Episódio #1.03 - The Heat Is On!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Episódio #1.03 - The Heat Is On!

Mensagem  Leo Oliveira em Qui Mar 22, 2012 1:28 pm

Uma onda de calor toma conta de Crestview, dando para Aaron (Chord Overstreet) a oportunidade perfeita para expressar fisicamente seus desejos de longa data por Ben (Matt Long), mas não sem que o temperamento de Luke (Travis Caldwell) fique no caminho. Determinada a se mostrar recuperada do divórcio, Courtney (Samaire Armstrong) convence Lucy (Joanna Garcia) a acompanhá-la num dia de caça, sem saber que a amiga já está secretamente comprometida com Ryan (Sean Faris), que não aguenta mais esconder o relacionamento.
Também estrelam Amber Stevens e Tuc Watkins.
Participação de Sean Maguire.

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.03 - The Heat Is On!

Mensagem  Harbor em Ter Maio 01, 2012 12:04 pm

Leo, seu clepto! Mudou de sexo, mas não mudou isso hein! Sim, porque roubou na maior caraça a onda de calor de HOD! Rolling Eyes
Mas aqui calor nem foi tão importante assim, deu pontapé inicial ao plot do episódio, serviu para mostrar grande parte do elenco seminua e serviu de desculpa para Ben beijar Aaron porque, segundo ele, o calor interferiu nas suas decisões quando, na verdade, sabemos que ele queria era experimentar salsicha e creme! Laughing E, parando para analisar, talvez calor tenha sido importante sim, LOL.

Aliás, o que dizer da famigerada cena da sorveteria? Aaron muito engraçado com sua tentativa fracassada de sensualizar, desciclopei de montão. E já que tocamos no assunto, chega a ser engraçado ver como Ben e Aaron são semelhantes em suas inseguranças em tentarem ficar juntos. Lógico que Aaron tem mais motivos para ser inseguro que Ben, mas ainda assim cena da sorveteria foi muito fofa em fazê-los colocar as cartas na mesa, desabafarem o que estavam sentindo para seguir em frente. O público já estava agoniado em vê-los sofrendo. E cena final com Ben quase dando o fora em Aaron foi bem heartbreaking, mas ainda bem que ele voltou atrás e os dois aparentemente se acertaram. E amei última frase proferida por Ben na narração, crisei horrores.
Só que é claro que não me importaria em ver mais cenas de tensão entre os dois, como a da "lentidão", só não pode ficar enrolando muito.

E Aacky cada vez me encantam mais com sua amizade... Mais por causa de Becky, claro! Sério, escolheu atriz perfeita para interpretá-la, imagino Amber direitinho em todas as cenas. Amei muito Becky falando o que bem pensa pelos anos de repressão que sofreu por ser negra e mulher, LOL. Mas sério, preocupação dela com felicidade de Aaron é bem fofa e suas intromissões divertidíssimas, é impossível não amar a personagem. Bekcy pra marida de Time com certeza!

Muito difícil não seguir comment por abertura, estou perdidíssimo. Falarei de Ben, então... Seu desconforto com Aaron foi muito bom de ver e já estou na torcida do casal. Mas Ben também precisou lidar com seu pai e Luke... E preciso dizer, dinâmica da família Higgins muito boa, me diverti horrores com toda a cena deles que até relevei o surto desnecessário de Luke. Relevei também porque sei que próximo episódio se aprofundará nisso, então esperarei antes de sair julgando muito... Além disso, Paul continua divertidíssimo com suas tentativas de se mostrar um pai descolado, o que mostra que é pai fofíssimo... Pai fofíssimo que esconde segredo importante do filho, mas ainda assim pai fofíssimo. E embora tenha tido um destaque maior nesse episódio, não tenho muito mais coisa falar dele. Embarassed
E estou curioso para ver embate entre Ben e Luke, além da descoberta de Ben sobre segredo do pai, mas vamos dar tempo ao tempo. Afinal, série é Time After Time! Ok, essa foi péssima.

Moving on... Temos Lucy, que acompanhou Courtney em caçada de homens na praia e cena foi divertidíssima... Me pergunto como Court realmente fisgou alguém com biquíni surreal que usou. De qualquer forma, pudemos ver como divórcio abalou a pobrezinha e fiquei com muita dó dela. Sinceramente, espero que não surte ainda mais quando descobrir que sua melhor amiga fofíssima achou alguém para tirá-la do mercado. Mas acho que não, creio que aprovará seu irmão... Isso se Lucy quiser. Porque empenho dela em continuar com o romance em segredo me diz que ela realmente só quer usar o corpinho do Ryan.
E já sabe o que poderia fazer Court melhorar? Sim, tornar-se madrasta de Ben, mas aparentemente episódio atual mostrará recaída dela com Garret, buuu!

E Ryan, além de ter deixado a Lucy usar seu corpinho, ainda quase revelou o segredo para Benji, mas ainda não foi dessa vez. Relembrando o episódio, vejo que Ryan é mais a Bekcy de Ben que a própria Lucy. Sim, porque, mesmo que disfarce, muito se preocupa com a felicidade do amigo e suas intromissões e opiniões sobre os dilemas do amigo são muito divertidas e sempre aprecio as cenas envolvendo os dois. Como não amar alguém que usa a habilidade do amigo por diversão e recompensa por ouvir seus dilemas? bounce

E acho que com essa inversão bizarra de comentar os personagens, creio que por hoje é só isso! Aaaah, não posso me esquecer, embora torça para Ben e Aaron, espero que nossa aberração favorita tenha algumas atitudes que compensem os anos em que foi bullynado por Ben!

Que venha o episódio que desmitificará o amor fraternal! Very Happy

Harbor

Mensagens : 143
Data de inscrição : 12/03/2011

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/c_harbor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.03 - The Heat Is On!

Mensagem  Leo Oliveira em Sex Jun 15, 2012 2:19 pm

"Mudou de sexo, mas não mudou isso hein" deve ser uma das frases mais bizarras que dirigiram a mim nos últimos anos! E acredite se quiser, mas fiz esse episódio antes de HOD vir toda trabalhada no suor, até porque como eu te disse ese era pra ser o 2º episódio e, se comecei Time em agosto, certamente fiz o 2º antes de Wade ter a oportunidade de mergulhar no rio lá pro 5º episódio de HOD. Mas não é como se onda da calor fosse a cosia mais original do mundo também, né gente? Lembro até hoje da de Roswell, que explorava muito bem os dotes de seu elenco velhaco!

Que saudades dessa época em que Aaron se enrolava com salsichas e cremes e os dois não precisavam se preocupar com o público jogando areia em seu romance pedindo pra se separarem porque são fofos até demais juntos, né? Laughing Esse lance do quanto enrolar com Baaron foi a principal crítica que recebi de meus milhares de fãs, já que aparentemente "will they won't they" tinha que ser mais estabelecido, agora tenho que me vingar fazendo "will they won't they" eterno com Bryan pra Luciano surtar (especialmente porque não quer os dois juntos já que acha fofos até de menos).

Nacredito que maridou Becky assim tão cedo, será que Luke vai deixar? Vai acabar tendo surtos desnecessários e quebrar todos os instrumentos da banda em você! Por falar nisso, posso dizer que comentários como "Relembrando o episódio, vejo que Ryan é mais a Becky de Ben que a própria Lucy" fazem o meu dia? Não tinha certeza de que conseguia passar tão bem a extensão da fofura de Ryan e do quanto a amizade dele com Ben é importante em sua disfuncionalidade nos primeiros episódios, e quando vejo que você já achou isso de cara fico com a sensação de dever cumprido What a Face

Vamos lá que tenho a esperança de responder mais coisas pra fazer nosso diálogo forunzístico funcionar antes de você ler a finale! (espero que facul esteja te ocupando pra não ler agora)

Leo Oliveira

Mensagens : 169
Data de inscrição : 17/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

#1.03 - "The Heat Is On!"

Mensagem  Victor Poroca em Sab Mar 23, 2013 2:10 am

Antes de comentar este belíssimo episódio, vou recitar o começo de uma das músicas mais lindas, poéticas e parecidas com o tema desse episódio:

Muita polêmica, muita confusão
Resolvi parar de cantar palavrão
Por isso, negão, vou cantar essa canção...


Quando você prometeu que episódio seria bem quente, até esperei uma quenguagem e safadeza leve, mas NUNCA, nunquinha, esperei tanto baixo nível vindo da sua pessoa. Ainda estou chocado com tamanha fiatagem e falta de vergonha na cara nesse episódio que já pode ser considerado uma versão HTsexual de Emanuelle. Tenho que dizer novamente que foi uma ótima ideia colocar "Five Years From Now" como o episódio anterior, porque Baaron deve ter sido o casal mais rapidinho que já surgiu na história da TVSN. Então, fazer um episódio quase que à parte para desenvolver melhor os personagens e as dinâmicas foi uma estratégia certeira e que, na verdade, até deu mais naturalidade para a formação desse casal principal.

Depois da alergia empata-foda no episódio anterior, finalmente Ben e Aaron conseguiram ficar juntos pela primeira vez. E, mais importante ainda, finalmente Aaron ganhou mais importância na série! Antes disso, já conhecíamos um pouco sobre ele e sua paixão pré-histórica por Ben, mas só agora, no capítulo menos Ben-centric, tivemos uma visão melhor sobre o personagem e tenho que confessar: não é que gostei mais dele do que esperaria? Enquanto as inseguranças e dúvidas de Ben estão ficando cada vez mais irritantes com o passar do tempo, toda essa falta de tato social ou coragem de Aaron parecem bem mais orgânicas e típicas do personagem, além de hilárias, já que ele rendeu a cena mais absurda da série até agora: a das duas bolas de salsicha e creme. Meu deus do céu! Primeiro que eu morri com esses sabores deliciosos de sorvete e, depois, gente, cadê seu senso de baixo nível? Acho que nem Gattino conseguiu chegar neste nível de putaria e, né, até vibradores e banheirões dignos de Little Lupe ele colocava em "Out & About".

Falando em Ben, como é que ele se transformou nessa drama queen em apenas 3 episódios, hein? Achei ele muito chateenho e filho da p*ta nesse episódio. Primeiro, ele resolveu fazer não só uma tempestade, mas quase um filme do Roland Emmerich, num copo d'água, ou melhor, numa casquinha de sorvete, de tanto drama fez durante todo o episódio. Minha gente, depois das conversas tão apoiadoras de Paul, Luke e, principalmente, Ryan, é sério que Ben ainda tinha motivo pra ficar fazendo tanto escândalo sobre pegar ou não Aaron? PQP! E, depois, usou a raiva de Luke POR FREAKING BECKY só para ter algum motivo para não se arriscar a ficar com Aaron e continuar no "will they, won't they" dos capítulos anteriores. Seriously?! Isso enquanto Boca de Truta resolveu se assumir para deus e o mundo todo só por sua causa? Seriously?! Achei muito filho da p*ta da parte dele fazer isso com uma pessoa que ele diz ter tanto carinho e, mesmo com esse beijo sensual e vulgar (o que foi aquele gemidinho? Chordinho tem ejaculação precoce?), ainda não perdoei Ben por seu comportamento idiota. Espero que consiga me fazer mudar de opinião o mais rápido possível, porque aí torcerei pra Sam pegar outro cara e sambar na cara dele igual Nazaré Tedesco.

Outras pessoas que ganharam mais destaque no episódio foram PAUL e LUKE. Quem milagre, hein? Mais uma vez, Paul se mostra um pai maravilhoso, seja considerando prostituição praticamente uma oitava arte ou apoiando o namoro do filho mais do que o próprio Ben. Aliás, concordo com ele sobre esconder o recado de Alistair porque se Ben já tá assim tão dramático sem que nada na vida dele dê errado, imagine quando souber que pode dar um tilt a qualquer momento? Provavelmente ficará mais porraloka que Marissa CUper e Adrianna antes de ser No Drama. Já Luke continua a mesma coisa, né? Consegue ser outshineado por qualquer pessoa do elenco, tentando ou não, e só aparece pra ter um draminhas bobos, né? Será que esse fator drama queen corre no sangue da família? Quer dizer, na parte da mãe provavelmente, porque Paul é muito descolado e in, diferente dos filhos.

Aliás, Luke não merece namorar uma pessoa tão maravilhosa quanto Becky! Nunca vi um casal tão desproporcional no quesito entretenimento, sabia? Enquanto ele nem fede, nem cheira, Ashleigh continua caminhando para se tornar a melhor personagem da série ao lado de Ryanzito. É incrível saber que ela consegue ser tão maravilhosa e divertida assim desde 2004, sendo a pessoa que mais apoiou Aaron durante todo esse tempo. Achei toda essa conversa entre os dois (tanto em 2004 quanto nos dias atuais) extremamente fofa, porque mostrou o quão boa amiga ela é para Chordinho, além de, claro, defensora da causa das minorias oprimidas, né? Praticamente um membro do FEMEN!

Continuando na vibe fofura ao extremo, por que não falar de Ryanzito? Gosto mais dele a cada episódio e tenho razão para isso, obviamente. Por trás desse coração de pedra de mentirinha, temos praticamente a pessoa mais amiga e companheira de todo o seriado, né? Gosto muito da relação entre ele e Ben porque mostra como ele é paciente e atencioso para uma pessoa tão egocêntrica e exageradamente dramática (Ben é tão focado nos próprios dramas que vai demorar umas mil temporadas pra sequer lembrar solte o mini-spoiler que Ryan soltou, né?), além de encarar toda essa #barra com muito bom humor, o que sempre me conquista. Além disso, ele é sempre fofíssimo com Lucy, sempre tentando arranjar motivos para tirar os dois dessa situação de amor proibido, algo que ela se recusa imensamente a fazer porque não consegue aceitar o fato de que está apaixonada por um cara que tecnicamente sempre odiou e, principalmente, não consegue aceitar que não está vivendo um romance digno de Hollywood em uma cidade grande, ou melhor, qualquer cidade que não seja Crestview. Está mais do que óbvio que, no fundo, no fundo, o sentimento dos dois é recíproco, mas ela está mentindo tanto, mas tanto para si mesma que acaba acreditando mesmo que só está usando Ryan pelo corpo, igual você e Chord fazem.

Outra surpresinha que tive ao ler o episódio foi o tão esperado desenvolvimento de Courtney, né? Mais uma vez, preciso repetir que episódio passado foi mais do que necessário porque deu pra encarar essa nova trama dessa quenga maravilhosa com mais naturalidade, em vez de apenas jogar o divórcio e o relacionamento dela com o Garrett na nossa cara. Em "The Heat Is On!", conseguimos ver dois lados completamente contrários e, ao mesmo tempo, complementares da personagem. Enquanto, por fora, ela coloca uma carapaça para se proteger dos seus sentimentos (isso é algo da família, né?) e fingir para todo mundo que está livre, leve e solta após acabar o casamento, por dentro ela está um desastre. Eu sempre gosto de conhecer realmente os personagens e esse contraste entre os dois extremos de Courtney realmente deu profundidade e me fez gostar dela muito mais do que quando ela era apenas um alívio cômico.

Enfim, mais um episódio e mais uma vez você soube bem equilibrar bem essa mistura de drama (até um pouco exagerado da parte de Ben...) com comédia e, claro, putaria. Não sei se isso foi só culpa do calor e voltaremos para a programação normal no próximo episódio ou essa safadeza continuará imperando na série, então acho que o melhor a fazer é ler os próximos episódios o mais cedo possível para descobrir isso, né?
avatar
Victor Poroca

Mensagens : 13
Data de inscrição : 16/10/2010
Idade : 22
Localização : Recife - PE

Ver perfil do usuário http://www.seriadores.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Episódio #1.03 - The Heat Is On!

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum