quer saber? Até espero que seja assim mesmo, porque quando vi que Darren estava nesse episódio, me deu um certo desânimo achando que ia contracenar com Rachel de novo, LOL. Quem sabe novos empregos para Scotchel sejam mais um plus de novos ares para a série e tragam ainda mais suculência para essa temporada. Smile
Ah, antes de partir para os próximos, podia jurar que Damon ainda trabalhava com Sonja na loja de sucos, mas aparentemente não me atento devidamente à vida profissional desses personagens... Mas a culpa não é minha, claro! E para ilustrar isso, vamos aos próximos...

Terry e Candice são a dupla dinâmica mais vagabunda da série que até esqueço que esses dois possuem emprego. Quer dizer, entre um roteiro e outro de “Grey’s Surf”, Candice arruma espaço para fazer voos de balão com Terry. Aliás, acho válido ela escrever um episódio de GS onde os surfistas decidem voar de balão, mas tem uma pane mecânica e o balão cai no mar e um deles é mordido por um tubarão... Aposto que Shonda e Terry iam amar! De qualquer forma, positividade e fofura de Candice continua num nível ótimo e dessa vez, além de reproduzir diálogo onde Terry diz que adoraria andar de balão, serviu para explicar para Jenny o que se passa na cabecinha de Nick, o que foi muito esclarecedor para mim também... E amo que ela tenha tempo para voos de balão e sessões de terapia virtual, mas nem se dispõe a ir ao aeroporto recepcionar o irmão.
Acho que não vai mostrar passeio de balão, mas como próximo episódio é escrito por Leo, talvez ele tenha suprido minha vontade de ver viagens de balão de Eugene e Harmony com passeio de Candice e Terry. Caso tenha feito isso, espero que não tenham tubarões envolvidos, já basta câncer consumindo Candice, não pode ter perna decepada também, tada!
O bom é que episódio trouxe Jenny também de volta a Los Angeles através da conversa por vídeo e pudemos desfrutrar da boa dinâmica dela com Terry, ainda que tenha sido rapidinha. E criso com Terry achando que Tyson não tem vida sexual.

Ben e Jake se encontraram novamente e realmente não foi nada do que eu esperava... Jake mostrou que ainda conhece bem o ex ao estranhar possibilidade dele ter ido à festa, voltado para casa e depois para o apartamento de Jake para limpar tão cedo. Ben jamais chegaria tão cedo pra limpeza, se atrasaria por algum motivo! Razz
Conversa teve lá seus momentos constrangedores por causa de Ben, mas considerando que foi ele que deu o pontapé inicial para o possível constrangimento lá no casamento de Nickarah, é até natural que ele esteja constrangido e fique falando que não dormiu na cama de Jake, pois prefere o sofá com resto de petiscos! Laughing O bom de tudo é que achei tudo bem divertofo e realmente acredito que os dois podem seguir em frente e serem apenas amigos. Quer dizer, Jake realmente está feliz com Sebastian (e eu também!) e, com ele abrindo mão da vida religiosa por ele, acho que os dois podem ter um bom futuro. Já Ben continua discutindo bastante sobre casamento com Trevor e, querendo ou não, vai estar pra sempre ligado a ele, então pode ser que perceba que juntar os trapinhos numa cerimônia não seja algo tão ruim assim, por mais que sempre tenha imaginado seu casamento com Jake... E é aqui que fico intrigado, porque Ben disse pra Trevor com todas as letras que nunca pensou em casamento, quando na verdade já pensou com Jake. E com sumiço de Trevor, não sei o que esperar do casal! Sad

Melanie fica por último, pois, além de ser a fotinho do dia do “comente”, foi a personagem que mais teve destaque... E Chase parece que veio mesmo para ficar como novo par romântico dela, hooray! Está certo que ele vem com um brinde, mas é um brinde muito do fofo, gente! Sério, criança tão fofa, adorável e inteligente que me recuso a crer que será uma criminosa no futuro. Aliás, como não achar fofo o momento dela de confissão sobre a sua crise de diarreia empatando todo o clima entre Mel e Chase? Só achei que Mel perdeu a oportunidade de contar a verdade sobre Shawn, aposto que Chase ia entender tudo no boa... Afinal de contas, é o tipo de pai que pede pra filha escrever o próprio bilhete que explica sua ausência.
Como disse antes, fiquei com medo do retorno de Darren, mas aproveitei bastante sua volta sem Rachel por perto e crisei muito com ele aloprando com a pobre Maddie e depois não querendo dar o braço a torcer de que estava errado! Muito bom quando personagens que já foram tão importantes na trama não somem assim e voltam para ter participações pontuais e divertofas!
Mas o melhor mesmo foi toda a situação envolvendo Chase e Mel... E Madison se sentiu tão culpada pelo pai não conseguir ir à festa de Mel que até sugere que convide Mel para um encontro para que possa oferecer a esfiha de berinjela gratinada dele. Mal posso esperar para Mel se lambujar com a esfiha dele e largar os risoles para não ficar gordinha... Precisa se cuidar agora que tem um par em potencial novamente! Só fico triste mesmo pela questão de Shawn, bom mesmo seria se Mel conseguisse a guarda dele de volta e formasse com Madison e Chase uma família feliz! Very Happy

E o próximo tá quase no ar com roteiro inteiramente escrito por menino leozio, assim Zih não vai aceitar voto dele em Stunt na temporada que vem do Troféu! Razz

P.S.: Brunnete voltou pro Mulheres Ricas também, corrão!

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.08 - "Best Not To Talk About It"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Sex Jan 25, 2013 11:34 pm

STUNT #7.08 - "Best Not To Talk About It"
Candice (Autumn Reeser) reúne todos os seus amigos para revelar o conteúdo do envelope que a atormenta, e cada um deles reage de uma forma diferente à notícia. Terry (Ryan Kwanten) vai até Monica (guest Jessica Collins) em busca de uma solução, Sarah (Kristanna Loken) tenta convencer Nicholas (Johnny Whitworth) de que pode ser um bom irmão, Jenny (Alexa Vega) age de forma irresponsável e Jake (Rhett Fisher) e Melanie (Alison MacInnis) decidem dar um jeito em suas vidas.
Também estrelam Sarah Carter, Patricia Ja Lee, Huntley Ritter, Mike Vogel e Layke Anderson.
Também participam Reed Diamond, Warren Christie e Simon-Paul Wagner.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.07!

Mensagem  Harbor em Dom Jan 27, 2013 9:10 pm

Ainda lembro bem quando, há alguns anos, o surto, SURTO invadiu a TVSN. De lá pra cá, ele se desenvolveu bastante, é verdade, mas esse episódio me levou de volta ao início desse movimento... Sério, esse provavelmente é um dos episódios mais surtados, SURTADOS dessa nova fase da TVSN e, na minha singela opinião, teve um quê de surtadice do nível Potatoes Car. Mas vamos destrinchar toda essa surtada de Leonardo Oliveira em seu primeiro episódio solo de Stunt! Smile

Não sei nem como começar a comentar porque todos os caminhos levam a Damon, que realmente estava bem onipresente no episódio. E a cada cena, me divertia mais com sua carência mórbida... Mas começarei com Jenny, porque foi a mais deslocada de todos, embora estivesse presente à sua maneira, LOL. Verdade é que imagino mesmo que Jenny tenha pentelhado os outros no que concerne à decoração da festa. Só que nada disso importa quando ela decide fazer uma tentativa de carreira no stand-up e somos privados disso, buuu! Como sou bonzinho, vou relevar porque interação telefônica de Andrew e Damon foi simplesmente deliciosa. Já tinha amado a carência de Damon ao acolher Rachel e Scott no apartamento, mas isso foi levado a níveis ainda mais críticos com Andrew. Mas a culpa é desse abraçador fofo que abraça todos a torto e a direito, além de ser muito carismático. Crisei muito com Damon se descrevendo como “inglês, cabelos loiros sedosos e corpo mignon”, mas o ápice mesmo veio com ele tendo um “derrame” ao falar com Jenny e elogiando o humor de ofensa dela. Lembrei um pouco de cenas de Val falando com Jenna e chamando ela de “J-Dog”... E Jenny muito fofa depois ligando para Damon, a!
Se Damon não fosse uma passeador de cãos tão bom, sugeriria que fosse orientador vocacional, tem tanto tato com as pessoas e não coloca nenhuma pressão nelas, LOOOOL. Sem falar que compreende melhor que Andrew a facilidade de encontrar alguém que estuda com você na hora em que quiser.

Nickarah tiveram mais um momento de curtição da vida de casado e acho ótimo que a vagabundice de Sarah tenha sido ressuscitada, com ela aceitando normalmente só para poder aproveitar melhor a chance de admirar o corpo de Terry, LOL. Aliás, conversa truncada dos dois muito ótima, adoro provocações de casal, por mais apaixonados e fofos que possam ser, e nada melhor que um surfista de neoprene com 2% de gordura no corpo para ser o tema da provocação.
E Nick pode até não ter admirado alguma amiga de Sarah, mas também estava bem vagabundinho zoando Damon ao dizer que ele só tem amigos em Londres, LOL. Amei, óbvio! Melhor ainda foi ver Damon elogiando forma física de Sarah. Mas acho bom Nick ir se acostumando, primeiro foi Jeremy, agora Damon e daqui a pouco vai ser o país todo elogiando a beleza da nova estrela cinematográfica do país! Razz
Nick ainda teve chance de ter seu momento de recalque com Terry, mas nosso australiano preferido foi importante mesmo ao esbanjar sua fofura com Damon incentivando-o a dar um mergulho apenas para sequestrar Beethoven. Muito sádico, gente! O melhor foi reação de Damon ao constatar o sumiço do seu dog preferido e insinuando que Terry o contrabandeou para cruzar com cangurus e ter filhotinhos mutantes, LOOOOOOOL!

Por um momento achei que Scotchel estavam de mudança para o apartamento de Melanie e Jake e estavam se escondendo de Damon para ele não descobrir e dar um ataque de sua carência, LOOOL. Depois até comecei a desconfiar que estavam fazendo uma festa surpresa pro aniversário dele, mas não pro aniversário da chegada dele em Los Angeles. Com tanta gente empenhada em comemorar uma data dessas, Damon tem mais mesmo é que ficar satisfeito e se sentir amado! O pior é que ele acabou achando que eles formaram um clube do livro e o surto, SURTO que surgiu disso foi ótimo também.
Não sei o que amei mais na sequência: a) Rachel dizendo que Damon está possuído e ele revidando dizendo que tá possuído de revolta; b) Damon achar que esconder o clube do livro dele é um motivo plausível para o comportamento de Jake; c) Scott se gabando do suas relações com alto teor homoerótico; d) Damon apontando as relações bizarras dos personagens e das quais é impedido de participar; e) Damon esbanjando seu conhecimento literário; ou f) Rachel sendo mais uma na lista a zoar beijo de Nick e Jake. Depois dessa, Maria pode bailar, sapatear e sambar!

Candice bem que teve a chance de fazer o roteiro de sua vida, mas ainda acho que terá chances de ser mais bem sucedida com a versão surfista de Grey’s Anatomy. Mais chance de sucesso que os roteiristas da série de Ben, ela tem sem sombra de dúvidas. O que foi a cena em que Ben perde sua filha, gente? Muito surreal, mas o melhor mesmo definitivamente foi Damon invadir a gravação como se fosse a coisa mais natural do mundo e ainda levar os cachorros para fazerem um lanchinho, LOOOOOL! Não sei exatamente quais são todas as obrigações de um passeador de cachorro, mas achei ótimo que Damon tenha dado um jeito de economizar do seu dinheiro com o lanche dos meninos ao simplesmente se aproveitar do bufê da série de Ben.
Amo muito também que Candice até tente interagir com Damon, mas, diante da insensibilidade dele, simplesmente ignore que o conheça para não levar esporro do chefe. E não sei porque ficou tão chocada com ele criticando a série, deveria mais era seguir o conselho dele (afinal, é um ótimo conselheiro, Carrie que se cuide!) e não querer tanto entrar pro time de roteiristas dessa série.

Carrie apareceu pouco, mas teve um papel fundamental no episódio, pois deu o pontapé inicial no comportamento surtado, SURTADO de Damon ao menosprezá-lo e dizer que Glenn era maior que ele. Ainda bem que no final ela esclareceu que estava sendo maldosa propositalmente (e aposto que seria maldosa normalmente também, LOL!)... Bom ver Darrie tendo seus momentos de fofura depois dessas “crises”, porque são mesmo muito fofos e cenas dos dois são sempre bem “aw”.

E de Damon que falo agora... Do migon, não do mijão! E repetindo o que Rachel disse (aposto que ela ia amar repetição!), Damon estava mesmo possuído nesse episódio. Gostei muito da forma como o episódio foi construído permitindo que ele transitasse por todos os núcleos e tivesse interações tão bizarras, divertidas e fofas com praticamente todos os personagens. Como se isso não bastasse, ainda interagiu muito bem com os cachorros! Isso que é ator competente, não é que nem Jake que fica errando falas em pontos cruciais!
Como já devem ter percebido nos outros parágrafos, curti muito todas as interações e me diverti horrores com cada uma delas, fica até difícil escolher qual gostei mais. O melhor de tudo é que, além de ser incrivelmente entretenedor, episódio mostrou que não foi apenas um filler porque cumpriu com objetivo importantíssimo de provar a Damon que ele é sim amigo dos demais e que pertence a esse grupo e que Los Angeles é seu lugar. Além disso, à sua maneira, ele acabou construindo algumas relações nesse episódio e espero que elas sejam exploradas daqui pra frente. Se minhas suspeitas se confirmarem e Candice estiver mesmo doente, Damon precisará confortar sua nova amiga e dizer sábias palavras como só ele sabe. Mas espero mais cenas com Nick, Terry, Jake, Jenny e Andrew também! Cool

Last, but definitely not least, é hora de falar de Beethoven, Pluto, Max, Tobias e Damon (o mijão, não o mignon!). Sério, foram um destaque à parte no episódio, gente! LOOOOL, desciclopei todas as cenas envolvendo peripécias caninas e espero sinceramente que Damon continue nesse emprego, precisa cuidar do seu xará e adestrá-lo devidamente! E como TVSN não dá muito espaço para animais brilharem, espero que esses fofuchos apareçam mais vezes para mostramos que somos uma emissora inclusiva!

Enfim, parabéns a Leo por seu début solo. E que venha o próximo... Algo me diz que vou desidratar horrores com ele! Sad

P.S.: Por mais feliz que eu esteja com o retorno de TATS na próxima semana, preciso dizer que já estou desolado por ter que esperar 3 meses pela próxima fornada de Stunt! Sad

P.S.2: Só por curiosidade, informo que o nome de Damon aparece 204 vezes no episódio! Laughing

P.S.3: Damon fofíssimo na foto do destaque do episódio. Bem melhor que a da abertura. Razz

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.08!

Mensagem  Harbor em Sex Fev 15, 2013 7:42 pm

E não é que Candice está mesmo com câncer de novo? Sad
A verdade é que, desde que o maldito envelope apareceu, eu já cogitava essa possibilidade, mas meu lado otimista iludido queria acreditar que não era nada disso e que ela realmente estava apenas fazendo pesquisa de campo para sua série com Terry. E preciso confessar que, por um momento, achei que ia sambar em nossas caras e fazê-la estar grávida de Ian, o que seria extremamente prejudicial pro bebê com todas essas aventuras que ela têm feito, mas está aí um Deus Ex Machina que poderia surgir para forçá-la a fazer o tratamento e se curar. Porque ela pode até argumentar com Nick, mas ela deveria levar seriamente em consideração meu pedido de analisar melhor essa história de não fazer o tratamento porque, desde que ela chegou, eu a tenho tratado muito bem.
Mas assim como no episódio anterior, Damon acabou repercutindo em todas as cenas, história de Candice fez a mesma coisa nesse episódio e ainda voltarei a ela, mas, por agora, vamos à ordem de abertura...

Nick e Sarah continuam muito bem como um casal casado e não canso de dizer isso porque é realmente recompensador vê-los assim depois de tudo que passaram e também porque me disse antes de temporada começar que não sabia muito bem como seria com os dois casados, então é sempre bom ressaltar que está fazendo um excelente trabalho com essa nova dinâmica dos dois. Very Happy
Sarah muito divertida ficando irritada com discussões de um grande grupo e depois muito fofa tentando consolar Nick ao dizer que é natural ele ter uma meia-irmã preferida. Ainda bem que eu só tenho uma irmã, mas aí paro para pensar nos meus pais e dá claramente para entender o ponto da história. De qualquer forma, Sarah foi mesmo uma fofa, mas não enganou ninguém tentando esconder o fato de que Jesse é seu preferido. Sei bem que ela se identifica muito com Megan por ser uma vagabunda no sentido de “parabéns, você se casou com um cara relativamente encorpado, mas tem a chance de admirar coisa melhor com o ex-roommate dele”, mas é notório que se dá melhor com Jesse.
Preocupação de Nick com Candice, atrasada ou não, também foi muito fofa de ver. Só espero que ele realmente consiga desenvolver melhor uma relação com Candice, porque, parando para pensar bem, Terry parece muito mais o irmão dela que o próprio Nick. Claro que Candice pode dar um piti por estar recebendo um tratamento diferente, mas espero que Nick consiga dar um jeito nisso oferecendo seus serviços como dublê para a série e os de Sarah como atriz, já que Candice aceita os privilégios do câncer numa boa quando se trata de trabalho. Cool

Próxima da lista é Rachel e, consequentemente, Scott, Carrie e Damon. Antes de qualquer coisa, é necessário dizer que amei Damon chateado com desprezo de Jenny e também falando que Carrie estava quebrada, LOOOL.
Bom de todo esse plot é que Rachel pôde mostrar que é uma boa amiga e, por mais folgada que seja passando seus dias fazendo cafunés em Scott às custas de Carrie, está lá para dar aquele suporte essencial quando é necessário.
Mas o mais incrível de tudo isso é o surgimento de Mindy... Se, há alguns episódios, meu medo era trazer Noah de volta, agora está trazendo uma nova personagem (e uma bem importante!), que pode até ter surgido aleatoriamente, mas que certamente não parece aleatória assim por se encaixar perfeitamente com o momento e a história que a série tá contando. E o principal de tudo é que fiquei bastante curioso para saber onde diabos está Mindy e já estou torcendor fervorosamente para que ela não tenha herdado o gene do câncer... Nem ela nem Carrie, pelo amor de Deus! Já basta todo o sofrimento que terei com Candice...

Próximos da lista são Melanie e Jake. E, por mais que não quisesse ver Candice doente, tenho que confessar que doença gerou avanços consideráveis em várias histórias e já até aceito decisão de ter feito Candyzinha ficar dodói.
Melanie vai disputar a guarda de Shawn novamente e acredito realmente que ela está mais preparada emocionalmente para lidar com todo esse drama, só precisa arrumar um bom advogado dessa vez. Por mais que eu ame Travis e suas loucuras, quero que Mel ganhe dessa vez e possa assim construir uma família feliz com Chase. E não é ótimo que eu já esteja tratando os dois como uma família? Razz Ok, pode (e deve!) até ir mais devagar com os dois, mas eles definitivamente precisam fluir como um casal, já estou na torcida desde que descobri que ele não seria apenas um one night stand pra Mel. A não ser, é claro, que tenha planos de fazê-los ser o casal que vai casar no fim da temporada! Rolling Eyes
Por outro lado, Jake decidiu que dará um rumo em sua carreira sendo o defunto da vez de CSI New York porque tem fetiche por Eddie Cahill (e como não ter com Rachel Green elogiando tanto aquela bundinha?). E acho irônico que poderia ter conquistado o papel de Sra. Schue em Glee que, por incrível que pareça, não é gay! E claro, ele definitivamente deve levar seu relacionamento com Sebastian mais adiante, mas teremos que esperar para saber o que realmente aconteceu na reunião do padre com seus superiores. Buuu, hiatus, buuu!

Antes de qualquer coisa, preciso dizer que crisei muito com Ben se atrasando para um compromisso em seu próprio apartamento e todos o tratando como se estivesse na Inquisição, LOL. E amo muito que, além de ser um incorrigível atrasado, ainda consegue ter mais uma ótima qualidade que é a de não conseguir guardar segredo e espalhar fofoca. Laughing Só não reclamo como Candice porque acabou gerando consequências positivas para ela e achei muito engraçado ele explicando que teve que contar para Miranda também para não acharem que ele tem preferidos. Com explicações tão aceitáveis, como não amar esse fofoqueiro atrasado?

Deixarei Candice por último, então falemos de Jenny... E não é incrível que tenha trazido Fried pra sacudir as coisas só porque eu disse que era o único que achava aceitável para sacudir as coisas? Mas sinceramente não gostaria que tivesse sacudido, LOOOL!
Ok, ele foi bem fofo consolando Jenny e compartilhando história triste da avó, mas Andrew é tão super-mega-ultra fofo que fica mesmo muito difícil torcer para outra pessoa ficar com Jenny, por mais hot que essa pessoa possa ser. Nesse caso, fofura ganha de gostosura, gente!
De qualquer forma, Jenny estava num momento vulnerável e nunca me pareceu estar 100% ligada em Andrew, então acredito que esse beijo possa render um bom desdobramento para Jendrew, com Jenny conseguindo definir exatamente o que sente por Andrew. Só espero que seja uma definição de sentimentos que me agrade, LOOOOL.

O fato de Terry e Candice serem tão próximos e terem uma química tão boa faz com que uma parte de mim queira torcer por eles por casal. Embarassed No entanto, gostaria de lutar contra essa vontade e torcer pelos dois como dois bons amigos que são quase como irmãos. E diante dessa relação, é bem agridoce ver a preocupação de Terry com a amiga e seu sentimento de culpa por não ter se dado conta que as extravagâncias de Candice tinham algo mais fundo. E é bom ver Monica sendo companheira e tentando dar opções que Candice talvez aceite só para que o sofrimento de Terry passe. Só espero que os dois, Terry e Monica, tenham chance de terem mais cenas juntos na próxima leva de episódios e, levando em conta que Terry está na promo de destaque, eu realmente espero que sim. E é necessário dizer que já estou ansiosíssimo para acompanhar amadurecimento de Terry!

Como disse anteriormente, até aceito melhor a decisão de Candice estar doente por tudo que isso desencadeou e ainda desencadeará na série, mas realmente espero que ela consiga superar a doença, seja através do tratamento tradicional ou do alternativo. Fato é que Candice trouxe um frescor e uma leveza para série na temporada passada e Autumn é tão fofa que precisa se manter empregada em uma série de qualidade e que respeita usa tão bem o seu talento! Cool
Assim como acontece com Terry e Monica, também gostaria de ver mais de Candice e Ian, até porque ele se mostrou um namorado bem fofo nesse episódio com todo o suporte que ele tem dado a ela. E creio que esse suporte foi essencial nos últimos meses, então torço para que o casal tenha mais momentos bacanas.
E até entendo todo o discurso de Candice e compreendo que ela não quer dar trabalho nem fazer ninguém sofrer, mas espero que ela também entenda que ela é tão importante para os demais que vale a pena lutar para continuar ao lado deles. E quem sabe com essa oportunidade de virar roteirista, ela não tente lutar para continuar vivendo. Aliás, discussão entre ela e o Ben sobre a hipocrisia dela foi muito boa, porque realmente mostrou o quanto ela pensou sobre o assunto e que, diante da atual situação dela, é válido pegar um atalho para conseguir realizar seu sonho. Até porque, mesmo que não estivesse doente, poderia fingir que estar com situação do blog, mas ia ainda ia demorar para ela conseguir ser roteirista. Então, trate de lutar, Candice Rainey, porque não quero vê-la morrer antes de realizar esse sonho! Wink

Jura mesmo que episódios inéditos só virão em maio? Sad Sei que nem posso reclamar muito devido aos meus atrasos, mas não consigo evitar de pensar que terei que esperar 3 meses para continuar a acompanhar essa temporada tão deliciosa! Mad

P.S.: Tocou The Last Time, gente! Viciou também ou só acha bacaninha?

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.09: "I'm A Surfer, Babe"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Qua Ago 14, 2013 10:49 pm

Terry (Ryan Kwanten) descobre que sua carreira de surfista corre um grave risco ao conhecer sua nova empresária (guest Kim Shaw), que está mais interessada em outros atributos do rapaz. Enquanto isso, Rachel (Sarah Carter) decide voltar ao seu emprego na escola, mesmo sabendo que terá de enfrentar Darren (guest Oli Goodwill) pelo cargo. Scott (Mike Vogel) resolve ajudar Carrie (Patricia Ja Lee) a encontrar sua irmã perdida. E Jenny (Alexa Vega) começa a ter problemas financeiros após ser deserdada por sua família e precisa lidar com sua nova condição social.
Também estrelam Johnny Whitworth, Kristanna Loken, Rhett Fisher, Alison MacInnis, Huntley Ritter, Layke Anderson e Autumn Reeser.
Também participam Ryan Merriman e Alex Heartman.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.09!

Mensagem  Harbor em Qua Ago 21, 2013 10:29 am

Apesar de entender os motivos, confesso que fico bem chateado com os hiatus de suas séries... Só que aí elas retornam e me delicio tanto com as histórias dos personagens que qualquer irritação é rapidamente dissipada.
Claro que vou continuar insistindo nos 2 episódios extras necessários para todos do elenco aparecerem 2 vezes na fotinho do comente e também para auxiliar na conta pros 200... E nem pode reclamar, porque aprendi essa técnica de repetição com Rachel e vou repetir essa ladainha até você acatar! Wink

E já que citei minha professora de repetição, vamos falar dela... Fico feliz que ela tenha se dado conta que precisa voltar a trabalhar e foi rivalizar com Darren. Sinceramente, acho que técnicas de Darren na direção da escola são extremas, mas têm lá seu fundamento. Não sei ainda como fará para resolver essa disputa entre os dois e até acho que os dois juntos poderiam fazer um bom trabalho achando um meio termo entre as duas metodologias ou fazendo "good cop, bad cop" como diretores juntos. Se continuarem usando as frases clichês de vilões vou continuar amando, só não podem partir para diálogos com esfihas de berinjela gratinada que aí ficarei preocupado! E claro, com Mel presente nas cenas pra tirar sarro dos dois de maneira tão competente, já ficarei mais aliviado em aproveitar novas interações entre Darren e Rachel.
Mas olha, embora goste de ver Rachel tentando recuperar seu emprego e tenha me divirtido com a cena, não ficaria chateado se ela partisse para um novo desafio profissional... Veja só Scott que achou que só servia para tirar a roupa e virou um belo detetive! Se bobear, tem mais potencial que Veronica Mars, gente!

E é justamente dele que falo agora... GENTE, Leo só pode ter escrito essa cena junto com episódio de Damon, porque nível de surtação, SURTAÇÃO foi o mesmo! Aliás, Damon combativo tava uma delícia de assistir, sempre parece tão aceitador de desaforos que é bom ver essa nova faceta dele. Espero que cachorros continuem dando trabalho para mantê-lo assim mais um pouquinho. Carrie não fez muita coisa, porque virou uma batata de cadeira. Acabou sobrando para Scott e suas técnicas de investigação para fazer a cena ficar hilária. Sério, crisei muito com toda a técnica utilizada e o ápice foi a descoberta do “Know Your Asian”, LOOOOOL! Lembranças do passado de coiote também foram boas e amei que já cortou lenga-lenga de procura de Mindy e estou ansiosíssimo para conhecer a outra japa tarada. Aliás, amo que Mindy Kim e Carrie Kim sejam nomes tão comuns para irmãs asiáticas, esse povo dos olhos puxados são tão sem criatividade... Podiam colocar nomes como Niamh em suas filhas, gente! Só espero que Scott abrace essa nova vocação, muito bem-sucedido para não aproveitar essa carreira!

Algo me diz que a cena que encerrou esse episódio seria a cena que encerraria o anterior e devo concordar com Leo que foi melhor não ter encerrado primeira parte da temporada dessa forma. Claro que Nickarah vão conseguir dar um jeito e vão se casar oficialmente aos olhos da igreja, mas seria muito sofrimento esperar tanto para ver resolução disso. Claro que ainda pode enrolar um pouco e deixar pra casório dos dois ser o casório da finale de novo e vou ter que esperar do mesmo jeito, LOOOL. Mas não faria isso, faria? Ia ser um desbundão!
De qualquer forma, não vejo nenhum motivos para os dois duvidarem do casamento agora, os dois têm vivido um casamento tão bem-sucedido. E amo muito que Sarah continue sendo uma quenga (adorável e deliciosa, só pra constar!) com Jake por causa de visita em hora inapropriada... Até entendo a implicância dela por conta do horário, mas sinto que ela leva as coisas a outro nível só por ser com Jake e não quero nem imaginar o que o pobrezinho vai sofrer só por namorar aquele que causou esse casamento “indigno” aos olhos da igreja. Antes disso, Nickarah estavam chorando as pitangas com documentário sobre câncer... Só espero que isso dê injeção de ânimo necessária para Nick ir atrás de Candice e tentar ser um melhor irmão e quem sabe convencê-la a fazer o tratamento.

Ai, gente, Jenny continua procurando pelo amor nos lugares errados, hein? Essa história de ficar devendo dívida para Grelha não me soa bem... E ainda tem beijo com Fried que ficou em aberto. Não me conformo com esses interesses românticos para ela quando temos Andrew sendo tão fofo (e não tendo seu devido reconhecimento, pobrezinho!). Isso tudo só reforça que as mulheres preferem mesmo os cafajestes. Não que Fried ou Gary sejam cafajestes... Ok, Gary até foi um pouco, mas sou tão team Andrew que não aceito algo contrário disso. E, gente, Gary é tão década passada, não é mesmo? Nem tem mais sua guitarra a tiracolo para dizermos que é “lindo, perfeito e toca guitarra”. De qualquer forma, posso ser apenas um maldoso que julga precipitadamente as cenas, mas vamos esperar... Quem sabe essa reaproximação dos dois seja apenas para dar um closure decente aos dois e colocá-los na friend zone de uma vez por todas? Rolling Eyes
E amei muito ver Jenny sofrendo com seu saldo insuficiente... Até que Donald demorou um bocado para raspar a conta bancária dela, gente, nem sei porque ficou reclamando! No mais, quero que Jendrew engrenem! Smile

Para finalizar, volto ao início do episódio que nos brindou com mais uma ótima interação entre Candice e Terry. Amo muito que Candice seja tão fofa tentando usar uma linguagem que Terry entendesse. Mas, buuuu, não conseguiu onda de inspiração necessária e seus sonhos estão morrendo na praia! #tudumpá
E precisa vencer esse câncer, gente, nem que para isso precise perder os cabelos... Não vou me conformar que vire fantasminha tipo Marina Ruy Barbosa!
Mas vamos falar do verdadeiro protagonista do episódio que finalmente teve seu destaque (se livrando da síndrome de Jaclyn DeSantis, hooray!)... Depois de gastar horrores com cenários de Coyote Ugly, tá dando um jeito de reintroduzir o cenário ao transformar aos poucos Terry no mais novo coiote quente de LA, confesse! Sim, porque logo logo nosso surfista preguiçoso e com “probleminha” vai pegar o posto vago de Sherlock. Razz
Brincadeirinhas à parte, preciso dizer que também gostei de ver esse aprofundamento na vida profissional de Terry... Esses personagens passam tanto tempo à toa que é bom saber que eles têm sim uma profissão e que muitas vezes ela é afetada por essa “preguiça”, dá um toque de realidade e ainda faz tudo de forma divertida e fofa. Adição de Cady na história foi bacana, simpatizei muito com a personagem que foi tão audaciosa em seu primeiro encontro tentando ver Terry de cueca e ainda mostrou sua faceta divertofa imitando piratas!
Por mais que Terry ame o surfe, já torço para que consiga enveredar pela carreira de modelo, porque isso significará mais participações de Cady e já quero isso! Não sei se ela foi adicionada para mexer um pouco na história romântica de Terry, porque sinceramente Monica tá bem apagadinha nessa temporada que me pego torcendo cada vez mais por Tendice, então vamos ver o que essa empresária júnior vai aprontar! Já quero Terry aprontando altas confusões em campanhas com Cady a tiracolo para auxiliá-lo com seu probleminha. Very Happy

P.S.: Simplesmente MORTO com Ben aparecendo brevemente apenas para reforçar sua fama de atrasado, LOOOOOOOOL!

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

STUNT #7.10 - "Hotheads"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Qui Out 17, 2013 12:02 am

A tensão entre Sarah (Kristanna Loken) e Jake (Rhett Fisher) aumenta quando ela decide culpá-lo pelo seu não-casamento. Enquanto isso, Nicholas (Johnny Whitworth) tem seus próprios problemas ao precisar lidar com um novo lado de Jenny (Alexa Vega). Disposta a lutar por Shawn, Melanie (Alison MacInnis) pede a ajuda de seus amigos, mas se surpreende ao ser traída justamente pela pessoa que sempre julgou estar ao seu lado. E Ben (Huntley Ritter) cria desconforto ao levantar suspeitas entre a relação de Terry (Ryan Kwanten) e Candice (Autumn Reeser).
Também estrelam Sarah Carter, Patricia Ja Lee, Mike Vogel e Layke Anderson.
Participações de Simon-Paul Wagner e Cheyenne Jackson.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.10!

Mensagem  Harbor em Ter Out 29, 2013 4:24 pm

Lembro que li esse episódio logo quando teve “discussão” sobre trilha de Time no Twitter e queria começar meu comentário criticando a de Stunt só pra causar discórdia. :lol:No entanto, só não conhecia Moya (e acabei amando!) e não sou o maior fã de Regininha (mas achei a música usada um máximo!). No fim das contas, minha única ressalva seria para o uso de Violeta 78... Alyson Renae e Amanda Joy que me desculpem, mas gostava muito mais delas quando usavam apenas abreviações de seus nomes, era uma época mais feliz! Bom, se a trilha não me deu chances de criticar muito, quem sabe eu consiga criar discórdia com o comentário em si? Rolling Eyes

Vou começar logo por uma das partes que me deixou em conflito: Sarah! Quando plot do casamento não ser válido religiosamente surgiu, juro que pensei que tinha surgido apenas para ser um bom cliffhanger e permitir que Nickarah reforçassem seu amor e fossem fofos mais uma vez nessa temporada. Claro que aprendi ao longo do tempo que crises são necessárias para os relacionamentos e até acho legítimo que faça Sarah ter dúvidas agora porque plot toma rumo que eu não esperava, além de, claro, fazer surgir uma crise. No entanto, minha ressalva fica por conta justamente da crise, LOOOL. A verdade é que Sarah foi uma quenga abrasiva durante um bom período na série, mas depois conseguiu reconquistar o amor dos telespectadores e é justamente por isso que estou dando voto de confiança e vou esperar pra ver desenrolar da história para poder xingar ou elogiar atitudes dela apropriadamente. Nesse primeiro momento devo dizer que amei ver a abrasividade dela com Jake (embora tenha achado excessiva em alguns momentos), mas depois da atitude dela no final vi que era apenas uma maneira dela descontar suas frustrações em alguém (e descontou logo em sua pessoa preferida para isso, LOL). Enfim, só torço para que seu bloqueio acabe logo para que eu possa saber conclusão desse plot e assim consiga por um fim à minha confusão sobre o que achar da personagem nesse momento. Preciso de mais background dessa história para entender melhor o que se passa na cabecinha de Sarita.

Enquanto isso, Nick tava lá todo fofo e solícito tentando resolver a situação não só para acalmar os nervos de Sarah mas também para impedi-la de matar Jake. E como se tudo isso não bastasse, ainda teve que lidar com Jenny ligando bêbada para pedir dinheiro. Sinceramente, espero que situação com Sarah se resolva porque ela precisa do apoio dela para lidar com Jenny. Não que Jenny seja um problema grave, mas pelo histórico de Nick, ele acabou ficando abalado. E se Sarah não abrir o olho e parar com o showzinho, Jake pode acabar tendo que dar outro beijo para consolar o amigo! Laughing

E vamos aproveitar pra falar logo de Jake... E quem diria que uma sex (nesse cao, jerk off) tape poderia deixar Sebastian tão soltinho, gente? Tão mais solto que meu arroz branco (não consigo acertar o ponto de jeito nenhum! Sad). Desabafos culinários à parte, preciso dizer que gostei muito do retorno de Sebastian e foi bom vê-lo assim livre, leve e solto, só não concordo muito com parte de casamento. Ele e Jake estão tendo um relacionamento bacana e sinceramente até torço pelo futuro do casal, mas não quero vê-los casando agora. E acho que Jake também não quer e malandramente já aproveitou crise de Nick para fugir da proposta agora.
Preciso dizer ainda que gostei muito mais de Jake nas interações dele com Sarah do que da nossa estrela cinematográfica, simplesmente porque acho que ela passou do ponto em alguns momentos, enquanto Jake soube manter sarcasmo e deboche no ponto certo. No entanto, achei um abuso sem tamanho ele querer dormir na casa de Nick depois de despejar a notícia... Quer dizer que era tarde para voltar para casa, mas não era tarde para ir até lá despejar a bomba? Razz

Não vou deixar Jenny para o final, porque foi a outra parte do episódio que me deixou dividido como Sarah, então falarei logo dela. Lembro bem como eu fazia diversas orgias com meus personagens em LOF e você sempre me criticava por isso e a verdade é que tô sentindo essa vibe com Jenny. Claro que tá fazendo isso de maneira competente e que aprovo, mas ainda não sei o que quer com Jenny. Primeiro, ela ficou cheia de receios com Andrew, mas cedeu às investidas dele e até tiveram pseudotransa. Talvez, ela tenha se envolvido com ele por carência ou por sentir pena dele ser tão fofo com ela e se sentir na obrigação de retribuir de alguma forma. A única coisa que sei é que Jenny não merece Andrew... Não nesse momento, pelo menos. Veja bem, amo Andrew e acho que ele forma um casal bem fofo com Jenny, mas está claro que ela não está muito certa disso porque, logo depois de aceitar o namoro, já beijou Fried, reencontrou Gary e teve “closure” que pode até ser reopen e agora já tá se engraçando com Fried novamente.
E como diálogos bem lembraram, Jenny nunca foi uma adolescente das farras, só que depois de ser deserdada por ter falhado em Crítica Musical, a jovem resolveu dar uma aloprada básica, mesmo que agora não tenha mais condições financeiras para isso. Enfim, sinto que Jenny está perdida e está atirando para todos os lados (ou, para ser mais sincero, deixando todas as possibilidades em aberto) e a verdade é que se quer curtir a vida e a solteirice, dou o maior apoio, até porque já simpatizo mais com Fried e até shippo o dois tendo romance mais casual/aberto, mas Jenny precisa liberar Andrew para o pobrezinho poder abraçar pessoas que estejam realmente dispostas a se comprometer com a fofura dele. Enfim, acho que Jenny tá tentando ter seu momento de liberdade e tentando se achar como pessoa, mas não acho justo que magoe Andrew no processo, então é só liberá-lo que vou adorar curtir essa jornada seja ela com muita farra ou com muito trabalho para pagar as contas! Wink
Só quero ressaltar que conseguiu deixar Fried ainda mais fofo e já até torço muito por ele, mas também não me importaria de vê-lo com Polly para aumentar a rixa dela e Jenny, hahaha! Não entenda mal, acho Fried ótima e química com Jenny tá excelente, mas, em respeito a Hunter, só aceito que Frenny tenham romance casual.

Mel querendo recuperar Shawn é algo que me agrada, porque acho que sofreu muito com a perda da guarda e fará um trabalho melhor se recuperar o filho. É claro que ainda precisa melhorar em alguns aspectos, principalmente na relação com Steven e Lindsey, que creio que vão continuar participando da criação do menino. Também entendo o ponto de vista de Scott e até concordo um pouco com ele, mas estou na torcida por Mel. Creio que após um período de adaptação, Shawn pode se reacostumar com a mãe e o melhor para ele é estar com toda a família. Sem falar que possibilidade de termos Travis advogando na série muito me agrada, então estou na torcida.
Sobre Scott, ele foi um pouco duro, mas achei necessário o que ele disse, acredito que isso vai fazer Mel refletir melhor e se empenhar de forma adequada. Ela ainda faz certas coisas de forma relaxada (vide as cartas de recomendação) e precisa ser mais responsável se quiser cuidar do filho. E claro, espero que ela conte logo a verdade pra Chase para que os dois com seus respectivos filhos possam formar uma família feliz! Very Happy
No meio dessa desavença familiar, foi bom ver Carrie tão preocupada com advogado que Mel vai ter que usar, achei tão fofo! Damon também estava ótimo fazendo piadinhas, só Rachel que ficou mais apagadinha mesmo, mas tudo bem, alguém tem que se sacrificar pelo time. Cool

Sei que Candice só está na série há pouco mais de uma temporada, mas sinto que a conheço há uns 5 anos (e de fato acho que é isso mesmo, LOL!)... E isso só reforça para mim a impressão de que ela e Terry são amigos de longa data que são perfeitos juntos (ainda que amizade não seja tão longa assim), mas ainda não se deram conta disso. Tenho feito um esforço para não shippá-los, mas são tão divertofos e adoráveis juntos que fica difícil. Além disso, aparições esporádicas de Ian e Monica não ajudam muito na torcida por eles com outras pessoas. E claro, agora que Terry decidiu negar veemente que não há nenhuma possibilidade dele e Candice se envolverem, aí é que possibilidades aumentam, obviamente!
Preciso dizer ainda que romance dos dois permitiria economizar guests (Ian e Monica) e cenas dos dois, que já são frequentes, e cumprem bem o papel entretenedor cumpririam também o papel de mostrar a vida romântica dos personagens de forma mais competente. Como se isso não bastasse, Candice deixou claro que Terry é o único que a tem feito se sentir bem com doença, então vejo na relação dos dois uma esperança para Candice tentar se tratar e se salvar. Claro que poderiam se separar no futuro e teria que lidar com 2 fixos que namoraram e viraram exs, mas não é como se não já tivesse feito isso anteriormente, huh? E sempre fez isso tão bem com todos os demais casais de fixos da série que nem tem motivos para não juntar logo esses dois! Razz
E claro, ainda pode aproveitar Ben no meio de tudo isso para atrapalhar um pouco o casal. Se Tandice vai sair do papel ou não, não sei, mas foi muito bom ver Ben chegando atrasado mais uma vez por causa dos ratos (ew!) e revelação de que Trevor fantasia com Terry. Só foi uma pena que atraso de Ben tenha impedido sua participação na montagem de looks... Aliás, achei montagem muito ótima e música de fundo deu um clima perfeito! Smile

Próximo episódio vai ser focado em casamentos e preciso dele logo para tomar uma posição a respeito de Sarah. Claro que tenho 2 episódios de Time para comentar antes, mas não se acanhe e faça episódio logo! Laughing

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

STUNT #7.11 - "Getting Remarried Today"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Qua Nov 13, 2013 11:26 pm

Nicholas (Johnny Whitworth) tenta entender os motivos que levaram Sarah (Kristanna Loken) a fugir do próprio casamento, enquanto Ben (Huntley Ritter) precisa lidar com a proposta de Trevor (special guest Channing Tatum) e Jake (Rhett Fisher) confronta Sebastian (special guest Cheyenne Jackson) sobre o pedido. Melanie (Alison MacInnis) não se conforma com as atitudes de Scott (Mike Vogel), e Candice (Autumn Reeser) se consulta com uma especialista em acupuntura (special guest Becki Newton). E em Harvard, Jenny (Alexa Vega) decide procurar um emprego.
Também estrelam Sarah Carter, Patricia Ja Lee, Layke Anderson e Ryan Kwanten.
Também participam Jessica Collins, Warren Christie e Alex Heartman.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.11

Mensagem  Harbor em Dom Nov 24, 2013 6:21 pm

Gente, mas que temporada revolucionária é essa? Casamento no meio da temporada não pode! Aliás, amo que muitos casamentos de final de temporada não se concretizam/não dão certo e temos Nickarah fugindo dessa estatística e ainda sambando na cara dos demais com recasamento fora de época!

E já que citei Nickarah, vamos logo falar deles... Fiquei bem preocupado e apreensivo com Sarah fugindo de casamento, confesso até que achei que ela fosse voltar a ser aquela quenga abrasiva de antigamente. Por isso, fiquei muito feliz ao ver que minhas suspeitas eram infundadas. Aliás, meus parabéns por ter feito uma crise simples (mas que soa completamente natural) ao invés de simplesmente jogar coisas ou pessoas aleatórias para minar a relação do casal. Tendo acompanhado de perto minha irmã durante os preparativos do casamento dela e os de várias outras noivas (minha mãe virou cerimonialista nos últimos anos), sei muito bem como as mulheres idealizam o casamento e querem tudo perfeito, então natural que Sarah tenha ficado desesperada ao se dar conta que seu casamento perfeito não era oficial e que o oficial não chegaria aos pés do outro. O melhor nessa história toda é ver como Nick é fofo e disposto a fazer Sarah feliz porque ele não se abala com a “futilidade” da mulher. Aliás, não só não se abala como ainda faz tudo ao se alcance (dadas as circunstâncias) para que ela possa ter um casamento oficial tão bacana quanto o não-oficial... E quem precisa de irmãos dos noivos, quando se tem Matt White tocando novamente no seu casamento? Razz Nick muito sensível, então trate apenas de dar crises simples e críveis para os dois, porque já são meu OTP na série e não quero nada dando errado com eles! Wink

Jake teve um plot que me deixou com mixed feelings. Embora entenda o posicionamento de Sebastian e até ache romântico sob certa perspectiva a atitude de esperar para transar só depois que casar, precisamos ser realistas, né? É muito complicado fazer isso nos dias de hoje e, apesar de todo o amor, vai que no rala e rola não rola? Além disso, por mais que Sebastian tenha ajudado Jake num momento complicado, não acho que Jake conseguiu sentir a mesma coisa que sentiu com Ben, então é compreensível que ele não queira se comprometer tão profundamente. Talvez se Sebastian não tivesse os valores religiosos e os dois tivessem uma relação normal, Jake poderia aceitar o casamento futuramente, mas aí já teria fechado o negócio, LOL.
Enquanto isso, Ben me parece que aceitou a proposta meio a contragosto e só para poder continuar com Trevor. Pra ele, pouco importa se o casamento vai dar certo ou não, ele só aceitou oficializar para não ficar mais sem Trevor, mesmo que o casamento deles não tenha muita cara de “para sempre”... E acho que para Ben isso pouco importa, só quer ficar com Trevor enquanto durar, seja como marido ou como namorado dele!
Voltando a Sebastian, mesmo que Jake tomasse uma atitude tipo a de Ben de aceitar o pedido sem se importar muito com o longo prazo, acho que seria pior para Sebastian se o casamento não desse certo no futuro. Por isso, até acho bom que Jake tenha ferido os sentimentos dele agora... E pode até ter largado tudo por Jake, mas pelo menos agora tá livre para ser quem ele é realmente e quem sabe até encontre algum padre excomungado ou pelo menos alguém que compartilhe dos mesmos valores que ele.

Damon e Carrie tiveram que interagir com Jake… Quer dizer, era para ser só Carrie, mas a verdade é que sem Damon não teria tanta graça assim. Amo que ele leve as coisas “ruins” que lhe aconteceram tão positivamente, fazendo piada de tudo, o que só mostra que realmente essas coisas estão no passado. Damon estava muito engraçadinho com suas intromissões durante a sessão de aconselhamento de Carrie, mas ela também não ficou muito atrás tentando adivinhar o problema de Jake, crisei muito com a fala! E amo muito que Jake e Ben sejam tão parecidos que ficam recorrendo a conselhos de Carrie para basicamente os mesmos problemas! Laughing

Se eu até defendi um pouco Scott no comment anterior, dessa vez não poderei fazer o mesmo... Entendo que ele e Mel sejam teimosos e prefiram continuar com a briga a simplesmente se acertarem, mas ele pegou um pouco pesado ao dizer que ela perdeu a guarda por ser uma péssima mãe. Mais uma vez Scott não disse nenhuma mentira, mas a forma como falou não foi legal, então espero que ele deixe o orgulho de lado e peça desculpas a irmã... Mas claro que ver Mel assumir que Scott tem um pouco de razão e está com medo da batalha judicial seria legal também. Quer dizer, tem tudo para ser um momento bem fofucho de reconciliação entre o dois.
No meio de tudo isso, temos Rachel que tenta não se meter, mas acaba se metendo. No entanto, foi relevante mesmo ao descobrir que Darren está fazendo um bom trabalho com diretor e acho que essa poderia ser uma boa oportunidade para ela desistir de voltar a ser diretora e tentar outra coisa... Quer dizer,  até quis saber opinião de Darren sobre o caso de Paulie antes de dar sua opinião própria, o que me pareceu medo de dar uma bola fora. Ou seja, talvez seja melhor seguir em frente mesmo.

E não é que Monica e Ian deram mesmo as caras? Mas confesso que só apreciei aparição de Ian... Minha reclamação sobre ausência dos dois foi no fato de que me faziam torcer para romance de Candice e Terry por não vermos os dois contracenando com seus pares. Aí pares voltam, mas só Ian foi fofinho com Candice, nem deu pra curtir Monica com Terry porque ela estava mais ocupada em menosprezar trabalho de Kendra por não ser tão pautado na ciência como ela gostaria. Entendo que ela tenha esse posicionamento, mas não é participando assim da série que vai fazer minha torcida por ela e Terry aumentar, huh? Por outro lado, até torço por Ian e Candice, mas ele pode acabar se afeiçoando a Kendra durante processo de recuperação de Candice e fica tudo certo! Wink
E por falar em Kendra, realmente achei personagem divertida e fofíssima, Becki muito ótima no papel... Melhor de tudo é que Candice finalmente parece estar cedendo e vai se consultar novamente. Ou seja, é win-win com mais Kendra e com Candice lutando para vencer o câncer com todas as técnicas de Kendra que curam até diarreia, é muito promissor, gente! No meio de tudo isso, ainda tivemos momento fofinho de Candice e Terry, mas prometo que não vou ficar insinuando muita coisa sobre os dois, a não ser, é claro, que me dê mais motivos para isso nos próximos episódios! :roll:Só acho Terry muito fofo querendo ajudar Candice assim, mas depois da montagem fashion ao som de Natasha organizada por Candice ele estava mesmo na dívida.  

Jenny continua na pior e aparentemente ainda vai piorar mais... Considerando que sempre teve tudo dos pais e que não faz mesmo o estilo laboral, não é de estranhar que ela lute contra a ideia do trabalho. Entretanto, com o choque de realidade que está tendo, acho que vai ter que repensar algumas coisas e acho que vai ser bom para ela e para o público acompanhar um pouco do crescimento da personagem. Enquanto isso não acontece de fato, é divertido ver Dustin tirando sarro da cara dela com as piadinhas que faz e até mesmo com o cúmulo que a própria Jenny chega para matar a fome. Já tinha sentido uma certa tensão entre os dois na primeira interação deles e nesse episódio isso só se intensificou, mas sinceramente espero que ele não entre para a lista de pretendentes de Jenny e seja apenas o cara que vai fazê-la encarar sua realidade de “ex-menina rica”. Até porque né, temos Hunter Andrew e Fried na jogada e não precisamos de mais um.
Só torço para que Jenny consiga o papel, apesar de toda a implicância de Dustin, porque já amei referências a HSM e acho que musicais em Stunt nunca são demais! 8)Só perdoe a minha ignorância, mas juro que não sabia que peças de faculdade tinham verba para contratar atores “profissionais” como Jenny. Quer dizer, podem até cobrar por entrada e isso ajudar a pagar o elenco, mas não é como se peças de faculdade fossem um grande sucesso de público para Jenny conseguir ganhar muita coisa, huh? Desse jeito, só vai dar mesmo para comprar um sorvete que vai ter que tomar a coleradas contadas para durar o mês inteiro!

P.S.: Acho um desbunde que deixem a produção atrasar como os meus comentários! Mentira, entendo completamente... Saudades tempo de comentar 2/3 séries no mesmo dia em que episódio ia ao ar! Sad

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.12 - "A Little Party Never Killed Nobody (Until Now)"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Ter Set 23, 2014 12:51 am

STUNT #7.12 - "A Little Party Never Killed Nobody (Until Now)"
Cada vez mais distante da família e dos amigos, Jenny (Alexa Vega) se afunda de vez e acaba na cadeia após perder o controle em um dia em que nada dá certo para ela. O conflito entre Melanie (Alison MacInnis) e Scott (Mike Vogel) também chega a um ponto do qual ficará difícil voltar, enquanto Terry (Ryan Kwanten) sofre ao ter de lidar com uma rejeição pela primeira vez na vida. E Ben (Huntley Ritter) se surpreende ao ouvir de Amy (special guest Chloë Grace Moretz) uma revelação inesperada.
Também estrelam Johnny Whitworth, Kristanna Loken, Rhett Fisher, Sarah Carter, Patricia Ja Lee, Layke Anderson e Autumn Reeser.
Também participam Haley Beauchamp, Chuck Hittinger e Alex Heartman.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

7.12!

Mensagem  Harbor em Dom Set 28, 2014 10:41 pm

Gente, estou muito chocado que: 1) hiatus de Stunt tenha durado quase um ano, parece que foi ontem que veio me ver (sem paqueras desenfreadas com Leo e sensualização em bebedouros!); 2) teve audácia de dar spoiler tão descarado sobre o episódio no título, mas sou otimista iludido e não acredito em morte de Polly; 3) vai mesmo fazer episódio de Natal, gente, já está até fazendo preparativos com árvores sendo montadas (a não ser que faça episódio de Natal sem ser sobre Natal e seja sobre relações humanas Laughing). Maria já até pode bailar, mas também fiquei chocadíssimo com o tanto de plot que rolou nesse episódio (quis mesmo compensar o hiatus, huh?). E chocado também com conclusão fabulosa de Leo que Stunt tem uma extensa lista de criminosos, o que só nos revela que série é mais sobre contraventores que sobre dublês. Enfim, foram muitos choques com esse episódio e poderia continuar discorrendo sobre isso, mas com tanto plot, acho melhor partir pros personagens em si.

Começo com Nick e Sarah que continuam deliciosamente divertofos em sua segunda lua de mel... Amo muito que casal seja tão entrosado e seguro de si que fique fazendo piadinhas sobre vagabundice (no sentido de parabéns, claro!) de Sarah sem remorsos. E Sarah nem poderia reclamar também porque Nick muito fofo recriando segundo casamento enquanto ela surtava, tem mais mesmo é que aturar piadinhas! Pena que Jenny só teve a chance de ver pelo Instagram do Damon (e Leo ainda disse que Damon não teve plot! Rolling Eyes )... Aliás, Instagram já existia em 2008, gente? Tá certo que tenho delay e só fui começar a usar esse ano, mas não sabia que tinha esse tempo todo de existência. E por falar em Insta e modernidades, como os personagens estão conectados digitalmente, huh? Nunca vi um episódio em que usassem tanto o celular! Mas comentários tecnológicos à parte, Sarah não fez muito mais que ficar sexando com Nick.
Já ele tá tendo matar dois coelhos com uma cajadada só (olha aí mais um contraventor!) ao suprir falta de Jenny dando a atenção que Candice tanto quis e nunca teve direito da parte dele. Não sei se Jenny vai conseguir brotar em LA pro Natal, mas já torço por um momento especial de família entre os três como Candice tanto quer.

AMO que piadinha de Jake encontrar todos no supermercado não cansa, gente! Mais acessível que ele só mesmo Rhett que esbarra com fãs na porta do banheiro e vende CDs no processo! Razz
Não sei se compro ideia de Leo de que ele e Scott vão se engraçar, mas até torço por um threesome envolvendo os dois e Ben porque tô com saudades de TATS e Lobinho tá muito pudica ainda! Mas claro que achei uma injustiça que público não tenha visto Scott ensinando Jake a diferença entre salmão e peito de peru! Laughing De qualquer forma, Jake só deu empurrãozinho mesmo para Mel e Scott se acertarem colocando os dois no mesmo ambiente.
E realmente não sei quem é o mais teimoso, mas felizmente Scott deixou a teimosia um pouco de lado e deu cartinha (era com papel perfumado?) e fez a alegria da irmã. Agora é só mesmo torcer pro clima natalino imperar e Mel tomar a iniciativa de perdoar o irmão de vez.

E amo que Rachel e Scott também estejam tão entrosados quanto Nickarah após todos os percalços que passaram a ponto de Rachel aloprar a teimosia de Scott sem deixá-lo tão irritadiço. Claro que mensagem de Mindy ajudou um pouco no processo... E mensagem não só fez Scott parar de resmungar, como ainda deixou Damon surpreso com chegada de Mindy (postou foto e ficou surpreso... In your face, Leo!). Também não sei muito bem o que esperar de Mindy, mas já me anima muito que, depois de anos sem se verem, Carrie esquece a irmã no aeroporto e as duas já estão trocando mensagens carinhosas! <3 E claro, não quero que fiquem remoendo que o câncer as afastou e tudo mais, a menos que estejam perto de Candice... Aí tá liberado remoer o câncer para convencê-la a fazer o tratamento adequadamente! Wink

Se Jake encontrou mais alguém no supermercado, Ben chocou o público ao não se atrasar no episódio, PIUI! O que é até positivo porque, caso se atrasasse pra encontrar a filha, corríamos o risco de Amy crescer mais alguns aninhos durante a espera. Mas amo que Amy esteja crescidinha o suficiente para ficar dando indiretas sobre físico de Terry.
Claro que mais importante que Ben envergonhando Amy com seus elogios ou com os dois aloprando Terry é revelação bombástica de que Tracy tá traçando Charlie e agora Amy vai ter família ainda mais disfuncional. Não é à toa que pareça tão crescida a cada nova aparição, precisa ser mesmo muito madura para lidar com uma família dessas. A gente pode ignorar a parte em que eu nem tinha me dado conta de que o tio Charlie que Amy citou era irmão de Ben, mas agora que sei, quero muito ver desdobramento dessa confusão toda. Até porque  posso ter esquecido momentaneamente quem era Charlie, mas tenho quase certeza que Tracy e ele nunca contracenaram e estou curioso para ler relato dele sobre como eles se envolveram.

Gente, cada vez shippo Candice e Terry com mais força ainda mais agora que Ian malditinho não convidou Candice para passeio mega entediante no Canadá quando sabe o quanto ela sente falta da neve! E aí a pobrezinha tem que se consolar com sua neve virtual!
E claro, Candice e Terry precisam logo dar vazão a esse amor para ela decidir lutar contra o câncer de novo e, assim, poder ajudar na produção de "A Incrível Fuxiqueira" que tenho certeza será tão deliciosa quanto "Titônica"! Very Happy E fica muito difícil de não shippar os dois quando vivem tendo cenas juntos, com dinâmica ótima e sendo tão fofos!

Enquanto Candice sente falta da neve, seu par ideal sente falta de ser desejado, por mais que Amy, Candice, vendedora da loja de perfumes e trausentes do shopping tenham dado motivos para Terry não sentir rejeição alguma. Mas fico triste que carreira de modelo não tenha decolado porque, quando surfe deixar de ser rentável, Terry vai ter que se sustentar de alguma forma e não quero mais um fixo na lista de criminosos! E eu colocava tanta fé na carreira de modelo depois da montagem de cenas ao som de Pocket Full of Sunshine! Sad
Talvez segredo pra se dar bem na carreira de modelo seja mostrar as joias da coroa logo de cara! Laughing E também crisei com Terry não se sentindo rejeitado por Juju porque ela não chegou a dizer "não" efetivamente, LOOOL!

Finalmente chegamos em Jenny e, bem, vamos por partes... Por mais hipócrita que Polly seja, até aprovei atitude dela de contar pra Andrew a verdade. No meio de tanta escrotidão, nosso abraçador fofucho é o que menos merece sofrer. E por mais que eu torcesse pelo casal, verdade é que Jenny não deu o devido valor a ele e era necessário colocar um ponto final na história. Claro que meu lado otimista iludido torce pra Andrew continuar sendo trouxa (no bom sentido!) e tentar apoiar Jenny após a prisão e ajudá-la a se reerguer. Fried até soube ajudar quando ela soube de Candice, mas já aproveitou para tascar uns beijinhos... Continuo achando que Andrew pode ser o cara para Jenny se ela permitir que ele seja (deixa ele ser a sua rocha, Jenny!)...
Plot de Jenny e Polly não teve apenas twist, foi twist carpado porque, olha, tô até agora cacara na chon. Sinceramente não tava curtindo tanto o plot "Don't Rain On My Parade", mas no fim das contas teve importância maior do que eu podia imaginar. Polly muito escrotinha dando lição de moral em Jenny e fazendo a mesma coisa (ou até pior porque ainda tava ganhando um trocado por fora!), mas realmente não quero que morra ou situação de Jenny vai ficar ainda mais complicada e, mesmo que tenha tido atitudes controversas ultimamente, não quero que se afunde mais... Chegou a hora de se levantar e voltar a ser aquela jovem adorável que tanto amamos! Não sei se vai dar um jeito de fazê-la ir pra LA no natal ou se ela vai ter que enfrentar os pais, mas talvez resolver logo a situação com os pais também seja bom. E de qualquer forma, agora que rixa com Polly chegou a esse nível, acho que seria interessante ela se envolver com outras pessoas na faculdade, se afastando de todos (Fried, Dustin e até mesmo de Gary), por mim só manteria Andrew mesmo por perto para ser a rocha dela. Só torço também para quase morte de Polly fazê-la deixar de ser essa hipócrita escrota e mudar as atitudes também. Mas nem quero que tenham acerto de contas onscreen, Polly tão escrota que pode só se recuperar e sumir deixando Jenny em paz mesmo!

Sei que produzir a série não tá tão fácil assim, mas ainda torço pelos dois episódios extras nessa temporada! Laughing Episódio 13 vai ser de Natal, vai sobrar poucos episódios pra retratar o resto do ano, tem que ter harborização, gente!  E que venha esse Natal maravilhindo com Jake dormindo com Mindy para não ser rude (e assim provando que fica bem confortável no apartamento de Ben)! Very Happy

P.S.: Sei que Times New Roman é icônico e tal, mas fonte nova muito melhor de ler! Laughing

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.13 - "Happy XXXmas (War Is Over)

Mensagem  Luciano Guaraldo em Seg Mar 16, 2015 10:53 pm

#7.13 - "Happy XXXmas (War Is Over)
É véspera de Natal e Ben (Huntley Ritter) decide organizar a ceia em sua casa, deixando Candice (Autumn Reeser) e Terry (Ryan Kwanten) confusos sobre o motivo da presença de alguns dos convidados ali. Enquanto isso, Jake (Rhett Fisher) descobre que um momento de sua intimidade foi exposto na internet, Melanie (Alison MacInnis) e Scott (Mike Vogel) têm uma conversa definitiva sobre a capacidade dela de ser mãe e Carrie (Patricia Ja Lee) precisa lidar com a irmã (guest Jade Quon) que há muito tempo não encontrava. E Nicholas (Johnny Whitworth) e Sarah (Kristanna Loken) se irritam com as atitudes de Jenny (Alexa Vega), que não entrou no clima natalino da noite.
Também estrelam Sarah Carter e Layke Anderson.
Também participa Ryan Seacrest.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

#7.14 - "Underneath The Mistletoe"

Mensagem  Luciano Guaraldo em Ter Mar 24, 2015 9:31 am

#7.14 - "Underneath The Mistletoe"
Ben (Huntley Ritter) se anima com a chegada de sua família para celebrar o Natal, já que está curioso para descobrir mais sobre o inesperado romance de Charlie (special guest Kevin Zegers) e Tracy (guest Melody Perkins). Por outro lado, a vinda de Trevor (special guest Channing Tatum) causa uma desilusão em Jake (Rhett Fisher), e Amy (special guest Chloë Grace Moretz) acaba se tornando uma inesperada aliada para os sonhos maternais de Melanie (Alison MacInnis). Enquanto isso, Terry (Ryan Kwanten) dá o melhor presente do mundo para Candice (Autumn Reeser) e Jenny (Alexa Vega) é, mais uma vez, colocada contra a parede por causa de suas atitudes recentes.
Também estrelam Johnny Whitworth, Kristanna Loken, Sarah Carter, Patricia Ja Lee, Mike Vogel e Layke Anderson.
Também participa Jade Quon.
avatar
Luciano Guaraldo
Admin

Mensagens : 211
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://www.tvsn.hol.es

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentários dos episódios

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum